Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Festival de Tunas na Guarda

por Correio da Guarda, em 07.03.13

 

     Nesta cidade vai decorrer, no próximo sábado, o XII Festival de Tunas “Cidade da Guarda”, organizado pela Copituna d’ Oppidana”.

     O espectáculo terá lugar no Teatro Municipal da Guarda, a partir das 21h30.

     O festival conta com a participação da TUP (Tuna Universitária do Porto), TUA (Tuna Universitária de Aveiro), Infantuna (Tuna Académica Infantuna da Cidade de Viseu) e Desertuna (Tuna Académica da Universidade da Beira Interior).

    A Copituna d'Oppidana, Tuna do Instituto Politécnico da Guarda irá actuar extra concurso.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55

Protestos contra as portagens

por Correio da Guarda, em 26.09.12

 

     A Comissão de Utentes contra as Portagens – na A23, A24 e A25 – vai divulgar as próximas ações de protesto.

     Na próxima sexta-feira, esta comissão vai promover, pelas 15 horas (na área de serviço de Viseu, A25) uma conferência de imprensa no decorrer da qual dará a conhecer “próximas formas de luta”.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:54

Rádio Altitude

por Correio da Guarda, em 01.02.12

 

  

    A Rádio Altitude foi a rádio local da Guarda mais ouvida em 2011, segundo dados da Marktest.

    No relatório anual do «Bareme Rádio» (o estudo padrão das audiências de rádio em Portugal), a Rádio Altitude surge como estação local da Guarda mais ouvida nos três rankings: no Distrito da Guarda; no conjunto dos distritos Castelo Branco-Guarda-Viseu; e na Região Interior Norte.

     No indicador de audiência acumulada de véspera, a RFM lidera no distrito da Guarda (com 17,5% de audiência), seguida da Rádio Comercial (12,4%), da Rádio Renascença (10,1%), da Antena 1 (2,8%), da Antena 3 (2,7%) e da TSF (2,1%).

    A Rádio Altitude surge com 1,1% no conjunto da audiência no distrito, destacada em comparação com a outra rádio do concelho da Guarda, que recolheu 0,2%.

    Os dados agora divulgados pela Marktest revelam que no conjunto dos distritos da Guarda, Viseu e Castelo Branco, a Altitude é a única estação de rádio da Guarda com audiência significativa para conseguir menção no estudo. O mesmo acontece no ranking do Interior Norte (região estatística que inclui os distritos de Bragança, Vila Real, Viseu, Guarda, Castelo Branco e parte dos de Aveiro, Coimbra e Porto).

    Um total de 48,9% dos inquiridos no distrito da Guarda declarou ter ouvido rádio na véspera do contacto. No painel alargado aos distritos de Castelo Branco e Viseu essa percentagem subiu para 49,8%. No caso da região Interior Norte a taxa de audiência de rádio foi de 52%.

    O «Bareme Rádio» da Marktest partiu da amostra de 1842 inquiridos no Interior Norte, 668 no conjunto dos distritos de Viseu, Guarda e Castelo Branco, e 156 no distrito da Guarda, todos com 15 anos ou mais de idade e residentes nas referidas áreas estatísticas.

 

fonte: RA

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:43

Protesto contra cobrança de portagens

por Correio da Guarda, em 21.07.11

 

     A Comissão de Utentes Contra as Portagens na A25, A24 e A23 decidiu ontem mais um conjunto de acções, contra a introdução de pagamentos nestas auto-estradas que servem o interior do país.

     Assim vai ser distribuído um comunicado à população dos distritos de Viseu, Guarda, Castelo Branco e Vila Real em diversas iniciativas que, no verão, ocorram nestes distritos, nomeadamente durante a Volta a Portugal em Bicicleta.

     A referida comissão dirigiu um apelo a todas as Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia dos distritos de Viseu, Guarda, Castelo Branco e Vila Real para que continuem a reafirmar a sua oposição à cobrança de portagens nesta vasta região.

     De acordo com a informação divulgada, a Comissão de Utentes vai, entre outras iniciativas, escrever aos deputados da Assembleia da República, apelando a que tomem iniciativas contra a introdução de portagens na A25, A24 e A23.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:14

Dança contemporânea no TMG

por Correio da Guarda, em 07.11.08

 

A Companhia Paulo Ribeiro apresenta amanhã, 8 de Novembro, no grande auditório do Teatro Municipal da Guarda (TMG), o espectáculo, de dança contemporânea, “Feminine”.
Este espectáculo explora o imaginário pessoano, desta vez, a partir do olhar de cinco mulheres, quatro intérpretes de dança e uma actriz. Depois de Masculine, que estreou no ano passado, Paulo Ribeiro descobre um Pessoa no feminino, explorando mais uma vez as diferentes qualidades das intérpretes. A bola de futebol deu lugar aos saltos altos e a energia masculina ao belo estético, que emociona, que marca e não passa.
 A poética do movimento feminino percorre a peça, misturada com o ardor colocado em cada gesto. Neste universo pessoano elas preocupam-se com o cabelo, usam saltos altos, desdenham do homem e dançam com os corpos que transpiram sensualidade. O movimento é contido, perfeito e desagua num prazer prolongado. E este espaço de sensações é apenas interrompido pela força maior do coreógrafo, de brincar com as suas criações, de as colocar a rir de si próprias. Feminine é um espectáculo que tem enchido salas e conquistado as melhores críticas um pouco por todo o país.
Em Feminine, a interpretação é de Leonor Keil, São Castro, Elisabeth Lambeck, Erika Guastamacchia e Margarida Gonçalves, a música é da autoria de Nuno Rebelo (com poemas de Fernando Pessoa e vozes de Richard Zinith e Cathrin Loerke) e os figurinos são de Ana Luena.
De referir que a Companhia Paulo Ribeiro foi fundada em 1995, na sequência de vários anos de trabalho deste coreógrafo junto de algumas das mais prestigiadas companhias de dança contemporânea europeias.
Nestes doze anos de actividade (1995-2007), esta companhia conquistou um importante lugar entre as mais reconhecidas companhias de dança contemporânea portuguesas, apresentando-se regularmente nas principais salas de espectáculo nacionais, bem como por toda a Europa, Brasil e Estados Unidos da América.
 Com dezoito produções que despertaram sempre o interesse da crítica e do público, soma actualmente mais de três centenas de apresentações, para uma audiência global que ronda as 75.000 pessoas, tendo recebido alguns dos mais importantes prémios nacionais e estrangeiros. É, desde 1998, a companhia residente no Teatro Viriato, em Viseu.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:53


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com