Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Cunha Rasteiro é o novo Comandante da GNR

por Correio da Guarda, em 22.06.17

 

 

Cunha Rasteiro HS.jpg

     O coronel Luís Cunha Rasteiro vai ser, a partir de amanhã, o comandante do Comando Territorial da Guarda da GNR.

     A cerimónia que assinalará a entrada em funções do novo comandante ocorrerá, no quartel da GNR da Guarda, pelas 10h30.

    Natural do Sabugal, e licenciado em Ciências da Comunicação, Cunha Rasteiro ingressou em 1990 no quadro permanente de oficiais da Guarda Nacional Republicana, tendo, desde então, desempenhado diversas funções, nomeadamente Comandante do Destacamento Territorial de Vilar Formoso; Comandante do Destacamento Territorial de Gouveia; Chefe da Secção de Investigação Criminal do Grupo Territorial da Guarda; Comandante do Grupo Territorial da Guarda; Chefe da Secção Operações, Treino e Relações Públicas do Comando Territorial da Guarda e Segundo Comandante do Comando Territorial da Guarda.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:20

Conferência sobre Cibersegurança

por Correio da Guarda, em 15.02.17

Ciber.jpg

     No Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai decorrer, no próximo dia 15 de março, uma conferência sobre Cibersegurança.

    Organizada pelo IPG, esta iniciativa vai contar intervenções de Carvalho Rodrigues e Suleyman Anil (Former Head Cyber Defence, NATO HQ Brussels), entre outros.

   O evento está aberto a toda a comunidade e as inscrições são gratuitas, mas obrigatórias.

    As inscrições decorrem de 15 de fevereiro de 2017 a 09 de março de 2017. Mais informações podem ser obtidas aqui.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:01

Livro sobre GNR da Guarda

por Correio da Guarda, em 01.07.15

GNR.jpg

      O Comando Territorial da GNR da Guarda vai apresentar amanhã, nesta cidade, um livro evocativo do primeiro centenário da instalação desta força policial no distrito.

     Esta obra será apresentada a partir das 17 horas, no Paço da Cultura da Guarda, e pretende testemunhar, como foi adiantado, “através de imagens e textos”, os últimos cem anos da GNR no distrito da Guarda.

    Recorde-se que no passado dia 30 de Novembro de 2014 foi recriada, na Guarda, a chegada dos primeiros elementos da GNR à cidade, ocorrida há cem anos. O espetáculo, encenado, contou com um pelotão fardado à época que, transportado numa composição ferroviária, deu entrada da estação da CP da Guarda poucos minutos depois das 14 horas.

    Nessa evocação histórica, os elementos da GNR foram recebidos pelas entidades oficiais de então (Presidente da Comissão Executiva Municipal, Governador Civil do Distrito); dezenas de figurantes animaram esta recriação do momento festivo que a cidade viveu aquando da chegada da Guarda Republicana, em 2 de Dezembro de 1914.

   A conceção/coordenação do espetáculo (organizado pelo Comando Territorial da Guarda da GNR e com o apoio da Câmara Municipal) e a direção de atores esteve a cargo de Américo Rodrigues. A ligação das intervenções e a descrição dos momentos desta recriação histórica foi feita pelo personagem que interpretava o papel de um jornalista de “O Combate”, período republicano que foi editado na Guarda, dirigido por José Augusto de Castro.

   Na ocasião foi também distribuído “O Paladino”, uma publicação feita para esta iniciativa.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

A chegada da GNR à Guarda

por Correio da Guarda, em 30.11.14

IMG_7845.JPG

     Na Guarda foi hoje recriada a chegada dos primeiros elementos da GNR à cidade, ocorrida há cem anos.

    O espectáculo, encenado, contou com um pelotão fardado à época que, transportado numa composição ferroviária, deu entrada da estação da CP da Guarda poucos minutos depois das 14 horas.

     Nesta evocação histórica, os elementos da GNR foram recebidos pelas entidades oficiais de então (Presidente da Comissão Executiva Municipal, Governador Civil do Distrito); dezenas de figurantes animaram esta recriação do momento festivo que a cidade viveu aquando da chegada da Guarda Republicana, em 2 de Dezembro de 1914.

     A personagem do Governador Civil (interpretada por Vasco Queiroz) agradeceu “penhoradamente, ao governo da Nação, este valioso contributo que hoje se concretiza com a presença do garboso corpo da Guarda Republicana que temos na nossa frente”.

Cerimónia.jpg

      No seu texto, baseado em documentação da época, mormente na reportagem feita então pelo jornal “O Combate”, o Governador manifestou a sua convicção “que estes homens vão ser hercúleos pilares da segurança das nossas gentes e bens, imagem real da nova ordem política estabelecida, guardadores dos princípios basilares da República!”

     O Presidente da Comissão Executiva Municipal – protagonizado por Daniel Rocha – afirmou que “Republicana, a Guarda fraterna e hospitaleira recebe-vos de braços abertos. A Guarda, a Republicana, terá deste concelho o respeito e a gratidão de quem deseja a tranquilidade, a ordem pública; o apoio de quem abraçou este novo e ansiado regime, batendo-se pela igualdade, pela democracia, pela justiça! Este é um momento de grande significado para a história do nosso concelho.”

Recriação 20 ANA.jpg

      A concepção/coordenação do espectáculo (organizado pelo Comando Territorial da Guarda da GNR e com o apoio da Câmara Municipal) e a direcção de actores esteve a cargo de Américo Rodrigues. A ligação das intervenções e a descrição dos momentos desta recriação histórica foi feita pelo personagem que interpretava o papel de um jornalista de “O Combate”, período republicano que foi editado na Guarda, dirigido por José Augusto de Castro.

    Na ocasião foi também distribuído “O Paladino”, uma publicação feita para esta iniciativa que, apesar das condições atmosféricas instáveis (tal como há 100 anos atrás…) atraiu um elevado número de pessoas.

    Após ser tocado o Hino Nacional, pela Banda da Guarda Nacional Republicana, o pelotão da GNR, entidades oficiais presentes, actores, figurantes e o público que se deslocou à estação da CP rumaram para o Parque Urbano do Rio Diz, onde decorreu a cerimónia oficial comemorativa dos 100 anos da GNR na Guarda.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:34

Segurança e comportamento preventivo na Guarda

por Correio da Guarda, em 16.04.14

 

     "Medo, segurança e comportamento preventivo na cidade da Guarda" é o tema do inquérito que está a ser realizado, desde o passado dia 1 de Abri, no âmbito de um projeto do Instituto Politécnico da Guarda e do Comando Distrital da PSP.

     Este inquérito destina-se a promover, com a colaboração da Junta de Freguesia da Guarda, um estudo sobre o medo, segurança e comportamento preventivo na cidade; deste modo, pretende-se conhecer as situações percecionadas como mais sensíveis pela população e o desenvolvimento de práticas preventivas que possibilitem desenvolver ações orientadas de proteção e segurança dos cidadãos.

    O inquérito é dirigido à população residente nos fogos da freguesia da Guarda, sendo operacionalizado por agentes da PSP e técnicos da junta de freguesia, através de contacto direto, receção nas caixas de correio ou preenchimento na junta de freguesia.

   Os impressos do inquérito devem ser entregues nas instalações da junta de freguesia da Guarda.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:59

Segurança e comportamento preventivo na Guarda

por Correio da Guarda, em 26.03.14

 

     "Medo, segurança e comportamento preventivo na cidade da Guarda" é o tema de um inquérito que vai ser realizado, a partir de 1 de Abril, no âmbito de projeto do Instituto Politécnico da Guarda e do Comando Distrital da PSP.

     Este inquérito destina-se a promover, com a colaboração da Junta de Freguesia da Guarda, um estudo sobre o medo, segurança e comportamento preventivo na cidade.

     Assim, pretende-se conhecer as situações percecionadas como mais sensíveis pela população e o desenvolvimento de práticas preventivas que possibilitem desenvolver ações orientadas de proteção e segurança dos cidadãos.

     O inquérito será dirigido à população residente nos fogos da freguesia da Guarda, sendo operacionalizado pelos agentes da PSP e técnicos da junta de freguesia, através de contacto direto, receção nas caixas de correio ou preenchimento na junta de freguesia.

     Estes inquéritos devem ser entregues nas instalações da junta de freguesia da Guarda.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:23

Internet e segurança em debate na Guarda

por Correio da Guarda, em 28.11.13

 

     No Instituto Politécnico da Guarda vai decorrer amanhã, dia 29 de Novembro, e sábado o CREATE TECH 2013, iniciativa conjunta do IPG e do Pplware.   

     Trata-se um fórum no âmbito das tecnologias que incidirá sobre a temática “A internet espia-nos”.

     Fernando Baldini Simões (Kaspersky) e Rui Duro (Check Point), Rui Marques (Wavecom), Daniel Catalão (RTP), Alexandre Branco, Rita Capelo (Polícia Judiciária), Lino Santos (Cert.pt), Rui Fernandes (Cisco Portugal), Paulo Cardoso (Ciberconceito), André Pinheiro (Dognaedis), Hugo Tavares (Lunacloud), Paulo Calçada (Eurocloud), João Lobato Oliveira (LAPA) e Miguel Mota Veiga (Dognaedis) são alguns dos conferencistas que vão falar sobre as mais diversas questões relacionadas com a segurança e perigos na web.

     “É uma iniciativa que vai trazer à Guarda aquilo que de mais importante, recente e inovador se está a fazer no âmbito das tecnologias e em particular ao nível da segurança na Internet”, considera Vice-Presidente do IPG, Gonçalo Fernandes.

     O tema a abordar é, na sua opinião, “de relevo naquilo que são as nossas práticas quotidianas com as tecnologias, quer pela utilização cada vez mais alargada de equipamentos informáticos e da Internet, quer também pela nossa presença mais assídua nas redes sociais e contacto com dispositivos que têm como suporte a web”.

    Pedro Pinto, da comissão organizadora do CREATE TECH, salienta que o tema central é a segurança informática, e a escolha não é estranha ao atual contexto mundial.

    Na sua perspetiva, a “segurança informática perfeita é um mito. Atravessamos neste momento um período – de que os utilizadores normais nem se apercebem – em que as tecnologias consideradas seguras, ou que davam mais garantias de o serem, também não o são”.

    Daí, como acrescentou o Vice-Presidente do IPG, em se procurar, com o Create Tech “esclarecer todos os públicos, cada vez mais utilizadores que, em diferentes formatos ou com diferentes interesses, estão na rede, na Internet muitas vezes sem saberem os perigos ou os riscos que correm.”

    João Paulo Valbom, outro dos elementos da organização do Create Tech, refere que “as pessoas do interior acedem à informação, facilmente; contudo não é fácil reunir um conjunto de profissionais nesta área e trazer esta informação até elas. E este é um evento que vai trazer à nossa região um encontro e um debate sobre um tema que interessa, hoje, a todos”.

    O Create Tech pretende, deste modo, sensibilizar também os mais jovens para esta problemática, “estão integrados na era digital”, e proporcionar-lhe o contacto com um conjunto de “especialistas e profissionais que os podem esclarecer e orientar”; isto, disse ainda João Paulo Valbom, através de sessões “muito práticas”, numa realização que pretende afirmar-se como marca de divulgação e debate – na Guarda - das tecnologias e da segurança na web. “É um evento novo, nosso, que esperamos tenha continuidade no tempo”, acrescentou.

    Está prevista a participação de alguns expositores, ligados à área subjacente a esta problemática.

    Esta iniciativa junta o Politécnico da Guarda e o Pplware, uma referência na produção de conteúdos tecnológicos, em português, e um forte suporte no segmento universitário, assim como ao nível das PME’s, na área das tecnologias da informação.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:48

Internet e Segurança

por Correio da Guarda, em 20.11.13

     Mais informações em http://createtech.pplware.com/

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:09

Semáforos "apoiam" ponte pedonal...

por Correio da Guarda, em 22.08.13

 

 

     A ponte pedonal junto ao Polis é já uma marca daquela zona da cidade da Guarda.

     Por motivos diversos, durante alguns anos foi objecto de muitas referências e destaques informativos; contudo a importância de uma estrutura, desta natureza, para facilitar a circulação pedonal na travessia de uma artéria com intenso tráfego automóvel nunca esteve em causa, como é óbvio.

     Estranhamente, permanecem em funcionamento os semáforos que existiam antes da sua construção e entrada em funcionamento, provocando, por vezes, o congestionamento do trânsito automóvel que se dirige e provém do acesso à A25.

    A existência dos referidos semáforos, e igualmente as marcas da passadeira, por certo continuam a incentivar a passagem de muitos transeuntes, que estariam mais seguros caso utilizassem a ponte pedonal; para isso foi construída…

    Será necessário nomear algum Grupo de Trabalho para estudar como se removem os semáforos e, pedagogicamente, se incentivarem as pessoas a utilizar – como devem – a ponte pedonal?...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:18

Vigilância nas Igrejas

por Correio da Guarda, em 07.01.09

 

Em Vila Nova de Foz Côa vai realizar-se nos próximos dias 22 e 23 de Janeiro uma acção de formação subordinada ao tema “Prevenção Criminal e Vigilância nas Igrejas”.
Esta iniciativa tem por objectivo facultar conhecimentos sobre segurança, nas suas diversas vertentes de modo a acautelar a preservação patrimonial
Recorde-se que “A igreja segura – igreja aberta” é um projecto promovido pelo Instituto Superior de Policia Judiciária e Ciências Criminais que visa alertar todos os cidadãos para os problemas que afectam a segurança e a conservação.
A segurança, o roubo de obras de arte, é um dos problemas fundamentais que afectam os lugares de culto em Portugal, sendo a razão que explica que muitos templos estejam encerrados; são assim criadas barreiras que impedem o culto, a fruição, o conhecimento, a conservação adequada e a própria divulgação deste valioso património histórico e artístico.
A acção de formação tem carácter gratuito e será oferecido a todos os participantes o manual “Projecto igreja Segura” e um DVD pedagógico.
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:16


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +


Referenciar citações

Protected by Copyscape Website Copyright Protection




Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: