Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Julgamento do Galo do Entrudo

por Correio da Guarda, em 02.03.19

Morte do Galo 2019 - HS.jpg

     Na Guarda terá lugar amanhã, a partir das 16 horas, o Desfile e Julgamento do Galo, inserido na iniciativa GuardaFolia 2019. O espetáculo do julgamento decorrerá, como habitualmente, na Praça Luis de Camões.

   De referir que trânsito estará cortado, dia 3 de março, entre as 9h00 e as 20h na  Praça Luís de Camões; 13h00/16h30: Av. Rainha D. Amélia, Rua Soeiro Viegas (parcial), Rua Batalha Reis (sentido descendente); 15h00/17h30: Rua Batalha Reis, Largo General Humberto Delgado (parcial), Rua do Campo, Rua Serpa Pinto, Rua do Encontro, Largo Frei Pedro, Rua Alves Roçadas, Rua Marquês de Pombal (parcial), Rua Vasco da Gama (parcial), Largo João de Almeida, Rua Dr. Lopo de Carvalho; 15h00 e as 20h00: Rua 31 de Janeiro e Rua Comandante Salvador do Nascimento.

   Até 4 de março continuam abertas as Tabernas do Entrudo, na Alameda de Santo André, que têm para oferecer a gastronomia típica da época, como é o caso dos enchidos tradicionais, animação diária, o Baile de Carnaval e o Concurso de Máscaras.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:30

Ó da Guarda que matam o Galo!

por Correio da Guarda, em 09.02.13

 

 

     Com a devida vénia, transcrevemos um trabalho do popular “Jornal do Galo”, relativo ao evento agendado para o dia 11 de Fevereiro.

 

     “Guarda. 9 de Fevereiro de 2013.

     Do nosso enviado especial-

 

     À cidade da Guarda começaram a chegar muitos visitantes que pretendem assistir ao aguardado Julgamento e Morte do Galo do Entrudo, cujo início está marcado para as 21h30 da próxima segunda-feira.

     Os protagonistas e a assistência vão em cortejo (muito animado, diga-se de passagem) desde o Jardim José de Lemos até à Praça Velha, onde terá lugar o julgamento.

     As expectativas, relativamente ao desenlace do julgamento são muitas e as opiniões sobre o culpado da crise são diversas; muitas pessoas têm mesmo adquirido o “pin” identificativo das suas opções.

     Pela cidade temos visto muitas pessoas com máquinas fotográficas e câmaras de vídeo, preparadas para registarem o máximo de imagens sobre este acontecimento que tem suscitado o interesse de todo o país.

     Os forasteiros procuram, entretanto, degustar as iguarias regionais e conhecer todos os recantos e encantos da cidade mais alta de Portugal.

     A nossa reportagem ouviu um desses visitantes.

 

     Jornal do Galo (JG) – Qual foi o motivo que o trouxe à Guarda?

     Visitante (V) – O julgamento do Galo, desse bandido, claro! Só espero que se faça justiça, e da boa!!

     JG – E veio de onde?

     V – Vim de Loulé! Eu prefiro o Carnaval daqui, é mais tradicional e gosto muito deste ar da Guarda. Até trouxe uns boiões para levar daqui algum, para ter lá em casa, e inalar sempre que estiver deprimido. Olhe que faz mesmo muito bem, Amigo! Faz mesmo muito bem. As pessoas daqui nem lhe dão o devido valor…

     JG – E veio tão cedo?

     V – Claro, vir no próprio dia era um “esticão”; assim vim mais a minha Carolina e os catraios para eles conhecerem a cidade e comermos um bom caldo do grão, um bem temperado bucho, bom queijo e umas morcelinhas. E depois gosto muito de ver a Sé Catedral, é muito bonita, não acha? Ainda pensei que podia ver o iglô que fizeram na praça mas já me disseram que derreteu…foi pena, foi pena…Olhe, amigo, vai um copinho?

     JG – Muito obrigado, temos de continuar a nossa reportagem

     V – E quando publica isto no seu jornal? É para mostrar lá minha terra, ahhahh!…vão ficar invejosos…

     JG – É já hoje. O nosso jornal é muito evoluído.

 

     Houve quem, atempadamente, se informasse relativamente às condições meteorológicas, de forma a estar prevenido. Foi o caso de uma outra pessoa entrevistada pela nossa reportagem.

 

     JG – O senhor veio também para o julgamento?

     Entrevistado (E) – Sim senhor, já vim no passado ano e olhe que fui daqui encantado. Gosto desta gente da Beira, da Guarda e desta animação.

     JG – E veio de onde?

     E – Do Porto.

     JG – E acha que o tempo está bom para este julgamento?

    E –Oh Amigo, eu vi as previsões antes de vir, e são boas para este tipo de iniciativas! Nem que chovessem picaretas eu vinha na mesma! Isto é imperdível e é uma vez por ano!

     JG – E não acha que está frio?

     E – Qual frio? Isto dá saúde e faz bem ao esqueleto. Vocês jornalistas preocupam-se com cada coisa. Esta temperatura é normal aqui na região e isso é que lhe dá mais interesse. Não queria que nesta altura do ano estivesse tempo de praia?!... Mas não, acho que está bom tempo. Quem tiver frio que vista mais roupa! E a folia faz aquecer a gente. Olhe, desculpe lá mas tenho ali o meu pessoal à espera para irmos comer uma chouriçada à moda da Guarda. Bom trabalho.

 

     É esta a predisposição, e alegria, das pessoas contactadas pela nossa reportagem.

    Muito entusiasmo e muitas expectativas em relação ao julgamento do Galo do Entrudo; também muita satisfação pelos produtos locais e pela boa gastronomia. E como nos dizia um habitante da Guarda, “há espaço para todos. Isto é porreiro, pá”!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:28

Guarda vai julgar o Galo

por Correio da Guarda, em 18.01.13

 

     A edição de 2013 do Julgamento e Morte do Galo do Entrudo foi apresentada ontem, em conferência de imprensa.

     A actividade decorrerá entre o Jardim José de lemos e a Praça Luís de Camões no próximo dia 11 de Fevereiro, pelas 21h30.

     Este ritual expiatório contará uma vez mais com a participação das colectividaes do concelho da Guarda e com um conjunto de actores e artistas convidados. Sob a coordenação de Américo Rodrigues, o Julgamento e Morte do galo do Entrudo terá os textos de Helder Sequeira e a interpretação de Daniel Rocha, Valdemar Santos, Ivo Bastos, Antónia Terrinha, José Neves e Filipa Teixeira.

     A música original é de José Tavares, o Galo será concebido e construído por Rui Miragaia e o videomapping estará a cargo de Hugo Moreira, Mecca, João Pires e Pedro Baía. No final da noite, a organização distribuirá a habitual canja... de galo.

     De destacar ainda que nesta edição, paralelamente, a Culturguarda, em colaboração com o FotoClube da Guarda e com a autarquia, irão promover um concurso de fotografia no âmbito do Julgamento e Morte do Galo do Entrudo, cujo regulamento será divulgado brevemente.

    O Julgamento e Morte do Galo do Entrudo é uma produção da Culturguarda Guarda para a Câmara Municipal da Guarda.

 

    Fonte: Culturguarda

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:38

Julgamento do Galo do Entrudo realiza-se na Guarda

por Correio da Guarda, em 10.01.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:24

Julgamento e Morte do Galo do Entrudo

por Correio da Guarda, em 20.01.11

 

     A quarta edição do Julgamento e Morte do Galo do Entrudo vai realizar-se na Guarda a 7 de Março, na Praça Velha.

     Trata-se de uma nova produção da CULTURGUARDA, por encomenda da autarquia guardense.

    Os textos do julgamento são escritos por Daniel Rocha e António Godinho. A concepção e construção do Galo fica a cargo de Agostinho da Silva. À semelhança dos anteriores, a actividade contará com a participação das colectividades do concelho da Guarda.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:56

Julgamento e morte do Galo do Entrudo

por Correio da Guarda, em 24.02.09

 

 

 

 

Imagens da morte do Galo do Entrudo, na Praça Velha (Guarda)

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:19

Morte do Galo dá em canja para os espectadores

por Correio da Guarda, em 11.02.09

 

O público que assistir, no próximo dia 23 de Fevereiro, ao “Julgamento e Morte do Galo do Entrudo” vai poder saborear uma canja, de galináceo, pois claro!...
Porque a organização sabe que muita folia pode causar uma forte sensação de estômago vazio, e sabendo-se que o galo vai ser condenado, no espectáculo de Carnaval, a produção do espectáculo vai oferecer uma canja de galo ao público presente na Praça Velha.
“E para que nada falte aos foliões, e porque a noite de Carnaval é de festa, durante o percurso (do Jardim José de Lemos à Praça Velha) haverá “postos de reabastecimento” de vinho, com o apoio da Adega Cooperativa de Pinhel. Vinho da região para aquecer o coração”, esclarece a organização deste espectáculo comunitário e de expiação, que decorrerá a partir das 21h30, nas ruas da Guarda.
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:23


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +