Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Vinis

por Correio da Guarda, em 09.12.16

vinis HS.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:10

Músicas do Bosque

por Correio da Guarda, em 25.06.15

 

     Na aldeia de Lapa dos Dinheiros (Seia) vai decorrer de 26 a 28 de Junho vai decorrer um ciclo de cinema inspirado nas tradições e modo de vida rural e das comunidades de montanha, associado à proposta para a fruição da música com a natureza exuberante da serra da Estrela

     Assim, longe das salas de cinema e em antestreia comercial, é apresentado pela primeira este sábado, no Festival “Músicas do Bosque”, a longa-metragem “Volta à terra” [(Be)Longing], de João Pedro Plácido. No âmbito do ciclo de cinema do Festival serão ainda exibidos os filmes “Aqui não se passa nada”, pelicula de Isadora Sousa Pinto rodada nesta aldeia, e a comédia de mestre Jacques Tati - “Há festa na aldeia”.

    “Volta à terra” [(Be)Longing] é a 1ª longa-metragem de João Pedro Plácido, filme que será exibido em 1ª mão no Festival “Músicas no Bosque”, a 27 de junho, pelas 21h, estreando no circuito comercial apenas no mês seguinte. A obra, que venceu a Competição Portuguesa na Edição 2014 do Festival DocLisboa, retrata o dia-a-dia na aldeia de Uz, uma povoação isolada nas montanhas do norte do país, longe do bulício da cidade, num elogio singular a uma forma de vida (ainda) centrada na relação com a terra, com o trabalho da mesma e com as tradições rurais passadas de geração em geração.

    Amanhã, 26 de junho, pela mesma hora (21h), será projetada a curta-metragem “Aqui não se passa nada”, de Isadora Sousa Pinto, rodada na própria aldeia de Lapa dos Dinheiros e destacada com uma Menção honrosa na mais recente edição do Festival Internacional de Cinema Ambiental de Seia - CineEco. Seguir-se-á o clássico “Há festa na aldeia” [Jour de fête], comédia intemporal realizada pelo mestre Jacques Tati, nome maior do cinema gaulês. A ação desenrola-se numa pequena aldeia de província e centra-se nas peripécias vividas pelo carteiro local, personagem representada pelo próprio Tati.

    A programação do ciclo “Cinema no Bosque” resulta de uma parceria estabelecida entre a Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede das Aldeias de Montanha e o 7A Sena – Núcleo Cinéfilo de Seia, entidade local dedicada à 7ª arte integrada na Associação ARTIS.

   O Cinema no Bosque procura tirar proveito do contexto e ir ao encontro dos objetivos do Festival, ilustrando o modus vivendi em ambiente rural comunitário e as tradições locais/regionais como mecanismo identitário fundamental, a preservar, renovar e, consequentemente, valorizar.

 

    Fonte: C.M.Seia

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:50

Rádio Altitude inicia nova temporada

por Correio da Guarda, em 04.11.12

 

     Começa amanhã, 5 de Novembro, a Temporada 8 de Programação da Rádio Altitude, que vigorará até ao final de Junho de 2013.

    A designação por temporadas foi adoptada com o actual modelo da programação, no final de 2005. Esta longevidade no aperfeiçoamento do projecto a partir da matriz então definida é, por si só, inédita na história da Rádio Altitude e tem-se devido, sobretudo, ao esforço constante de melhoria e de reinvenção.

     A mais antiga estação local do país – 65 anos de emissões regulares a completar em 2013 – prossegue as apostas na valorização enquanto órgão de comunicação de proximidade e no desenvolvimento da presença e da interacção nos novos meios. A temporada de programação que se inicia é, também, a que conta com o maior número de cidadãos a intervir na qualidade de cronistas, comentadores ou autores de programas temáticos.

Cinquenta e três colaboradores asseguram, em conjunto com a equipa de sete profissionais da Rádio, uma ampla multiplicidade de abordagens. Mais Rádio e melhor Rádio – é o desafio constante.

    Informação. A continuidade de uma informação dinâmica e actuante é um dos objectivos da nova grelha de programas. De Segunda-feira a Sexta-feira, os Jornais próprios às 7h30, 8h30, 9h30 e 10h30 são «auxiliares de navegação», enquanto resumos dos temas abordados ao longo das primeiras horas da manhã sob variadas formas: reportagens, entrevistas em estúdio, fóruns, directos e rubricas. O Jornal das 12h30 encerra a Manhã Informativa. Às 17h00 inicia-se a Tarde Informativa, que segue também um formato dinâmico, onde há lugar para a entrevista e para a reportagem, até ao Jornal das 18h00. A informação nacional e internacional é actualizada em cada hora, em cadeia com a TSF.

     A actividade económica, comercial e turística é objecto de atenção no Centro Urbano, programa semanal, com edição às 18h30 de Quarta-feira e reposição ao Domingo às 18h00.

     IPG FM é um novo programa, produzido pelo Instituto Politécnico da Guarda, que passa na Rádio à Quarta-feira às 19h00 e ao Domingo depois das 13h00.

    À Quinta-feira, depois das 18h30, o Escape Livre, com Luís Celínio, João Lopes e Pinto Moreira, prossegue a tradição na informação sobre automobilismo. O programa tem reposição ao Sábado às 18h00. Ao Sábado os jornais de informação geral são às 9h30 e às 12h30 e ao Domingo antecedem e fecham a Revista da Semana, entre as 11h00 e as 13h00. Antes, às 8h30 de Domingo, há a edição semanal do Jornal de Desporto.

    Opinião. Na Crónica Diária, de Segunda-feira a Sexta-feira, têm voz Adelaide Campos, Agostinho da Silva, Antonieta Garcia, Carlos Baía, Daniel Rocha, Frederico Lucas, Helder Coelho, Leopoldo Mesquita, Luís Soares e Ricardo Torrão, que asseguram, cada um, uma participação quinzenal. As crónicas são emitidas depois das 9h15, com reposição depois das 17h15.

    À segunda-feira, o programa O Mundo Aqui reflecte sobre as inquietações e as exaltações de cada interveniente. O nosso mundo, comentado por sete cidadãos que rotativamente participarão nestas reflexões: Álvaro Guerreiro, António José Dias de Almeida, Isabel Coelho, José Pires Manso, Luís Veiga, Manuel Pereira de Matos e Marília Raimundo. A Crónica Altitude é o espaço de opinião da Equipa da Rádio, rotativo, para ouvir ao Sábado antes das edições informativas da manhã.

    Debate. À Segunda-feira prossegue o debate desportivo Jogo na Mesa, no qual três intervenientes residentes defendem as cores dos três maiores clubes do futebol nacional. A formação do painel para está a ser ultimada, contando já com Armando Almeida (adepto do FCP) e Mário Sucena (pelo SLB).

    À Sexta-feira há lugar para o debate político Quarto Poder, um frente-a-frente com dois painéis: numa semana entre Esmeraldo Carvalhinho e Júlio Sarmento; e noutra semana entre Manuel Rodrigues e Santinho Pacheco. O programa tem reposição ao Sábado, às 8h00. Também à Sexta-feira, depois das 18h30, na Semana Cruzada comenta-se a actualidade. Em cada edição haverá três vozes, de um painel plural formado por mais de duas dezenas de pessoas: Abílio Curto, Álvaro Estêvão, Armando Neves, Carlos Canhoto, Carlos Monteiro, João Correia, João Paulo Antunes, João Rota, Joaquim Canotilho, Joaquim Carreira, Joaquim Nércio, Jorge Mendes, José Pires Veiga, Nuno Almeida, Pinto de Almeida, Pedro Pires, Ricardo Neves de Sousa, Rui Correia, Rui Ventura, Tiago Gonçalves, Teresa Paiva e Sofia Monteiro. O programa tem reposição ao Domingo às 9h00.

     Entrevista. Ao Sábado, depois das 10h30, a Casa da Rádio abre-se à entrevista e à tertúlia, com diferentes convidados.

     Música. Além da selecção musical com a marca Altitude, vários programas de autor compõem a nova grelha. João Neca terá o espaço Deste Mundo e do Outro, à Terça-feira e à Quinta-feira. Rui Correia será O Homem da Guitarra, à Quarta-feira e à Sexta-feira. As duas novas rubricas terão reposição nas tardes de Sábado e Domingo. Prossegue Sociedade de Autor, programa em que um cidadão por semana é convidado a fazer a sua própria selecção, para passar na Rádio na Quarta-feira às 17h30, com reposição ao Sábado às 15h30. Sexysoundsystem, à Sexta-feira às 22h00, mostra novas tendências dentro da música electrónica. Ao Sábado às 23h00 o relógio marcará a Vigésima Quinta Hora, de Carlos Jorge Gonçalves. E ao Domingo, às 10h30, César Prata assina mais uma temporada de Ouvidos de Mercador.

     A Rádio Altitude assume uma forte aposta na informação local e regional – e na reportagem, no debate, na entrevista e na opinião. E esta será mais uma temporada com grande diversidade de abordagens, com uma reforçada aposta, também, num perfil musical distinto e de qualidade. Este é resultado do trabalho de uma pequena equipa de profissionais, mas também de um crescente número de colaboradores, cronistas, comentadores e autores de programas temáticos – cidadãos que integram o projecto de uma Rádio que se caracteriza pelo pluralismo de abordagens e intervenções.

     A mais ouvida. A Rádio Altitude é a estação local mais ouvida na região (segundo o Bareme Rádio da Marktest, o estudo padrão de audiências da rádio em Portugal, nas análises referentes a 2010 e a 2011). É também o órgão de comunicação social da Beira Interior com maior número de seguidores nas redes sociais.

 

Fonte: Rádio Altitude

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:25

"Assobio" no Festival de Músicas do Mundo

por Correio da Guarda, em 18.07.09

 

O novo projecto musical de César Prata vai estar presente, dia 23 de Julho, no Festival de Músicas do Mundo que decorre em Sines.
Apresentado há escassas semanas o “Assobio”, assim se intitula este novo trabalho do músico guardense, tem sido bem recebido pela crítica e pelo público.
O Festival de Músicas do Mundo é considerado um dos melhores festivais de “world music” que se realiza em Portugal.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:13


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +