Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Comunicação e Relações Públicas

por Correio da Guarda, em 11.12.18

 

     No Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai decorrer nos dias 18 e 19 de Dezembro a I Conferência de Comunicação e Relações Públicas. Esta iniciativa surge no âmbito da unidade curricular de Gestão de Eventos, apoiada também pela unidade curricular de Protocolo nas Relações Públicas do terceiro ano da licenciatura de Comunicação e Relações Públicas do IPG.

Relações Internacionais.jpg

     Como público-alvo desta conferência estão os alunos, profissionais, empresas e outras entidades ligadas à comunicação e relações públicas, “bem como, estudantes de outros cursos, tanto do Instituto Politécnico da Guarda, como de fora do mesmo, tendo em conta que a comunicação é um tema bastante abrangente e pode-se relacionar com quase todas as áreas”, refere a organização.

    Estarão presentes vários oradores de referência nestas áreas, distribuídos por dois painéis, estando ainda previstos dois workshops com uma vertente mais prática durante o evento. Os objetivos principais passam por compreender e demonstrar a importância das Relações Públicas em diversos contextos profissionais, perceber quais os desafios da nova era comunicacional e, ainda, desenvolver ferramentas para aprender a falar melhor em público, a par de atitudes e procedimentos a ter depois de terminar a licenciatura, de forma a ajudar os alunos na preparação para o seu futuro profissional.

   “O evento, que decorrerá no Auditório dos Serviços Centrais do IPG, será ainda valorizado com vários momentos de animação e lazer, como por exemplo, uma experiência vínica da Adega Mayor, a atuação das tunas académicas Egitúnica e Copituna, terminando com um momento musical”. As inscrições poderão ser feitas online ou através do email conferenciacrp.ipg@gmail.com

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

II Fórum de Informação Geospacial

por Correio da Guarda, em 20.11.18

 

     Na Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico da Guarda vai ter lugar amanhã, 21 de Novembro, a segunda edição do Fórum de Informação Geospacial, (FIGeo 2018) com o tema “A Informação Geoespacial ao serviço da sociedade”.

    O evento, inserido nas Comemorações dos 25 Anos do Curso de Engenharia Topográfica no Instituto Politécnico da Guarda e em Portugal, tem por objetivo oferecer um espaço de partilha de experiências e de conhecimento relativo à importância da Informação Geospacial (IG) nas sociedades atuais. 

  Do programa constam diversos temas, tais como, as Smart Cities, os Sistemas Globais de Posicionamento por Satélite (GNSS), a Deteção Remota e outras técnicas atuais de aquisição e de processamento de Informação Geoespacial, como por exemplo, os VANT’s (Veículos Aéreos Não- Tripulados) ou os Sistemas de Varrimento a Laser. 

   Este Fórum destina-se a diferentes públicos devido à abrangência da aplicabilidade da Informação Geoespacial em inúmeros sectores da sociedade, nomeadamente estudantes, profissionais de engenharia e gestão, investigadores, câmaras municipais e empreendedores.

   De referir que cada vez mais o cidadão comum está dependente diariamente de Informação Geoespacial para a realização das suas tarefas. “Os municípios já perceberam que é com Informação Geoespacial que melhor se governam os territórios”, referiu a organização desta iniciativa.

  “É com informação Geoespacial que se estudam e simulam fenómenos naturais nefastos e devastadores, como por exemplo, cheias, deslizamentos de solos, deslocamento de glaciares ou mesmo tsunamis, sendo estes fenómenos cada vez mais frequentes e intensos devido às alterações climáticas. É também com base em Informação Geoespacial que se projetam novos e grandiosos empreendimentos construtivos.”

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:11

Combater a inatividade

por Correio da Guarda, em 05.11.18

Projeto MEW - Politécnico da Guarda.jpg

 

    O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) está a implementar o Projeto MEW - “Movimento, Envolvimento e Bem-Estar”.

    Este projeto visa estabelecer uma “Rede Europeia para a Saúde”, promovendo uma abordagem ao movimento, atividade física e estilos de vida corretos para combater a inatividade e ajudar as pessoas a melhorar o seu bem-estar individual e social.

   Como referiu Natalina Casanova, docente do IPG que está na coordenação desta atividade, “trata-se de um programa ERASMUS+ que envolve cerca de 200 voluntários europeus entre os 30 e os 55 anos da Itália, Alemanha, Portugal, Irlanda, Romênia, Letônia e Reino Unido que se voluntariam para participar num programa de exercício, destinado a aumentar os níveis de atividade física, melhorar a saúde e melhorar as relações sociais”.

 O Instituto Politécnico da Guarda acolhe em Portugal, a aplicação deste programa, tendo 34 voluntários inscritos, que na sua maioria pertencem ao Politécnico (funcionários e docentes).

   Durante seis meses, o grupo participa em duas sessões de exercício por semana, nas quais recebe incentivo, apoio e orientação para aumentar os seus níveis de atividade física diária, de modo a que o movimento se torne parte normal das suas rotinas diárias. “Mensalmente é lançado um tema de trabalho, sendo o voluntário convidado a diminuir os comportamentos sedentários tanto no local de trabalho, como nas deslocações, em casa e em atividades de lazer”, esclareceu Natalina Casanova.

   Todos os voluntários numa fase incial realizam uma avaliação médica e física para caracterizar os seus niveis de atividade física e estado de saúde, sendo de igual forma monitorizados durante todo o programa, no respeitante à atividade física realizada diáriamente. No final da aplicação do programa, são novamente avaliados para verificar as melhorias tidas tanto no ponto de vista psicológico e bem-estar, como nas alterações de comportamentos e atividades motoras diárias.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:05

EuroWorkshop “The Lithium Resources in Portugal"

por Correio da Guarda, em 20.09.18

LithiumEuroWokshop2018.jpg

     No Instituto Politécnico da Guarda (IPG) decorrerá de hoje (20) a 22 de setembro de 2018, o EuroWorkshop “The Lithium Resources in Portugal”, organizado pela Associação Portuguesa de Geólogos em colaboração com o IPG e a Federação Europeia de Geólogos.

    Com a realização deste EuroWorkshop, pretende-se dar a conhecer o importante papel que Portugal poderá ter na investigação e prospeção, bem como na eventual, exploração de lítio à escala mundial.

   Entre os diversos temas a abordar, destacam-se as principais ocorrências de lítio já conhecidas em Portugal, os aspetos legais associados a pedidos de atribuição de direitos de prospeção & pesquisa e de exploração, o papel das empresas de extração de minerais industriais, os avanços tecnológicos relativos ao seu processamento mineral e metalúrgico, o impacto ambiental relacionado com a sua prospeção e exploração e o aproveitamento geoturístico deste recurso endógeno da região da Guarda.

   O referido evento incorpora, ainda, uma visita de estudo a explorações mineiras de minerais industriais litiníferos, atualmente em atividade na região da Guarda (Gonçalo), e a antigas minas de estanho, feldspato e quartzo, que se encontram em apreciação para a pesquisa e prospeção de lítio na região de Viseu.

   Este EuroWorkshop é organizado no âmbito do Projeto “A Geologia como Base da Qualidade de Vida? A Sustentabilidade do Lítio na Povoação de Gonçalo”

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

Futebol integrado: uma história de sucesso

por Correio da Guarda, em 03.08.18

Futebol Integrado - Meeting Berlin SL 018.jpg

 

        O projeto ERAMUS+, “Futebol Integrado: uma nova fronteira do desporto para todos” – em que o Instituto Politécnico da Guarda (IPG) participou – foi recentemente reconhecido por um painel de especialistas da Direção Geral para a Educação, Juventude, Desporto e Cultura da Comissão Europeia.

     Após a sua conclusão, a avaliação realizada por este painel conferiu ao projeto o reconhecimento máximo, classificando-o como uma “história de sucesso”.

    De referir que esta classificação é atribuída a um número muito restrito de projetos, com base em critérios rigorosos de qualidade, relevância e resultados. Os projetos reconhecidos distinguem-se pelo seu impacto social e resultados inovadores, constituindo-se como modelo de boas práticas.

   O projeto foi liderado pelo Centro Sportivo Educativo Nazionale de Itália, em colaboração com instituições de vários países europeus (Alemanha, Bulgária, Eslováquia, Itália, Lituânia e Portugal).

   A representação portuguesa ficou a cargo do Instituto Politécnico da Guarda, através de uma equipa de docentes da Unidade Técnico-Científica de Desporto e Expressões. Este projeto teve como missão o desenvolvimento de um novo modelo de prática do futebol, valorizando todos os participantes de igual forma, independentemente do género e idade, sejam ou não portadores de deficiência.

    O Instituto Politécnico da Guarda colaborou na elaboração do regulamento específico e proporcionou à comunidade os primeiros cursos de formação de treinadores e árbitros desta nova modalidade.

    Ao longo desta experiência, realizada em estreita colaboração com a Associação ACTIVA (Associação Distrital de Desporto, Lazer e Cultura para Pessoas com Deficiência), o IPG conseguiu oferecer uma nova forma de vivenciar o desporto, proporcionado a verdadeira integração dos diferentes elementos da comunidade.

    Segundo a coordenadora do projeto, Carolina Vila-Chã (docente na ESECD/IPG), “nas várias atividades desenvolvidas registaram-se mais de 200 participações, demonstrando claramente que o Futebol Integrado pode contribuir para o desenvolvimento de uma sociedade mais inclusiva”.

    O projeto culminou com a criação de uma rede europeia dedicada ao Futebol Integrado, cabendo à ACTIVA, que nela tem assento, a prossecução dos objetivos de divulgação e desenvolvimento da modalidade em Portugal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:16

Toponímia é tema de fórum

por Correio da Guarda, em 13.07.18

Placa Toponímia.jpg

 

     No próximo dia 26 de Outubro vai ter lugar no Instituto Politécnico da Guarda mais uma edição do “Fórum sobre Toponímia”.

    Esta iniciativa pretende evidenciar a toponímia como referência de valores históricos, culturais e memória coletiva de factos, personalidades, tradições ou legados identitários.

    Para a organização deste Fórum, de âmbito nacional, “o estudo e valorização da toponímia permitem, um melhor conhecimento de cada aldeia, cada vila e cada cidade. Assim, o Instituto Politécnico da Guarda pretende contribuir para um melhor conhecimento do País, dos valores históricos, culturais, sociais e políticos a ele associados”.

    Os interessados em apresentar comunicações devem efetuar a  submissão dos seus trabalhos até 25 de Julho de 2018,  enquanto as pessoas interessadas em participar devem fazer a sua inscrição (gratuita mas obrigatória) até 25 de Setembro.

    Outras informações complementares estão disponíveis aqui

 

 

.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

Conferência internacional sobre lítio

por Correio da Guarda, em 23.06.18

 

     “Os Recursos do lítio em Portugal” é o tema de um EuroWorkshop que terá no Instituto Polittécnico da Guarda de 20 a 22 de Setembro.

    Com esta iniciativa pretende-se dar conhecer o importante papel que Portugal poderá ter na investigação e prospeção, bem como na eventual, exploração de lítio à escala mundial.

   Entre os diversos temas a abordar, destacam-se as principais ocorrências de lítio já conhecidas em Portugal, os aspetos legais associados a pedidos de atribuição de direitos de prospeção & pesquisa e de exploração.

    Falar-se-á ainda do papel das empresas de extração de minerais industriais, dos avanços tecnológicos relativos ao seu processamento mineral e metalúrgico e do impacto ambiental relacionado com a sua prospeção e exploração.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

Jornadas de Educação na Guarda

por Correio da Guarda, em 18.06.18

 

     A Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto do Instituto Politécnico da Guarda vai promover, nos dias 6 e 7 de novembro de 2018, as III Jornadas de Educação intituladas: "Desafios, Práticas e Reflexões".

     Estas jornadas têm como objetivo fundamental criar um espaço de partilha de conhecimento em torno de temáticas relacionadas com a educação sexual ao longo da vida, a iniciação da leitura e da escrita, o Referencial de Educação para o desenvolvimento na formação inicial de educadores/professores e os maus tratos em crianças e jovens.

   Os participantes terão a oportunidade de assistir a conferências, painéis, que envolverão oradores de reconhecido mérito. O programa das jornadas é aberto à apresentação de comunicações livres e posters.

      Os interessados podem obter mais informações aqui.

cartaz III Jornadas.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

Indústria Automóvel: novo curso no IPG

por Correio da Guarda, em 14.06.18

 

     O Instituto Politécnico da Guarda vai lecionar, no próximo ano letivo, um novo curso técnico superior profissional: Indústria Automóvel, com uma duração curricular de dois anos (quatro semestres).

     Este curso tem por objetivos, identificar e caraterizar os principais materiais utilizados na conceção de componentes para a indústria automóvel, com conhecimentos alargados sobre as principais as tecnologias e processos de fabrico e respetivos sistemas de automação e controlo; colaborar na programação da produção; planear, coordenar e supervisionar as atividades de uma ou mais áreas da produção, tendo em vista a otimização do processo produtivo, de acordo com os procedimentos do sistema integrado de gestão.

Indústria automóvel.jpg

     O Presidente do Instituto Politécnico da Guarda, Constantino Rei, considera que a formação superior que vai ser ministrada na área da indústria automóvel permite colmatar dificuldades sentidas localmente, dado ter sido “identificada uma necessidade de formação de quadros intermédios, sobretudo orientados para a área dos polímeros”.

      Constantino Rei deseja que “este e outros cursos sirvam também de exemplo para outras áreas, porquanto esta interação potenciará a empregabilidade dos futuros diplomados que, afinal, é o nosso principal objetivo: formar pessoas para o mercado de trabalho”.

     A Diretora da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) do Politécnico da Guarda, onde irá ser ministrado este curso, afirmou-nos que ele é muito importante em unidades fabris como unidades a ACI, COFICAB, DURA e SODECIA.

   Clara Silveira destacou que “é também um curso inovador ao nível dos estágios intercalares realizados ao longo do semestre aplicando os conhecimentos das áreas nucleares; constitui, ainda, um contributo para a criação de um centro de excelência da Indústria Automóvel na região da Guarda”.

   Recorde-se que no passado dia 11 de Junho teve lugar a assinatura da Declaração de Compromisso de Parceria entre o Instituto Politécnico da Guarda, Câmara Municipal e quatro conhecidas empresas do ramo automóvel.

    Este compromisso tem como objetivo a criação de sinergias necessárias para a construção de uma parceria estratégica, nos domínios da experimentação, investigação e inovação; isto para além da formação e transferência de conhecimento e tecnologia nas áreas da indústria automóvel do concelho da Guarda.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00

Toponímia

por Correio da Guarda, em 07.06.18

 

     Evidenciar a toponímia como referência de valores históricos, culturais e memória coletiva de factos, personalidades, tradições ou legados identitários é o objetivo do “Fórum sobre Toponímia” que o Instituto Politécnico da Guarda vai promover a 26 de Outubro de 2018.

     “Se a toponímia tem uma importância inquestionável na delimitação de espaços, permite, por outro lado, apreender a matriz de um povo, a organização sócio geográfica, o desenho da malha urbana de épocas passadas, o conhecimento e investigação de sítios históricos ou arqueológicos, o papel do povo na salvaguarda da atribuição de nomes que a tradição consolido”, refere a Organização deste Fórum, que vai já na sétima edição.

    “O estudo e valorização da toponímia permitem, um melhor conhecimento de cada aldeia, cada vila e cada cidade. Assim, ao promover este Fórum, o Instituto Politécnico da Guarda pretende contribuir para um melhor conhecimento do País, dos valores históricos, culturais, sociais e políticos a ele associados” é ainda afirmado a propósito desta iniciativa que pretende ter um âmbito nacional.

    Os interessados em apresentar comunicações devem efetuar a submissão dos seus trabalhos até 25 de Julho de 2018, enquanto as pessoas interessadas em participar devem fazer a sua inscrição (gratuita mas obrigatória) até 25 de Setembro.

    Outras informações complementares estão disponíveis aqui.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:48


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +


Referenciar citações

Protected by Copyscape Website Copyright Protection