Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Prémio Eduardo Lourenço

por Correio da Guarda, em 27.01.14

 

     No Centro de Estudos Ibéricos encontram-se abertas as candidaturas à décima edição do Prémio Eduardo Lourenço.

     Este galardão, instituído pelo Centro de Estudos Ibéricos, destina-se a premiar personalidades ou instituições com intervenção relevante no âmbito da cooperação e da cultura ibérica.

     O Prémio, no montante de dez mil euros, será atribuído por um Júri constituído pelos membros da Direcção do Centro de Estudos Ibéricos (Reitor da Universidade de Coimbra, Reitor da Universidade de Salamanca e Presidente da Câmara Municipal da Guarda) e por mais oito personalidades sendo, no presente ano, presidido pelo Reitor da Universidade de Salamanca.

     Personalidades de relevo de Portugal e Espanha já foram galardoadas nas anteriores edições: Maria Helena da Rocha Pereira, Professora Catedrática de Cultura Greco-Latina (2004), Agustín Remesal, Jornalista (2006), Maria João Pires, Pianista (2007), Ángel Campos Pámpano, Poeta (2008), Jorge Figueiredo Dias, Professor Catedrático de Direito Penal (2009), César António Molina, escritor (2010), Mia Couto, escritor (2011), José María Martín Patino, escritor e Teólogo (2012) e Jerónimo Pizarro, professor de Literaturas Hispânicas (2013).

     Qualquer pessoa ou instituição pode enviar propostas de candidatura até 04 de Abril de 2014 para o Centro de Estudos Ibéricos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:41

Guarda debate Culturas em tempos de mudança

por Correio da Guarda, em 29.11.12

 

     O Centro de Estudos Ibéricos vai promover amanhã, 30 de Novembro, e no sábado, 1 de Dezembro, o Seminário “Territórios, sociedades e culturas em tempos de mudança”.

    Com este Seminário (que decorrerá na Sala Tempo e Poesia da Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço (Guarda), pretende-se abordar, de forma transversal e plural, os temas das linhas de investigação propostos nos apoios a trabalhos de Investigação 2011 e que têm vindo a ser desenvolvidos no âmbito do Projeto de Investigação com o mesmo nome.

    Ao longo destes dois dias, os bolseiros do CEI, e outros investigadores, apresentarão mais de 30 comunicações inseridas em quatro painéis e moderadas pelos coordenadores da investigação do CEI.

    O programa é o seguinte: 30 de Novembro; 14.30 - Painel 1: Condições sociais: modos de vida, escola e coesão rural; Maria Luísa da Silva Gregório Francisco – Migrações para zonas transfronteiriças de baixa densidade populacional; Cristina Isabel Faria Barros – Dinâmicas demográficas e socioeconómicas recentes e implicações na reorganização da rede escolar num território rural e de fronteira. O caso da Beira Interior Norte; Henrique Manuel Pereira Ramalho – Reordenação da rede escolar e pós-ruralização; Amália Gonçalves Fonseca – Cultura popular e cultura digital no concelho do Sabugal. Um caso de infoinclusão; Danny Martins Rangel - A ideia de federação ibérica na segunda metade do século XIX: o republicanismo português e espanhol em sincronia; Elisa Sofia Silveira Saraiva Pires Alves – Representações de portugueses e espanhóis no cinema e na televisão  17.00 horas – Painel 2: Património e turismo cultural; Catarina Duarte Fontoura Nadais – Os lugares de Guerra Junqueiro: o turismo literário em Freixo de Espada à Cinta; Fernando Manuel Cerqueira Barros – Brandas da Peneda: construir (n)a sazonalidade; Samuel da Costa Pereira - Casa de agricultor no Noroeste Português; Helena Filipa Lourenço - Festas e romarias: um importante elo de ligação do património e turismo cultural ibéricos: Dias Medievais de Castro Marim (Algarve) e Romaría del Rocío (Andaluzia); Tiago André Simões Pereira – A cultura material da aldeia de Algodres entre a Antiguidade Tardia e a Alta Idade Média; Javier Talegón Sevillano - El lobo en el patrimonio cultural de la Sierra de la Culebra (Zamora)

    1 de Dezembro /9H30 - Painel 3: Paisagens naturais e espaços rurais; Carlos Neves Neto; Nivaldo Hespanhol; Rui Jacinto – Desenvolvimento rural em Portugal e no Brasil: actuação do Estado, processos de mudança e incidência local das politicas publicas; Andreia da Silva Almeida – O Termalismo na raia portuguesa: as Caldas de Monfortinho; Carlos Duarte Lucas Antunes Simões – S. Gens (Celorico da Beira) e o seu vale: uma abordagem geoarqueológica; Susete dos Anjos Henriques – Incêndios Florestais: efeitos paisagísticos; Carolina Davide; Rui Jacinto – Refuncionalização dos espaços rurais de montanha: desindustrialização e turismo em Manteigas; Maria Celestina Trejo Jiménez – Dependência e exclusão nas zonas de baixa densidade; Edgar Emanuel Feliciano Barreira – Como integrar informação espacial relativa ao património transfronteiriço?; 14H30- Painel 4: Dinâmicas e cooperação territorial; Júlio Fernando da Costa Pinheiro – As Termas do Cró: tanto história quanto saúde; Jaime Augusto de Jesus Cunha – Caminho-de-ferro do Douro; Ana Maria Cortez Vaz dos Santos Oliveira – A Barragem de Alqueva - factor de inovação e cooperação territorial transfronteiriça; Leonor Amarílis Plácido de Medeiros – Turismo Industrial na Faixa Piritosa Ibérica: como funciona de ambos os lados da fronteira; Inês Alves - Shopping ‘beira-de-estrada’ como espaço de fomento cultural. Qual o lugar possível da cultura nesta dinâmica de fluxos do quotidiano?: uma reflexão sobre a educação pela arte e a arte em espaço público; Paulo Godoy – Território, ciência e tecnologia: densidades, topologias e hierarquias territoriais da produção técnico-cientifica brasileira; Patrícia Santos Batista - Monchique – Identidade e Património: estratégias para o desenvolvimento local.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:47

Guarda: Diálogos Ibéricos e Cooperação

por Correio da Guarda, em 04.07.11

 

    Na Guarda vai iniciar-se na próxima quarta-feira, 6 de Julho, a décima primeira edição dos Cursos de Verão, promovidos pelo Centro de Estudos Ibéricos (CEI).

    Subordinado ao tema “Diálogos Ibéricos e Cooperação: terras, gentes, culturas”, o curso deste ano visa aprofundar o conhecimento do Património dos territórios fronteiriços enquanto recursos potenciadores da organização de rotas culturais e do desenvolvimento da actividade turística, e debater a Cooperação, os novos desafios e as potencialidades que encerra para promover a coesão social e territorial.

 

   

    Estruturado em painéis de debate e trabalhos de campo, o curso alia a vertente teórica às componentes prática e lúdica, o que tem resultado numa mais-valia e factor de atractividade para os participantes.

    Os trabalhos de campo, realizados sob a égide de Orlando Ribeiro, cuja vida e obra será evocada no ano do centenário do seu nascimento, visam conhecer diferentes iniciativas de valorização dos recursos locais, materiais e intangíveis, em curso de um lado e outro da fronteira, e debater, em painéis específicos, várias estratégias de desenvolvimento territorial.

    À semelhança de edições anteriores, o Curso é creditado pela Universidade de Salamanca com 3 créditos de “libre elección” e faz parte da oferta de Cursos de Verão daquela universidade espanhola.

    A sessão de abertura terá lugar quarta-feira, pelas 9h30m, na Sala Tempo e Poesia da Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço. No dia 8 de Julho, pelas 16h30m, será lançado o 18º volume da Colecção Iberografias, intitulado «Efeito Barreira e Cooperação Transfronteiriça na Raia Ibérica. Impactes Territoriais do INTERREG-A», de Eduardo José Rocha Medeiros.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:44

Co-produção teatral luso-espanhola no TMG

por Correio da Guarda, em 17.09.09

 

Na Guarda tem hoje lugar a estreia da peça“Na(s)cer Cansado”, uma co-produção do TMG e Junta de Castilla y León no âmbito da candidatura conjunta “REDES”.
Este projecto, que surge no âmbito do programa POCTEP – Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha Portugal, da União Europeia, assenta na peça “Na(s)cer Cansado”, a partir da obra do belga Henri Michaux.
Esta nova produção, que estreia hoje em Portugal, será apresentada a partir das 21h30 no Pequeno Auditório do TMG, ficando em cena até sábado, dia 19 de Setembro; integra a programação do Acto Seguinte – Festival de Teatro desta cidade.
O referido espectáculo conta com participações artísticas dos dois países ibéricos, sendo a encenação e dramaturgia da responsabilidade de Luciano Amarelo e a cenografia é de Fernando Fuentes.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:20


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +