Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Sistemas de Informação Geográfica e Geoturismo

por Correio da Guarda, em 06.02.17

 

 

     A Associação Geopark Estrela vai promover, nos dias 11, 18 e 25 de Março de 2017, na Guarda, um curso em sistemas de Informação Geográfica e Geoturismo.

     Este curso pretende, para além de uma formação base na utilização de diferentes ferramentas SIG, dar a conhecer as potencialidades dos SIG para os trabalhos em Geoturismo.

     De referir que o Geoturismo se assume como um conjunto de práticas turísticas, de base territorial, assentes no potencial endógenos dos territórios onde ocorre, nomeadamente nos seus recursos abióticos, bióticos e culturais. Esta abordagem holística do território e do turismo fazem deste conceito uma nova oportunidade para muitas geografias. Neste sentido, o planeamento da atividade, a inventariação dos recursos disponíveis e a sua promoção são fatores determinantes para o sucesso destas estratégias, assentes no carácter geográfico dos lugares.

    Os Sistemas de Informação Geográfica constituem uma ferramenta importante de gestão, inventariação e representação da informação geográfica. A sua utilização no turismo em geral, e no geoturismo em particular, constitui uma mais-valia técnica e metodológica a utilizar por todos aqueles que trabalham, estudam e promovam territórios de geoturismo.

    O curso é destinado a Técnicos da área do turismo, património e desenvolvimento territorial; Técnicos de Geologia, Geografia e Biologia; Estudantes de Licenciaturas, Mestrados e Doutoramento; Técnicos de Geoparques Mundiais da UNESCO.  Mais informações aqui.

    O Aspiring Geopark Estrela constitui a candidatura da Serra da Estrela a Geopark Mundial da UNESCO, num território que inclui 9 municípios.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:10

Estrela: candidatura a Geoparque

por Correio da Guarda, em 04.12.15

Assinatura de Memorandum.jpg

      Na Escola Superior de Turismo e Hotelaria do IPG, em Seia, teve ontem lugar a assinatura de Memorandum, entre os 9 municípios da Serra da Estrela e o Instituto Politécnico da Guarda, com vista à prossecução de uma candidatura para a classificação da Serra da Estrela a Geopark Global da UNESCO.

    Este Memorandum, como foi salientado constituiu os primeiros alicerces daquilo que virá a ser um novo paradigma para o desenvolvimento deste território.

    No ano em que se comemoram os 70 anos da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, a Rede Global de Geoparques ganha um novo impulso, com a sua integração enquanto programa científico da UNESCO, aprovado a 10 de novembro.

   Os Geoparques Globais da UNESCO, assim designados, constituem um novo conceito de territorialidade onde o Património Geológico de exceção é a base de uma estratégia que promove o bem-estar das populações, mantendo o máximo respeito pelo ambiente, apresentando como premissas a educação, o turismo e o desenvolvimento comunitário.

   O Geopark Estrela, com mais de 2 mil quilómetros quadrados  e aproximadamente 170 mil habitantes, engloba uma área que inclui os municípios de Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Fornos de Algodres, Gouveia, Guarda, Manteigas, Oliveira do Hospital e Seia, mais do que uma classificação a território da UNESCO, consagrará a Serra da Estrela como território de Educação, Ciência e Cultura.

Geoparque ESTRELA.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:07

IPG dinamiza candidatura de Geoparque

por Correio da Guarda, em 22.09.15

 

     No Instituto Politécnico da Guarda (IPG) realizou-se, na passada quinta-feira, uma reunião de trabalho onde foi analisada a proposta de candidatura à UNESCO do Geopark Estrela.

image(1).png

     Para além do IPG estiveram representados municípios da Serra da Estrela (Manteigas, Celorico da Beira, Fornos de Algodres, Guarda, Gouveia, Seia, Oliveira do Hospital, Covilhã e Belmonte) e a Universidade da Beira Interior.

    Este encontro, na sequência de outros, contou com a participação da Coordenadora do Fórum Português de Geoparques (UNESCO), Elizabeth Silva, e do Presidente do Comité Nacional para o Programa Internacional das Geociências, Artur Sá.

    De referir que foi unânime o reconhecimento da importância desta classificação como indutora do desenvolvimento da Serra da Estrela, pelo que foi sublinhada a “necessidade de iniciar o mais rapidamente possível o processo de candidatura”; isto porque, como foi salientado, “os novos Programas de Geoparques Globais da UNESCO implicam um trabalho efetivo nos territórios, mesmo antes da sua classificação, com a definição de uma estrutura”.

    De destacar, ainda, a manifestação de interesse, evidenciada pela totalidade dos municípios, destacando a classificação do Geopark para a afirmação da marca Serra da Estrela.

   Como foi adiantado, nas próximas semanas vão ser dados “passos importantes na definição da estrutura de gestão do futuro geoparque e nas formas de financiamento”, tendo sido solicitados aos municípios contributos até ao final do corrente mês.

 

    Fonte: IPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:30


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +


Referenciar citações

Protected by Copyscape Website Copyright Protection