Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Leituras censuradas na BMEL

por Correio da Guarda, em 13.05.24
 
Na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço está patente até ao próximo 29 de junho a exposição "Leituras Censuradas (os livros que não podiam ser lidos). Esta exposição está  integrada no programa comemorativo dos 50 anos do 25 de Abril.
A Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço possui um vasto fundo bibliográfico onde estão integradas dezenas de obras cuja leitura outrora foi proibida (autores nacionais e internacionais).
Completada com uma breve história da censura em Portugal, esta mostra pretende divulgar junto da comunidade, as obras proibidas.

Livros Censurados _n.jpg

Foto: BMEL

 

 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:22

Exposição "Luz no Vale"

por Correio da Guarda, em 11.02.24

 

No Museu da Guarda está patente, desde a passada quinta-feira e até 7 de abril, a exposição "Luz no Vale", de João de Almeida Santos.
Nesta exposição pode ser apreciado um conjunto de 51 quadros onde a pintura se associa à poesia, «um diálogo entre duas artes, mas onde cada uma das expressões estéticas conserva a sua própria autonomia de linguagem e de narrativa". 

LUZ no VALE _n.jpg 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30

Douro Património Contemporâneo

por Correio da Guarda, em 12.01.24

 

Na Galeria de Artes do Centro Cultural de Vila Nova de Foz Côa está patente, até ao próximo dia 3 de março, a exposição dos trabalhos vencedores do Concurso Internacional de Fotografia 2018 “Douro Património Contemporâneo – Arquitetura, Arte, Imagem”.

Recorde-se que o tema deste concurso foi a arquitetura das barragens, procurando uma relação com o seu contexto, materializado naquilo que é a sua implantação.

exposição_n.jpg

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:45

Memórias que Brotam na Água

por Correio da Guarda, em 01.09.23
 
 
Na Guarda vai ser hoje inaugurada, pelas 18 horas, a exposição de pintura "Memórias que Brotam na Água", a qual reúne trabalhos dos artistas Letícia Barreto e Joaquim Marques.
A mosta vai ficar patente na sala de Galeria d’Arte Evelina Coelho, no Paço da Cultura / Museu da Guarda.
Nesta exposição, os artistas Letícia Barreto e Joaquim Marques estabelecem um diálogo entre os seus trabalhos, que têm como ponto de partida a aguarela e a imprevisibilidade da água, explorando diferentes formas de lidar com o acaso.
Letícia Barreto, 1974, Sorocaba/SP – Brasil. Vive e trabalha em Alverca do Ribatejo, Portugal. Artista visual multimídia e arte-educadora. É mestre em Artes Visuais e Intermédia pela Universidade de Évora, Portugal. Como bolsista da Fundação Rotary Internacional, estudou Artes Plásticas no Instituto Lorenzo de Medici, em Florença, Itália. Ainda na Itália, participou de residências artísticas e fez cursos de formação e especialização para professores em artes plásticas. É uma artista multimídia, cuja linguagem e técnica é sempre escolhida em função do conceito a ser explorado. O seu trabalho artístico desenvolve-se através de vários meios de expressão, privilegiando a pintura, o desenho, a analogia visual, a colagem, a intervenção sobre objetos e fotografias, a instalação e a intervenção urbana. Participa desde 1992 em mostras coletivas e individuais e feiras de arte e já teve seu trabalho exibido em vários países.
Joaquim S. Marques, Frankfurt (Alemanha), 1972. Vive e trabalha em Alverca do Ribatejo. Tem ascendentes naturais do Jarmelo (Guarda). Fez a sua formação na Escola de Artes e Design de Offenbach, Alemanha e na Escola de Belas Artes de Frankfurt, onde concluiu o Curso de Artes Visuais. Em 1998 fixou residência em Portugal. Em 2001/2002 desenvolveu um Projecto Individual de Pintura sob a orientação do Prof. Castro Caldas no Ar.Co em Lisboa. Entre 2013 e 2016, viveu e trabalhou no Brasil. Em 2015, criou com e a artista Letícia Barreto o duo artístico Pocket Entropy, colaborando em vários projectos desde então. Foi bolseiro da Fundação Johannes Mosbach, do Deutscher Akademischer Austauschdienst e artista residente na MArt, no SIAC 5 e na Viarco. Participa desde 1994 em exposições individuais e colectivas.

MUSEU _n.jpg 

Fonte e foto: Museu da Guarda/CMG

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:00

Casa da Cultura de Famalicão da Serra

por Correio da Guarda, em 13.08.23

 

"Tendências do Imaginário na Sé da Guarda" é o tema da exposição de fotografia que está patente, até 17 de setembro, na Casa da Cultura de Famalicão da Serra. 

Promovida pela autarquia guardense, através do Museu da Guarda, esta exposição integra fotos de vários autores e é realizada no âmbito do projeto 'Rede Culturɑl e Criɑtivɑ dɑ Guɑrdɑ'.

Trata-se de uma exposiçɑ̃o de fotogrɑfiɑ, a preto e branco, sobre ɑs gɑ́rgulɑs dɑ Sé dɑ Guɑrdɑ, que "dɑ́ ɑ conhecer ɑ suɑ funcionɑlidɑde de cɑnɑlizɑr e escoɑr ɑs ɑ́guɑs pluviɑis, mɑs tɑmbém, o lɑdo ɑrtístico grotesco ou engrɑçɑdo".

Exposição_foto MG__n.jpg Foto: Museu da Guarda

 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:56

Exposição "Eu diria que nevava"

por Correio da Guarda, em 28.06.23

 

No Museu da Guarda está patente até ao próximo dia 13 de agosto a exposição "Eu diria que nevava".

Trata-se de uma seleção de obras gráficas realizadas nos Cursos de Gravura da Guarda, entre 2019 e 2022. A exposição, inaugurada na passada semana, tem a curadoria de António Navarro, textos e versos de Maria Afonso

 

Maria Afonso_n.jpg

Foto: CMG

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:51

Exposição: na Guarda dos olhares

por Correio da Guarda, em 17.02.23

 

Guarda_No alto da cidade_Foto Helder Sequeira.JPG

Na Galeria Espaço #4 do Museu da Guarda está patente, desde ontem, e até ao próximo dia 9 de abril a exposição fotográfica “Na Guarda dos olhares”, da autoria de Helder Sequeira.

Como foi salientado na sessão inaugural, este certame “é uma proposta de descoberta e redescoberta de algumas realidades citadinas.”

Uma proposta que “deixa tempo e espaço para a Guarda de múltiplas interpretações, sentimentos e olhares; mas também para a celebração da fraternidade, como foi observado – por António José Teixeira – a propósito de uma das fotos.”

Estas são o resultado de um olhar pessoal, que procurou “eternizar momentos” de uma cidade “bela e sedutora”, os “sons da gente guardense” ou a “geografia da nossa história e dos nossos afetos”, onde os jovens desejam e querem acreditar no futuro.”

Inuaguração_exposição Fotografia HS (19).jpg

O autor das fotos salientou que a “exposição foi enriquecida pelas palavras de vinte e cinco guardenses, de um quadro etário e profissional heterogéneo. Contudo convergente na paixão por esta cidade; proporcionando o diálogo entre texto e imagem, num oportuno e inteligente sublinhado da equipa responsável pela concretização desta mostra.”

Álvaro Pereira Guerreiro, Anabela Matias, Ana Queiroz, Antonieta Garcia, António José Teixeira, António Quinaz, António Sá Rodrigues, Bernardo Gomes, Dulce Helena Borges, Elisabete Gonçalves, Filipe Caetano Joana Rei, João Pais Trabulo, João Pena Fonseca, Joaquim Duarte, José Manuel Monteiro, Luís Baptista Martins, Luís Fidalgo Sequeira, Maria José Neto, Mário Carvalho, Pedro Baltazar, Susana Milhões, Susana Pereira Lino, Thierry Santos e Vasco Pires comentaram as fotos que integram a exposição “Na Guarda dos Olhares”.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:58

Rui de Pina em destaque na BMEL

por Correio da Guarda, em 05.04.22
 
 
Na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço (BMEL), Guarda, está patente até ao próximo dia 19 de abril a exposição “16 bibliotecas, 16 autores”.
Trata-se de uma exposição produzida pela rede de bibliotecas e promovida pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE) com o objetivo divulgar a obra destes autores, os lugares onde nasceram, viveram e a influência que tiveram na sua obra.
 Na Guarda, o autor de destaque é Rui de Pina.

Exposição  -.jpg Foto: CMG/BMEL

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:25

Exposição evocativa de Luís Rebello

por Correio da Guarda, em 18.01.22

 

No Museu da Guarda continua patente, até 3 de fevereiro de 2022, um exposição evocativa de Luís Rebelo, artista plástico guardense.

Trata-se de uma homenagem da Câmara Municipal da Guarda, através de uma  mostra que reúne obras oriundas de instituições públicas e de coleções particulares.

 

Exposição de Luis Rebello no Museu.jpg Foto: CMGuarda

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:05

Exposição na Rua do Comércio

por Correio da Guarda, em 15.05.21
 
O Dia Internacional dos Museus será assinalado, na próxima terça-feira, pelo Museu da Guarda através de  uma exposição  que envolverá diversas lojas instaladas na Rua do Comércio.
De acordo com a informação divulgada, a mostra intitula-se “O Museu sai à Rua do Comercio” e ficará patente entre 18 e 21 de maio.

Rua do Comércio - Guarda - HS.jpg

Nesta exposição vão estar em destaque algumas obras selecionadas do acervo do Museu, constituindo uma forma diferente de mostrar o património daquela instituição museológica guardense, promovendo outros caminhos de reflexão e observação de bens culturais, obras pictóricas e escultóricas.  A iniciativa terá uma sessão inaugural simbólica na terça, dia 18, às 15h00.
A edição de 2021 do  Dia Internacional dos Museus tem como tema “O futuro dos museus: recuperar e reimaginar”. 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D

Contacto:

correio.da.guarda@gmail.com