Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Dia Mundial da Fibromialgia

por Correio da Guarda, em 12.05.09

 

Hoje assinalou-se o Dia Mundial da Fibromialgia.
É uma doença reumática de causa desconhecida e natureza funcional, que origina dores generalizadas, acompanhadas de alterações quantitativas e qualitativas do sono, fadiga, cefaleias e alterações cognitivas.
Esta doença, que afecta mais as mulheres do que os homens, inicia-se entre os 20 e os 50 anos; no entanto as crianças e os jovens também pode sofrer de fibromialgia. Os seus sintomas são, com muita frequência, partilhados pelo Síndrome de Fadiga Crónica (SFC).
Além dos sintomas que os doentes sentem quotidianamente, estas doenças podem ter consequências graves na vida profissional, social e familiar.
Este ano é, aliás, de grande importância em termos de sensibilização para a fibromialgia, tanto mais que a Declaração 69/2008 do Parlamento Europeu representou o reconhecimento oficial e abriu o debate, na Europa, sobre esta doença; para esse reconhecimento contribuiu a petição “on line” que foi subscrita por mais de 20 mil pessoas, as quais deram um excepcional contributo na luta contra a fibromialgia.
A referida doença afecta na Europa cerca de 14 milhões de doentes. No nosso país estima-se em perto de 350 mil as pessoas que sofrem de fibromialgia.
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:25

Dia Mundial da Osteoporose

por Correio da Guarda, em 20.10.08

   
 

O Dia Mundial da Osteoporose é hoje assinalado. Segundo um estudo promovido pela Associação Nacional Contra a Osteoporose (APOROS) e pela Liga Portuguesa Contra as Doenças Reumáticas (LPCDR) estima-se que existam cerca de 864 mil mulheres com osteoporose em Portugal das quais 24.6 por cento não está a fazer qualquer tipo de tratamento.
O estudo revela também que 6 por cento das mulheres acima dos 45 anos que afirmam ter osteoporose ainda não consultou um médico sobre a doença e que mais de metade das mulheres com osteoporose a tomar medicamentos vê vantagens em tomar um único comprimido mensal (58.2 por cento). A esmagadora maioria (77.5 por cento) admite mesmo que, se pudesse escolher, preferia um único comprimido por mês em vez de toma semanal ou diária.
De acordo com o Prof. Jaime Branco, presidente da LPCDR, “um dos principais problemas nas doentes com osteoporose é o abandono dos tratamentos receitados pelos médicos, o que pode ter consequências graves como por exemplo as fracturas. A oferta de um maior número de possibilidades terapêuticas, como o tratamento mensal, pode reduzir a percentagem de abandonos das mulheres à terapêutica”.
Entre os principais factores de risco da osteoporose as mulheres destacam a alimentação deficiente (86.2 por cento), a menopausa (85.2 por cento), a idade (76.4 por cento), e a falta de exercício (75.2 por cento).
A osteoporose é uma doença que se caracteriza pela diminuição da resistência dos ossos que, por isso, se tornam mais frágeis e mais susceptíveis a quebrar-se.
É uma doença silenciosa e pode progredir sem sintomas dolorosos até ocorrer uma fractura.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:16


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +