Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Dia Mundial do Rádio

por Correio da Guarda, em 13.02.16

 

     Hoje é comemorado o Dia Mundial do Rádio.

    Desde 2012 que esta data se constitui como oportunidade para assinalar a importância da rádio, quer como meio de informação, quer como agente de educação e cultura, que ainda como elo de aproximação com pessoas em situação de vulnerabilidade.

    Aliás, o tema proposto pela UNESCO, para este ano, é precisamente “A rádio em tempos de emergência e desastres”.

Dia Mundial da Rádio 2016- v.png

      No atual contexto mundial, e sob o cenário da crise de refugiados empurrados para o êxodo pela guerra, fome ou desastres climáticos, a rádio continua a ser o meio de comunicação que atinge o maior número de pessoas em todo o mundo, no menor espaço de tempo; facto que a torna fundamental nestes contextos.

    Criado pela UNESCO, o Dia Mundial da Rádio evoca a primeira emissão, em 1946, da United Nations Radio.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

Microgeração IPSS

por Correio da Guarda, em 29.05.15

 

     O Centro de Formação Assistência e Desenvolvimento, com a colaboração da Câmara Municipal da Guarda, do Ministério da Educação (DREC) e algumas Entidades Privadas, concretizou o projeto “Microgeração-IPSS”, em 45 Escolas, fazendo da Guarda o concelho do País com maior número de Centrais Fotovoltaicas IPSS.

    Este projeto tem como objetivos a sensibilização dos jovens para a utilização das energias renováveis, defesa do ambiente e de promoção de medidas de solidariedade social.

    Para assinalar o dia Mundial do Ambiente o CFAD e a Câmara Municipal da Guarda vão assinalar no próximo dia 5 de Junho a “efeméride” Dia Mundial do Ambiente às horas nos Paços do Concelho da Guarda, com o objetivo de divulgação/exposição de trabalhos manuais no âmbito das Energias Renováveis concebidos pelos alunos do Agrupamento de Escolas Afonso Albuquerque e do Agrupamento de Escolas da Sé.

    No princípio do ano letivo foi lançado nos dois Agrupamentos de Escolas o concurso sob o lema “Juntos pelo Planeta”, para a construção de uma maquete com materiais recicláveis. Concorreram 13 turmas, sendo 7 do 1º ciclo e 6 do 2º ciclo, 5º ano.

    Serão atribuídas prémios às três melhores maquetes de cada ciclo no valor global de mil euros. A exposição estará patente ao público até ao dia 11 de Junho.

     (Fonte CFAD)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:04

Exposição

por Correio da Guarda, em 10.02.15

 

     No Instituto Politécnico da Guarda vai estar patente, de 13 de Fevereiro a 31 de Março, a exposição “Rádio e Memórias”.

    Esta exposição é composta por diversificados modelos de recetores de rádio e outros equipamentos alusivos à atividade radiofónica.

    Com esta iniciativa o IPG pretende assinalar o Dia Mundial da Rádio (comemorado a 13 de Fevereiro) e mostrar antigos equipamentos relacionados com a produção ou receção das emissões hertzianas.

    Esta exposição, que decorrerá na Biblioteca Geral do Instituto Politécnico da Guarda, tem entrada livre.

    Criado pela UNESCO, o Dia Mundial da Rádio evoca a primeira emissão, em 1946, da United Nations Radio. Este ano o tema escolhido é “Juventude e Rádio”.

cartaz exposição.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:05

Dia Mundial da Fibromialgia

por Correio da Guarda, em 12.05.13

 

     As III Jornadas de Fibromialgia, realizadas ontem nos Açores abriram o programa comemorativo do Dia Mundial da Fibromialgia, que é hoje assinalado, e igualmente o décimo aniversário da MYOS.

    Tratou-se de uma iniciativa da MYOS- Associação Nacional Contra a Fibromialgia e Síndrome de Fadiga Crónica. As III Jornadas decorreram no Auditório do Ramo Grande, na Praia da Vitória, subordinadas ao tema “Fibromialgia – abordagem multidisciplinar”.

    “O que é a Fibromialgia? - Dificuldade no diagnóstico”, (Drª Ana Rodrigues), “Tratamento da dor na Fibromialgia” (Dra. Sofia Tibério) e “A intervenção da Medicina Física e de Reabilitação na Fibromialgia” (Dra. Ana Santos) foram os temas abordados no período da manhã.

    No período da tarde falou-se de “Fisioterapia em doentes com Fibromialgia” (Dra. Carmelo Corvelo Toste), a que se seguem os temas “A aplicação de Terapêuticas não-convencionais no tratamento da Fibromialgia” (Dr. Carlos Carvalho), “O Poder das emoções positivas face à Fibromialgia” (Dr. Pedro Mackay), “Nutrientes. Que efeitos têm na fibromialgia? (Dra. Andreia Aguiar) e “Aspetos farmacológicos no tratamento da Fibromialgia” (Dra. Maria Manuel Morão).

    A 12 de Maio é assinalado o Dia Mundial da Fibromialgia e igualmente o décimo aniversário da MYOS-Associação Nacional Contra a Fibromialgia e Síndrome de Fadiga.

    A MYOS, com sede em Lisboa, é uma associação não médica, sem fins lucrativos, para a defesa do doente e para o desenvolvimento do conhecimento dos doentes, técnicos de saúde e do público em geral acerca da Fibromialgia e da Síndrome da Fadiga Crónica.

    No seu sítio na Internet (www.myos.com.pt) esta associação disponibiliza um conjunto de informações e contactos para os doentes e interessados.

    A Fibromialgia é uma doença reumática de causa desconhecida e natureza funcional, que origina dores generalizadas nos tecidos moles, sejam músculos, ligamentos ou tendões mas não afetam as articulações ou os ossos.

    A dor causada pela Fibromialgia é acompanhada de alterações quantitativas e qualitativas do sono, fadiga, cefaleias e alterações cognitivas, por exemplo, perda de memória e dificuldade de concentração, irritabilidade e, em cerca de um terço dos casos, apenas depressão, entre outros sintomas.

“    As causas desta doença – que podem ser várias – não estão ainda bem claras e continuam a ser investigadas. Há, no entanto, factores precipitantes que podem agravar-se, como o stress, esforços excessivos, humidade, frio, etc.

    Em muitos casos a doença pode iniciar-se após factos pontuais, como infecções víricas ou bacterianas”, refere a médica guardense Cristina Fidalgo Sequeira, Presidente da Direcção da MYOS. “Os estudos para averiguar as causas da fibromialgia prosseguem e pode dizer-se que não há ainda uma etiologia exacta”, acrescenta.

    Esta doença afecta mais as mulheres do que os homens e inicia-se entre os 20 e os 50 anos, no entanto as crianças e os jovens também podem sofrer de fibromialgia; em idade escolar a frequência é igual em ambos os sexos.

    Por vezes a palavra síndrome é utilizada em vez de doença; isto acontece pelo facto de se tratar de uma reunião de sinais e sintomas que ocorrem em conjunto. Trata-se de algo que afecta inúmeras partes do corpo e, à primeira vista, pode até parecer que não existe interligação entre os vários sintomas; daí, por vezes, a dificuldade em diagnosticar esta enfermidade.

    Os sintomas da Fibromialgia são, com muita frequência, partilhados pelo Síndrome de Fadiga Crónica (SFC), classificado pela Organização Mundial de Saúde na categoria de doenças do sistema nervoso, ao passo que a primeira foi incluída na categoria de doença reumática, em 1992.

    Além dos sintomas que os doentes sentem quotidianamente, estas doenças podem ter consequências graves na vida social, profissional e familiar. Em certos casos o doente pode deixar de conseguir ter uma vida social e profissional regular; por outro lado as doenças afectam também bastante a família e o ciclo de amigos pois a pessoa deixa de conseguir realizar tarefas que antes tomava por garantidas.

    Aludindo ao Dia Mundial da Fibromialgia, que se assinala a 12 de Maio, Cristina Fidalgo Sequeira considera que embora nesta data se dê particular realce à patologia em questão” a fibromialgia “deve estar diariamente presente nas preocupações dos doentes, dos profissionais de saúde e das entidades directa ou indirectamente envolvidas no seu acompanhamento e tratamento”.

    Para a Presidente da MYOS, “assinalar o Dia Mundial da Fibromialgia é suscitar a atenção do maior número de pessoas para esta realidade, para a realidade dos doentes atingidos por esta doença que, em tantos casos, não são compreendidos nos seus locais de trabalho, por parte de amigos e mesmo de familiares; é também lançar o repto para o avanço da investigação quer relativamente às causas desta patologia, quer na procura de tratamentos mais eficazes e ao alcance da generalidade dos pacientes”.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

Prémio Literário Manuel António Pina

por Correio da Guarda, em 08.07.11

 

    Até ao próximo dia 30 de Setembro estão abertas as candidaturas para a segunda edição do Prémio Literário Manuel António Pina.

    Este Prémio, instituído pela Câmara Municipal da Guarda, é atribuído anualmente, tendo como objectivo de homenagear o escritor e poeta natural deste distrito.

    A edição de 2011 distinguirá a obras de poesia.

    O Prémio terá o valor pecuniário de 2.500,00€ (dois mil e quinhentos euros), correspondendo este montante aos direitos de autor respeitantes à edição da obra premiada, a editar pela Câmara Municipal da Guarda em parceria com a editora Assírio&Alvim.

    Para efeitos de concurso, serão considerados os trabalhos inéditos de poesia de autores portugueses, que cumpram os procedimentos previstos no respectivo regulamento, a consultar em www.mun-guarda.pt.

    A atribuição do Prémio Literário Manuel António Pina será feita em sessão solene, na Guarda, no dia 21 de Março de 2012, Dia Mundial da Poesia.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:50

Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor

por Correio da Guarda, em 23.04.09

 

Assinalando o Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor, o Instituto Politécnico da Guarda faz hoje, 23 de Abril, a oferta de algumas das suas publicações.
Para o efeito foi instalado um ponto de distribuição no edifício dos Serviços Centrais e nas quatro Escolas Superiores que integram o Instituto Politécnico da Guarda.
O Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor é uma data comemorada desde 1996, por decisão da UNESCO.
 


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:31

CISE assinala Dia Mundial da Floresta

por Correio da Guarda, em 13.03.09

 

O CISE – Centro de Interpretação da Serra da Estrela vai apresentar a 21 de Março, em que se assinala o Dia Mundial da Floresta, os itinerários pedestres da Mata do Desterro e promover um percurso pedestre com plantação e sementeira de árvores
No dia 21 será ainda inaugurada, no Posto de Turismo de Seia, a VIII Exposição de Fotografia de Ambiente, subordinada ao tema Espaços Naturais da Região Centro.
Procurando sensibilizar os mais novos para as questões relacionadas com a importância da natureza e a preservação do ambiente, o Município de Seia vai oferecer árvores e material didáctico, sobre os principais habitats da serra da Estrela, aos alunos do jardim-de-infância e do 1º ciclo do ensino básico do concelho de Seia.
No dia 20 de Março realiza-se na Mata do Desterro um percurso pedestre com 250 crianças, da escola do 1º ciclo do ensino básico e os Jardins-de-infância de São Romão.
A Mata do Desterro constitui um prolongamento dos objectivos do CISE, onde é possível aliar o lazer, ao conhecimento e investigação ambiental. Trata-se de uma área com cerca de 136 hectares, constituída por recursos florestais e hídricos e servida por uma rede de caminhos florestais onde agora é possível praticar o pedestrianismo. No total são três os percursos pedestres existentes, com diferentes graus de dificuldade, que permitem apreciar a fauna e a flora da mata.
Recorde-se que a Mata do Desterro foi cedida pela EDP, por um período de 50 anos, ao Município de Seia, tendo em vista o aproveitamento dos recursos naturais, a protecção do solo e regular a qualidade da água, o aproveitamento das áreas naturais para o desenvolvimento de projectos de investigação científica, e o desenvolvimento de actividades de educação ambiental, de turismo e de lazer.
O CISE tem realizado diversas acções de plantação e sementeira de árvores, de modo a restaurar o coberto vegetal das áreas degradadas, para permitir a recuperação dos habitats e a reabilitação das comunidades, e deste modo reconverter a mata existente num bosque com características idênticas às existentes no andar fitogeográfico em que está inserido.
O projecto engloba a criação de zonas de descontinuidade, constituídas por pastos e matos, bem como, zonas para exploração de plantas aromáticas.
Para se inscreverem no percurso pedestre os interessados podem contactar o CISE através do telefone 238 320 300, por e-mail: cise@cm-seia.pt ou no site: www.cise-seia.org.pt
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:23


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +


Referenciar citações

Protected by Copyscape Website Copyright Protection




Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: