Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Comemorações do Cerco de Almeida

por Correio da Guarda, em 03.08.16

    

    Em Almeida vão decorrer, de 26 a 28 de Agosto, as comemorações do cerco daquela vila, ocorrido aquando da terceira invasão francesa.

    Após a conquista de Ciudad Rodrigo (Espanha), em 10 de Junho de 1810, pelas tropas francesas o objetivo do exército invasor era o domínio da praça portuguesa, que teria cerca de 2000 habitantes e estava guarnecida com 5 000 soldados e 115 peças de artilharia. Com a aproximação das forças francesas, o comando do exército anglo-luso apelou aos habitantes para abandonarem as suas casas e levarem os seus haveres.

    Nos primeiros dias de Agosto de 1810 o Marechal Massena mandou avançar o Oitavo Corpo do exército francês, sob o comando de Junot, dando início ao cerco de Almeida, a 10 de Agosto, cuja guarnição militar era chefiada pelo coronel inglês Guilherme Cox, sendo Tenente-Rei o almeidense Francisco Bernardo da Costa.

    O cerco decorria há 17 dias quando, ao cair da noite, uma granada francesa provocou uma explosão em cadeia que destruiu o paiol principal, onde estavam armazenadas 75 toneladas de pólvora; centenas de mortos e enormes danos no interior da fortaleza foi o balanço imediato da tragédia. Na manhã seguinte, 27 de Agosto de 1810, o Marechal Massena exigiu do comandante inglês a rendição imediata da praça, o que acabou por suceder nessa noite.

CERCO de ALMEIDA.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:05

Judeus e Cristãos em Terras de Fronteira

por Correio da Guarda, em 25.11.15

 

    “Diálogos e Conflitos: Judeus e Cristãos em Terras de Fronteira" constituem o tema central da jornada de debate e reflexão que se inicia amanhã, e prolonga até sexta-feira, na Guarda, no âmbito das comemorações 816º aniversário da atribuição do foral sanchino a esta cidade.

     No decorrer desta jornada serão abordadas algumas das múltiplas e divergentes vias em que se moveu a convivência entre a maioria cristã e a minoria judaica e a diversidade social, cultural e religiosa vivenciada nos territórios de fronteira, base da criação de uma identidade local e regional muito própria.

    Através deste debate científico pretende-se apoiar científica e tecnicamente as iniciativas de estudo, conservação e promoção turística das judiarias, ações que devem estar alicerçadas em investigação histórica rigorosa e atualizada.

    Amanhã o programa inclui, a partir das 9h30, as intervenções: “Relações entre cristãos e judeus na Idade Média peninsular”, por José Hinojosa Montalvo (Universidad de Valencia); “Judeus, cristãos e muçulmanos no Portugal Medieval”, por Filomena Barros (Universidade de Évora e CIDEHUS); “Comunidades e personalidades judaicas ao serviço e sob proteção da família real: uma relação mantida desde os primórdios da monarquia portuguesa até finais do século XV”, por Manuela Santos Silva (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa); “Interações artísticas entre judeus e cristãos em Portugal”, por Luís Afonso (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa); “Povoamento Judaico no território da Diocese da Guarda, durante a Idade Média”, por Maria José Ferro Tavares (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa); “Falando de si mesmos. Duas comunidades próximas: os judeus de Guimarães e de Braga”, por José Alberto Tavim (Centro de História – Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa); “Aspetos da controvérsia antijudaica na Idade Média portuguesa”, por Saúl Gomes (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra); “Las relaciones entre judíos y cristianos en los fueros medievales de Cáceres”, por Fernando Jiménez Barrocal – (Archivo Histórico Municipal de Cáceres); “Os manuscritos hebraicos medievais portugueses (Séculos XIII e XIV), por Tiago Asseiceira Moita (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa).

     O programa prossegue dia 27, a partir das 14h30, com intervenções sobre as “Relações entre judeus e cristãos na Idade Média, por Isabel Cristina Fernandes, e Judaísmo e Arquitetura, por José da Conceição Afonso. Os trabalhos vão decorrer na Câmara Municipal da Guarda, Sala “Almeida Santos”.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:27

Sara Tavares no TMG

por Correio da Guarda, em 24.11.15

 

SARA_TAVARES.jpg

      Sara Tavares vai atuar no Teatro Municipal da Guarda, no próximo dia 27 de Novembro, no âmbito do programa comemorativo do feriado municipal da Guarda que assinala o 816º aniversário da atribuição do foral à Guarda, por D. Sancho I.

     O espetáculo tem lugar no Grande Auditório, a partir 21h30. «O que poderemos esperar deste espetáculo? Muita intimidade, muitas emoções e muita partilha do palco para o público e do público para o palco. Todos os espetáculos são diferentes… e todos os espetáculos são iguais na sensação que trazemos para casa depois de assistir; como já ouvimos dizer "é como sair de alma e barriga cheias"», garante a produção do espetáculo.

    Sara Tavares assume-se definitivamente como uma das cantoras e compositoras que mais importa ouvir na Lisboa mulata do século XXI. A artista foi nomeada para os prestigiados prémios "World Music" da BBC Radio 3 e tem somado distinções desde o início da carreira.

    É das poucas artistas portuguesas que não cantam fado a conquistar os palcos internacionais. A música de Sara Tavares faz uma síntese de várias coordenadas geográficas, fruto de um processo e de uma vivência que a artista foi aprofundando ao longo da sua carreira de 20 anos e dos seus quatro discos a solo: Mi Ma Bô (1999), Balancê (2005), Alive in Lisboa (2008) e Xinti (2009).

    Fonte: CMG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:20

Parque Urbano do Rio Diz

por Correio da Guarda, em 07.06.14

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:58

O Fascismo dos Bons Homens

por Correio da Guarda, em 23.04.14

 

     “O Fascismo dos Bons Homens” é a produção do Trigo Limpo Teatro ACERT (baseada no romance “a máquina de fazer espanhóis” de Valter Hugo Mãe) que o Teatro Municipal da Guarda apresenta no Pequeno Auditório no dia 30 de Abril, pelas 21h30.

     Este espectáculo tem encenação de Pompeu José e interpretação de António Rebelo, Hugo Gonzalez, João Silva, Pedro Sousa, Pompeu José, Raquel Costa, Sandra Santos.

     Nas palavras do encenador, explicando esta produção do Trigo Limpo – Teatro ACERT, «as personagens saíram das páginas do livro e procuraram o palco, como nova morada. “O Fascismo dos Bons Homens” é um espetáculo conduzido por um romance que cruelmente comove, satiriza e, sobretudo, revela o envelhecimento de todos aqueles que, proveitosa e dignamente, não abdicam de nos fazer refletir sobre as suas lembranças que, no final de contas, se mantêm arreigadas no lar “Para Todas as Idades” que habita indiscriminadamente em cada um de nós».

    Esta é uma atividade que integra as Comemorações dos 40 anos do 25 de Abril promovidas pelo TMG promove durante o corrente mês.

    (fonte: TMG)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:57

Sopro Vital na Guarda

por Correio da Guarda, em 02.11.12

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:10


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +


Referenciar citações

Protected by Copyscape Website Copyright Protection




Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: