Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Cibersegurança na Guarda

por Correio da Guarda, em 22.11.17

 

     No Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai decorrer no próximo dia 29 de Novembro um seminário internacional subordinado ao tema “Cibersegurança: do que nos devemos proteger”. Trata-se de uma iniciativa do Comando Territorial da Guarda da GNR em parceria com o IPG.

    Como foi referido na conferência de imprensa, realizada na segunda-feira, para apresentação deste Seminário, “as ameaças digitais afetam hoje toda a sociedade e a cada segundo são muitos os ataques que acontecem à escala mundial e que têm como alvo as mais diversas infraestruturas e plataformas” e, por outro lado, “cada vez mais os ataques são polifórmicos, altamente mutáveis e facilmente os atacantes conseguem controlar o ataque remotamente. Nesse sentido é importante estar consciente das ameaças e perigos digitais, de modo a implementar mecanismos de proteção e saber agir em momentos mais críticos”.

    Assim, como foi explicado, este Seminário pretende sensibilizar a comunidade para as medidas de proteção adequadas, em cada situação.

Carlos Pimentel (GNR) irá abordar a realidade portuguesa ao nível da cibersegurança assim como a exploração do ciberespaço como meio para a criminalidade. Serão ainda apresentadas algumas ações desenvolvidas pela GNR na divulgação de auto medidas de proteção e no apoio às boas práticas de utilização da Internet;

    Por seu turno, Luis Elneser Montesinos (Guardia Civil, Espanha) apresentará a realidade espanhola no que diz respeito ao crime digital perspetivando a visão do futuro nesta área.

    O conferencista do IPG, Pedro Pinto, irá falar das principais ameaças digitais, preocupações e mecanismos de mitigação no ciberespaço; serão ainda demonstradas algumas ameaças atuais e abordados alguns mecanismos de proteção.

    Este Seminário decorrerá no Auditório dos Serviços Centrais do IPG, a partir das 9h30, sendo aberto à comunidade.

Cibersegurança.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

Cunha Rasteiro é o novo Comandante da GNR

por Correio da Guarda, em 22.06.17

 

 

Cunha Rasteiro HS.jpg

     O coronel Luís Cunha Rasteiro vai ser, a partir de amanhã, o comandante do Comando Territorial da Guarda da GNR.

     A cerimónia que assinalará a entrada em funções do novo comandante ocorrerá, no quartel da GNR da Guarda, pelas 10h30.

    Natural do Sabugal, e licenciado em Ciências da Comunicação, Cunha Rasteiro ingressou em 1990 no quadro permanente de oficiais da Guarda Nacional Republicana, tendo, desde então, desempenhado diversas funções, nomeadamente Comandante do Destacamento Territorial de Vilar Formoso; Comandante do Destacamento Territorial de Gouveia; Chefe da Secção de Investigação Criminal do Grupo Territorial da Guarda; Comandante do Grupo Territorial da Guarda; Chefe da Secção Operações, Treino e Relações Públicas do Comando Territorial da Guarda e Segundo Comandante do Comando Territorial da Guarda.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:20

Livro sobre GNR da Guarda

por Correio da Guarda, em 01.07.15

GNR.jpg

      O Comando Territorial da GNR da Guarda vai apresentar amanhã, nesta cidade, um livro evocativo do primeiro centenário da instalação desta força policial no distrito.

     Esta obra será apresentada a partir das 17 horas, no Paço da Cultura da Guarda, e pretende testemunhar, como foi adiantado, “através de imagens e textos”, os últimos cem anos da GNR no distrito da Guarda.

    Recorde-se que no passado dia 30 de Novembro de 2014 foi recriada, na Guarda, a chegada dos primeiros elementos da GNR à cidade, ocorrida há cem anos. O espetáculo, encenado, contou com um pelotão fardado à época que, transportado numa composição ferroviária, deu entrada da estação da CP da Guarda poucos minutos depois das 14 horas.

    Nessa evocação histórica, os elementos da GNR foram recebidos pelas entidades oficiais de então (Presidente da Comissão Executiva Municipal, Governador Civil do Distrito); dezenas de figurantes animaram esta recriação do momento festivo que a cidade viveu aquando da chegada da Guarda Republicana, em 2 de Dezembro de 1914.

   A conceção/coordenação do espetáculo (organizado pelo Comando Territorial da Guarda da GNR e com o apoio da Câmara Municipal) e a direção de atores esteve a cargo de Américo Rodrigues. A ligação das intervenções e a descrição dos momentos desta recriação histórica foi feita pelo personagem que interpretava o papel de um jornalista de “O Combate”, período republicano que foi editado na Guarda, dirigido por José Augusto de Castro.

   Na ocasião foi também distribuído “O Paladino”, uma publicação feita para esta iniciativa.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

GNR: recriação histórica na Guarda

por Correio da Guarda, em 18.11.14

GNR - Cerimónia.jpg

     O Comando Territorial da GNR da Guarda anunciou ontem que vai comemorar o centenário da chegada dos primeiros elementos à cidade com uma recriação histórica a realizar no dia 30 na estação dos caminhos-de-ferro.

     A primeira companhia da Guarda Nacional Republicana (GNR) que chegou à cidade da Guarda, no dia 2 dezembro de 1914, de comboio, era composta por cerca de 100 elementos, segundo o comandante do Comando Territorial da GNR da Guarda, tenente-coronel José Gomes.

     O responsável anunciou, em conferência de imprensa, que a efeméride será assinalada a um domingo, dia 30 de novembro, com a recriação teatral e com uma cerimónia militar.

     A iniciativa será realizada pelas 14h30, na estação do caminho-de-ferro local, seguindo-se a cerimónia militar evocativa, no parque urbano do Rio Diz, na Guarda-Gare.

     A recriação teatral, que vai ser realizada com a colaboração da Câmara Municipal da Guarda, da REFER e da CP, envolverá um pelotão da GNR, fardado à época (composto por um oficial, três sargentos e 16 guardas) e cerca de 40 figurantes e atores locais.

     “Os militares chegam à estação [de comboio], irão descer e ser recebidos pelas entidades da época [presidente da câmara e Governador Civil]“, adiantou José Gomes.

     O responsável assegura que os cidadãos da Guarda irão assistir, naquele dia, a “uma coisa muito bonita”, que ficará “na memória das pessoas”.

 

     Fonte: Beira.pt

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:10


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +


Referenciar citações

Protected by Copyscape Website Copyright Protection




Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: