Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Cântico Negro na BMEL

por Correio da Guarda, em 14.12.15

 

     O exercício final de uma oficina que decorreu, nas últimas semanas no Estabelecimento Prisional da Guarda, vai ser apresentado, no próximo dia 16 de Dezembro, na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço.

    A partir do poema de José Régio “Cântico Negro” sete reclusos do Estabelecimento Prisional da Guarda vão apresentar (a partir das 16h) “em voz alta” o poema, numa abordagem que valoriza os aspetos sonoros do texto.

    A oficina tem tido orientação Américo Rodrigues e introdução por Fernando Carmino Marques.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:05

André Gago no TMG

por Correio da Guarda, em 11.10.13

 

 

       O Guardador de rebanhos [um secreto teatro]”, vigésima produção do Projéc~ é a peça a que pode assistir hoje e amanhã,  no Teatro Municipal da Guarda.

     Trata-se de uma encenação de Fernando Marques a partir do texto de Alberto Caeiro com a interpretação do actor André Gago.

     A peça está em cena até amanhã,  dia 12 (sábado), com sessões no Pequeno Auditório às 21h30.

     Sobre o espectáculo, o encenador referiu que aquilo que "o surpreende (…) é o fascínio que sobre o leitor atual exerce este longo monólogo de um “homem” que procura “não pensar-se como homem, mas sentir-se como ser”. Numa definição que parte dos elementos da natureza para nos revelar que o mundo que julgamos construir pelas palavras nos afasta irremediavelmente da essência das coisas aconselha-nos “a despir a natureza do disfarce antropomórfico com que a vestimos” e a abandonarmos toda a retórica, todas as metáforas, toda a pressuposta subtileza que mais não é que uma elaboração do espírito para a si mesmo se justificar. Mas, ao desfazer-se das palavras o poeta condena-se ao silêncio definitivo, e talvez seja por isso que Alberto Caeiro decidiu morrer cedo. (…)»

     Como encenador, Fernando Marques dirigiu grupos de teatro universitário em Paris e Versailles. Foi director do Grupo de Teatro do Odeon, companhia profissional constituída por actores luso-descendentes. Encenou obras de Gil Vicente, F. Garcia Lorca, Molière, Goldoni, Shakespeare, Fiama Hasse Pais Brandão, Yvete K. Centeno, Luís de Sttau Monteiro, F. Ramuz, Harold Pinter e José Régio. É doutorado Doutorado em Letras pela Universidade de Paris – Sorbonne e professor no Instituto Politécnico da Guarda.

    Este monólogo é interpretado por André Gago, actor, encenador, professor e autor.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:20

Guardador de rebanhos em estreia no TMG

por Correio da Guarda, em 09.10.13

 

     “O Guardador de rebanhos [um secreto teatro]”, vigésima produção do Projéc~ , estreia amanhã, 10 de Outubro, no Teatro Municipal da Guarda.

     Trata-se de uma encenação de Fernando Marques a partir do texto de Alberto Caeiro com a interpretação do actor André Gago.

     A peça ficará em cena até dia 12 (sábado) com sessões no Pequeno Auditório às 21h30. Está também prevista uma sessão aberta às escolas marcada para sexta, dia 11, às 14h30.

     Sobre o espectáculo, o encenador referiu que aquilo que "o surpreende (…) é o fascínio que sobre o leitor atual exerce este longo monólogo de um “homem” que procura “não pensar-se como homem, mas sentir-se como ser”. Numa definição que parte dos elementos da natureza para nos revelar que o mundo que julgamos construir pelas palavras nos afasta irremediavelmente da essência das coisas aconselha-nos “a despir a natureza do disfarce antropomórfico com que a vestimos” e a abandonarmos toda a retórica, todas as metáforas, toda a pressuposta subtileza que mais não é que uma elaboração do espírito para a si mesmo se justificar. Mas, ao desfazer-se das palavras o poeta condena-se ao silêncio definitivo, e talvez seja por isso que Alberto Caeiro decidiu morrer cedo. (…)»

     Como encenador, Fernando Marques dirigiu grupos de teatro universitário em Paris e Versailles. Foi director do Grupo de Teatro do Odeon, companhia profissional constituída por actores luso-descendentes. Encenou obras de Gil Vicente, F. Garcia Lorca, Molière, Goldoni, Shakespeare, Fiama Hasse Pais Brandão, Yvete K. Centeno, Luís de Sttau Monteiro, F. Ramuz, Harold Pinter e José Régio. É doutorado Doutorado em Letras pela Universidade de Paris – Sorbonne e professor no Instituto Politécnico da Guarda.

    Este monólogo é interpretado por André Gago, actor, encenador, professor e autor.

 

    Em 2004 criou o Teatro Instável, onde encenou e actuou em “A Gargalhada de Yorick”, “Hamlet, Heterónimos, Pessoas...”, “Noite Antiquíssima”, “Acerca de Música” e “Hamlet”. A Commedia dell'Arte e a sua paixão pela máscara levaram-no a estagiar com Ferrucio Soleri, no Piccolo Teatro di Milano.  Adaptou Jorge de Sena e Aquilino Ribeiro para o palco, e traduziu e encenou “A Orquestra”, de Jean Anouihl, e “Hamlet”, de William Shakespeare. Com o conto “O Circo da Lua” ganhou o prémio Revelação da Associação Portuguesa de Escritores, a partir do qual criou o espectáculo de Novo Circo “Lua!”. Em 2010, publica o seu primeiro romance, "Rio Homem". Este é o seu segundo trabalho com Fernando Marques e com o Projéc~, a estrutura de produção teatral do TMG [em 2010, protagonizou “The Dumb Waiter”, de Harold Pinter].

 

fonte: TMG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:00


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +


Referenciar citações

Protected by Copyscape Website Copyright Protection




Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: