Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Rui de Pina em destaque na BMEL

por Correio da Guarda, em 05.04.22
 
 
Na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço (BMEL), Guarda, está patente até ao próximo dia 19 de abril a exposição “16 bibliotecas, 16 autores”.
Trata-se de uma exposição produzida pela rede de bibliotecas e promovida pela Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE) com o objetivo divulgar a obra destes autores, os lugares onde nasceram, viveram e a influência que tiveram na sua obra.
 Na Guarda, o autor de destaque é Rui de Pina.

Exposição  -.jpg Foto: CMG/BMEL

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:25

Biblioteca Eduardo Lourenço

por Correio da Guarda, em 21.03.22

capaAgendaBmel.jpg

A Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço (BMEL), na Guarda,  tem em agenda nos meses de março e abril uma programação variada e dirigida a diferentes públicos e idades.

No que diz respeito a exposições, a primeira delas está patente na BMEL entre 5 e 19 de abril, numa organização da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela. '16 bibliotecas, 16 autores' da Rede de Bibliotecas destaca na Guarda o autor Rui de Pina.

Segue-se, entre 20 de abril e 11 de junho, 'Abril Vinil', uma mostra inédita de Capas de discos editados no período pós 25 de abril. Trata-se de uma exposição coorganizada em parceria da BMEL com o Museu da Imprensa.

Entre 23 de abril e 31 de maio, o Centro de Estudos Ibéricos (CEI), no âmbito do V Encontro "Imagem e Território: Fotografia sem Fronteiras", promove a exposição sobre 'O mais comprido Museu do Mundo' – a Estrada Nacional 2; no âmbito desta mostra está também marcado um debate para o dia 23 de abril, pelas 11h00.

No Dia Mundial do Livro, a assinalar a 23 de abril, a equipa da BMEL, sublinha a data com a oficina 'Hospital dos livros', onde pretende ensinar aos mais novos como cuidar dos livros 'doentes' para que possam voltar a ter uma 'vida normal'.

Ainda em abril, dia 23,  e no âmbito do V Encontro Imagem e Território: Fotografia sem Fronteiras, promovido pelo Centro de Estudos Ibéricos, realiza-se o lançamento do livro "Imagem & Território Textos de fronteira", de Jorge Gaspar.

 

Fonte: BMEL/CMG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:29

Programação da BMEL

por Correio da Guarda, em 03.11.21

 

A Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço divulgou a sua programação para os dois últimos meses do ano. Como deu a conhecer, a programação oferece aos seus utilizadores “atividades que vão desde a apresentação de livros a teatro e música, exposições, workshops, conferências e leitura encenada”

Na BMEL vai ter lugar a apresentação de alguns livros, a primeira das quais (“Homílias de um Pároco de Aldeia”, do Pe. João Carrola) ocorreu hoje, dia 3 de novembro.

“O Último Duque”, de Carlos Carvalheira será apresentado no dia 5, às 18h00; “As Estradas são para Ir”, um livro de poemas de Márcia, dia 13, pelas 16h00; o Nº 28 da “Revista Nova Águia”, uma recriação do “espírito” de uma das mais importantes revistas do início do século XX em Portugal, adaptado ao século XXI, vai ser apresentado a 19 de novembro às 18h00. Trata-se de um número dedicado a Eça de Queiroz e Manuel Ferreira Patrício.

capadeznov21.jpg

“Pensar o Interior” da economista da Guarda Dulcineia Catarina Moura será apresentado dia 20, às 16h00; a obra de poesia “Corpo Irrepetível” de Maria Afonso inicia a programação de dezembro, no dia 4 às 16h00; por último, “No País do Silêncio”, romance estreia de Rita Cruz, encerra a apresentação de livros, este ano, na BMEL, a 18 de dezembro às 16h00.

Na programação há ainda a destacar a conferência de encerramento do Ciclo de Conferências Internacionais “A Europa dos Escritores” 2021, por Isabel Pires de Lima.

Com esta comunicação intitulada de “Das Europas: de Agostina Bessa-Luís e Mário Cláudio”, Isabel Pires de Lima procura “refletir nos modos como se processam as diversas representações da Europa” nas obras destes dois autores portugueses. O Ciclo a Europa dos Escritores é uma organização conjunta do Município da Guarda e do CLEPUL – Universidade de Lisboa, com coordenação científica de Jorge Maximino.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55

"Abeirar" a rocha na cidade mais alta

por Correio da Guarda, em 08.10.21

 

Na Guarda vai decorrer no próximo dia 16 de outubro, a partir das 9h30, mais uma atividade do ciclo de eventos “Abeirar” que, desde a Primavera, está a percorrer os 15 concelhos da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE). Esta iniciativa é desenvolvida está a ser desenvolvida numa sequência de três temporadas, cada uma dedicada a um tema central para este território: água, céu e rocha.

abeirarout.jpg

À Guarda, através da Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço (BMEL), foi atribuído o tema “A Rocha”, desenvolvendo-se o projeto da BMEL ao longo de um percurso que se iniciará na Torre de Menagem a partir da qual será percorrida, em observação, a sua envolvente “e entender que fenómenos naturais estiveram na origem da ocupação humana através dos diferentes aspetos geológicos e geomorfológicos, históricos e literários.

“Este Roteiro – como foi referido pela Organização – pretende introduzir pela primeira vez, de forma simples e acessível a todos, uma primeira abordagem da Grande História da Guarda, contando acontecimentos importantes, muito antes da existência da Humanidade e até dos Dinossauros no Planeta que explicam a razão da Guarda estar onde está e ser como é. O percurso culminará no cemitério local, onde se irão identificar e compreender as diferentes rochas utilizadas na construção dos jazigos. Serão também homenageados poetas e escritores e abordada a história recente da cidade. Durante a caminhada seremos sempre inspirados por excertos literários de autores locais, pela observação e explicação da envolvente geológica do percurso e pela interpretação histórica dos espaços a percorrer.”

O roteiro será orientado  por Anabela Matias, Dulce Helena Borges e Elsa Salzedas, tendo um número limitado de inscrições.

De referir que o ciclo “Abeirar” é um “convite à curiosidade, à exploração e à descoberta dos recursos do território das Beiras e Serra da Estrela. É um trilhar pelo território, no cruzamento entre a literatura e a ciência. É um apelo à participação conjunta de cidadãos/ãs, artistas e cientistas, pela construção de conhecimento e pela preservação e valorização do território com o objetivo de transformar cada cidadão em embaixador e promotor de um bem comum, que é o território.”

 

Fonte: CMG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00

Ciclo "A Europa dos Escritores" na BMEL

por Correio da Guarda, em 04.10.21

 

A Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço (BMEL), Guarda, vai promover na próxima sexta-feira, 8 de outubro, pelas 18h, uma conferência intitulada "Ciência, poesia e política: uma improvável auto-biografia', por Boaventura de Sousa Santos.

Esta conferência, que será transmitida via streaming, integra o Ciclo de Conferências Internacionais 'A Europa dos Escritores', que a BMEL tem vindo a organizar em parceria com o CLEPUL – Universidade de Lisboa, nos dois últimos anos.

boaventura sousa santos.jpg

Doutorado pela Universidade de Yale, Boaventura de Sousa Santos, é Professor Catedrático Jubilado da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, Distinguished Legal Scholar da Universidade de Wisconsin-Madison (EUA) e Diretor Emérito do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.

Autor reconhecido e premiado em diversas partes do mundo, tem escrito e publicado extensivamente nas áreas de sociologia do direito, sociologia política, epistemologia e estudos pós-coloniais, sobre movimentos sociais, globalização, democracia participativa. 

O Ciclo de Conferências Internacionais 'A Europa dos Escritores' tem a coordenação científica de Jorge Maximino.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:26

Américo Rodrigues tem novo livro de poesia

por Correio da Guarda, em 19.04.21

 

Américo Rodrigues tem editado um novo livro de poesia, intitulado “desmoronamento”, com a chancela das Edições Sr. Teste.

Esta obra, que reúne poemas recentes do autor, inclui desenhos de Maria Lino. De referir que foi feita também uma edição especial do livro que inclui, em cada exemplar, um desenho original da pintora e escultora.

Novo Livro de Américo Rodrigues.jpg

A coletânea de poemas de Américo Rodrigues integra-se na coleção “Fulgor Quotidiano”, em que estão representados autores como Kafka, Artaud, Hannah Arendt, Octavio Paz, Walter Benjamin, Bataille, Michaux, entre outros. Américo Rodrigues é o primeiro poeta vivo editado por aquela editora, que acaba também de lançar um livro de E.M. de Melo Castro, de quem o autor guardense era admirador.

Livros -.jpg

Face aos condicionalismos resultantes da atual pandemia a apresentação será feita no decorrer de uma conversa através da plataforma digital Zoom, hoje a partir das 19h30, com a participação dos editores, Américo Rodrigues, Eugénia Melo e Castro e Rui Torres.

Américo Rodrigues, atual diretor-geral das Artes, nasceu em 1961, tendo sido diretor do Teatro Municipal da Guarda (2005-2013) e coordenador da Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço (2005-2018)

Américo Rodrigues - Foto Correio da Guarda .jpg

Actor, poeta sonoro e performer, Américo Rodrigues é autor de várias obras de poesia, crónica, teatro e literatura para crianças. “Na nuca”(1982), ”Lá fora: o segredo” (1986) “A estreia de outro gesto” (1989), “Património de afectos” (1995), “Vir ao nascedoiro e outras histórias (1996), “Instante exacto” (1997), “Despertar do funâmbulo” (2000), “O mundo dos outros”(2000), ”Até o anjo é da Guarda” (2000),“Panfleto contra a Guarda” (2002), “Uma pedra na mão” (2002), “Obra  completa – revista e aumentada” (2002), “O mal – a incrível estória do homem-macaco-português” (2003), “A tremenda importância do kazoo na evolução da consciência humana” (2003), ”Escatologia” (2003), “Os nomes da terra” (2003), “A fábrica de sais de rádio do Barracão (2005),  “Aorta Tocante” (2005), “O céu da boca” (2008),  “Escrevo-Risco” (2009) e “Cicatriz:ando” (2009) são alguns dos seus trabalhos. O seu último livro de poesia publicado foi "Arquivo Morto" (2017).

Coordenou os cadernos de poesia “Aquilo”, do boletim/revista “Oppidana”, foi co-diretor da revista “Boca de Incêndio”, coordenador da revista cultural “Praça Velha” e da coleção de cadernos “O fio da memória”. Fundou o Teatro Aquilo e também o Projéc~.

Colunista de vários jornais, recebeu o Prémio Gazeta de Jornalismo Regional e também o Prémio Nacional de Jornalismo Regional.

Em 2010 recebeu a medalha de mérito cultural atribuída pelo Ministério da Cultura.

Foi animador cultural na Casa de Cultura da Juventude da Guarda/FAOJ (desde 1979 até 1989) e na Câmara Municipal da Guarda (desde 1989), onde coordenou o Núcleo de Animação Cultural.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

Apresentação de livros

por Correio da Guarda, em 31.10.20

 

A Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço BMEL), na Guarda, tem agendada para os meses de novembro e dezembro a apresentação de sete livros, com a presença dos seus autores.

Assim,  o livro “Neste sonho que sou de mim”, de Fernando Carmino Marques, será apresentado no próximo dia 11 de novembro (18h00); “A Ira do Pelicano”, de Carlos Carvalheira, no dia 13 de novembro (18h30); “Escola Secundária Afonso de Albuquerque - 50 anos na Mata Municipal”, de vários autores, no dia 19 de novembro (18h00); “O bisavô”, de Maria João Lopo de Carvalho, no dia 28 de novembro (16h00); “O verso do sofrimento”, de Kevin Fernandes, dia 4 de dezembro (18h00); “O avô tem uma borracha na cabeça”, de Rui Zink, no dia 11 de dezembro (18h00) e, por fim, “O guarda chuva mágico”, de Ana Isabel Martins “, no dia 12 de dezembro (16h00).

O Bisavô - Romance - foto Helder Sequeira.jpg

 

Há ainda a destacar na programação da BMEL a conferência “Cine, música y mito en las poetas de la otra sentimentalidade”, pela investigadora e ensaísta, María Payeras Grau,  a ter lugra no dia 20 de novembro, às 18h00. Uma iniciativa que integra o Ciclo de Conferências Internacionais “A Europa dos Escritores” iniciado em 2019.

A  programação da BMEL oferece à comunidade diversificadas propostas culturais à volta do livro e da leitura, nomeadamente exposições, instalações, contos, visitas guiadas, oficinas, dança e leituras encenadas. Nesse contexto, a agenda da Biblioteca tem início com uma sessão de poesia baseada nos poemas de Manuel António Pina, intitulada de “Voz Alta”, por Alexandre Gonçalves, dia 5 de novembro, às 18h00. Uma atividade que resulta de uma parceria CMG/BMEL e CFAD, no âmbito da literacia.

No dia 21 de novembro a BMEL proporciona mais uma tarde de sábado às famílias com crianças dos 3 aos 12 anos, com o conto e oficina “Coração Contador” e “Conta Tu! Oficina de imaginação e expressão”, por Rita Sineiro. A atividade tem início às 15h30, sendo o seu objetivo exercitar a imaginação e a expressão oral ou escrita, trabalhando ao mesmo tempo a confiança da criança na sua faceta criativa.

Em dezembro há ainda lugar para mais duas sessões da iniciativa dirigida às famílias, “Em família…na biblioteca”. São elas: um espetáculo de dança-teatro “Corpo-Mapa-Livro”, por Marina Nabais, que parte do livro enquanto objeto específico e como indutor de experiências transformadoras do corpo, dia 5, às 15h30 e o espetáculo de leitura encenada “Viagem de Natal”, por Estórias com Asas no dia 19 de dezembro, também às 15h30. Ambos os espetáculos carecem de inscrição prévia.

 

Fonte: CMG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:12

"Caminho" na Guarda

por Correio da Guarda, em 09.09.20

Rede Artéria.jpg

No anfiteatro da Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, na Guarda, vai ser apresentado no próximo dia 12 de setembro, sábado, o espetáculo "Caminho", da coreógrafa Filipa Francisco. Trata-se de uma iniciativa da Rede Artéria e da Câmara da Guarda, através do seu Teatro Municipal.

Neste espetáculo-encontro cruzam-se "memórias e narrativas, teatro e música, palavras e máscaras, baile e entrudo, passado e futuro.  O acesso é gratuito, podendo os bilhetes ser levantados no local, uma hora antes do início (18h30).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:04

Linha da Beira Alta: o regresso ao passado

por Correio da Guarda, em 17.07.19

 

     No próximo dia 25 de julho vai ser apresentada na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço a   obra “Linha da Beira Alta - Viagem Inaugural".
    A construção da linha da beira alta foi um marco histórico para os portugueses, mas principalmente para os beirões.

    Bronislaw Wolowski acompanhou o percurso inaugural desta linha de caminho de ferro e deixou o interessante relato que agora é apresentado, através da tradução feita por Vitor Nabais.

    A apresentação desta obra terá lugar pelas 17 horas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:05

Talk Media Veritas na Guarda

por Correio da Guarda, em 10.07.19

 

    Na Guarda vai decorrer amanhã, a partir das 14h30, a ação “Talk Media Veritas”, centrada sobre a luta contra a iliteracia mediática, manipulação jornalística e desinformação.

    Trata-se de uma iniciativa da Associação Portuguesa de Imprensa (API) em parceria com o semanário “A Guarda” que terá lugar na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, com intervenções de João Palmeiro, Paulo Pena e Hélder Sequeira.

   O Media Veritas é um programa de combate à iliteracia mediática, contra a manipulação jornalística e a desinformação promovido pela APImprensa - Associação Portuguesa de Imprensa em parceria com o Google.org e financiado pela Fundação Tides (uma entidade filantrópica norte americana).

  Refira-se que este programa tem por finalidade, “no âmbito nacional, a Literacia dos Media junto das comunidades mais vulneráveis ao longo de dois eixos (adolescentes e jovens e seniores) mas assegurando também uma base para garantir a sua continuidade.”

  Através do Media Veritas, e segundo a APImprensa, pretende-se “contribuir para uma sociedade mais livre, informada e democrática; dotar os mais vulneráveis consumidores de informação, designadamente os adolescentes/jovens e seniores, a nível local e regional, de ferramentas que os habilitem a estar melhor informados e assim garantir a construção de um país mais justo e equilibrado; promover o desenvolvimento do pensamento crítico e do uso de fontes de informação credíveis e apoiar os órgãos de comunicação social, contribuindo para garantir a fiabilidade dos respetivos conteúdos.”

Literacia dos Media .jpg

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D

Contacto:

correio.da.guarda@gmail.com