Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Desenvolvimento de aplicações dermobiotecnológicas

por Correio da Guarda, em 30.07.17

 

      O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) obteve, recentemente, a aprovação e financiamento dos seis projetos submetidos ao Sistema de Apoio à Investigação Científica e Tecnológica (SAICT) dos quais é líder. O IPG obteve o pleno de candidaturas que a instituição se podia submeter e assegurou a participação em mais nove projetos com instituições de Ensino Politécnico congéneres. Uma das candidaturas aprovadas relaciona-se com o projeto “Desenvolvimento de aplicações dermobiotecnológicas com base nos Recursos Naturais da Região das Beiras e Serra da Estrela (DermoBio)”.

     A biotecnologia aplicada aos recursos naturais ganhou uma importância considerável nas últimas décadas, devido ao seu grande potencial para desenvolver produtos com aplicação na indústria alimentar, farmacêutica e cosmética. A principal vantagem de trabalhar com compostos naturais é a possibilidade da sua extração/purificação usando técnicas de “química verde”, para além de ser possível o screening de novos compostos/espécies menos estudadas com um enorme potencial biotecnológico e que irão responder e satisfazer os elevados requisitos da indústria contribuindo para o desenvolvimento sustentável do território.

     O interesse científico da Beira Interior advém do seu potencial de exploração para o desenvolvimento de novos produtos assente no conceito territorial de natureza, nomeadamente o uso de águas termais e óleos essenciais.

DermoBIO - projeto IPG.jpg

      Tendo por base as suas propriedades físico-químicas, a água termal do Cró tem diferentes indicações terapêuticas, nomeadamente em dermatologia, aprovadas pela Direção Geral de Saúde, a sua veiculação em formulações dermocosméticas recorrendo a micro e/ou nanotransportadores para promover a permeação através da pele é proposta como uma das mais relevantes ferramentas de inovação do sector com o desenvolvimento de produtos novos e competitivos de turismo termal.

    Por outro lado, o uso de compostos naturais (óleos essenciais) no desenvolvimento de novas formulações dermocosméticas tem sido referida como uma das mais interessantes apostas do setor quando consideradas as suas atividades biológicas extensamente descritas.

     Assim, serão destacadas as aplicações das águas termais e dos óleos essenciais característicos da região, em particular no campo do desenvolvimento de sistemas inovadores em cosmética e entrega direcionada de moléculas bioativas, após uma caracterização e avaliação da sua eficácia e segurança.

    Para André Araújo Pereira, investigador responsável do projeto, o seu desenvolvimento “permitirá explorar dois recursos endógenos da região da Beira Interior (água termal das Termas do Cró e os óleos essenciais produzidos pela empresa Planalto Dourado) para o desenvolvimento de produtos cosméticos, que poderão constituir produtos regionais, únicos e diferenciados, de impacto relevante nos mercados de saúde e de bem-estar”.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:22


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +


Referenciar citações

Protected by Copyscape Website Copyright Protection