Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


"Abeirar" a rocha na cidade mais alta

por Correio da Guarda, em 08.10.21

 

Na Guarda vai decorrer no próximo dia 16 de outubro, a partir das 9h30, mais uma atividade do ciclo de eventos “Abeirar” que, desde a Primavera, está a percorrer os 15 concelhos da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIMBSE). Esta iniciativa é desenvolvida está a ser desenvolvida numa sequência de três temporadas, cada uma dedicada a um tema central para este território: água, céu e rocha.

abeirarout.jpg

À Guarda, através da Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço (BMEL), foi atribuído o tema “A Rocha”, desenvolvendo-se o projeto da BMEL ao longo de um percurso que se iniciará na Torre de Menagem a partir da qual será percorrida, em observação, a sua envolvente “e entender que fenómenos naturais estiveram na origem da ocupação humana através dos diferentes aspetos geológicos e geomorfológicos, históricos e literários.

“Este Roteiro – como foi referido pela Organização – pretende introduzir pela primeira vez, de forma simples e acessível a todos, uma primeira abordagem da Grande História da Guarda, contando acontecimentos importantes, muito antes da existência da Humanidade e até dos Dinossauros no Planeta que explicam a razão da Guarda estar onde está e ser como é. O percurso culminará no cemitério local, onde se irão identificar e compreender as diferentes rochas utilizadas na construção dos jazigos. Serão também homenageados poetas e escritores e abordada a história recente da cidade. Durante a caminhada seremos sempre inspirados por excertos literários de autores locais, pela observação e explicação da envolvente geológica do percurso e pela interpretação histórica dos espaços a percorrer.”

O roteiro será orientado  por Anabela Matias, Dulce Helena Borges e Elsa Salzedas, tendo um número limitado de inscrições.

De referir que o ciclo “Abeirar” é um “convite à curiosidade, à exploração e à descoberta dos recursos do território das Beiras e Serra da Estrela. É um trilhar pelo território, no cruzamento entre a literatura e a ciência. É um apelo à participação conjunta de cidadãos/ãs, artistas e cientistas, pela construção de conhecimento e pela preservação e valorização do território com o objetivo de transformar cada cidadão em embaixador e promotor de um bem comum, que é o território.”

 

Fonte: CMG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00

Evitar mergulhos perigosos

por Correio da Guarda, em 22.06.21

 

A Sociedade Portuguesa de Patologia da Coluna Vertebral (SPPCV) vai promover uma campanha de consciencialização para a prevenção das lesões da coluna, causadas por mergulhos em praias e piscinas, junto das crianças e dos jovens adolescentes.

“Com esta iniciativa queremos alertar os mais jovens para os riscos que correm quando dão mergulhos, tanto nas piscinas como nas praias, em águas pouco profundas, e que podem provocar lesões permanentes na coluna”, explica o ortopedista Nuno Neves, presidente da SPPCV.  “Há saltos que podem mudar a tua vida. Protege a tua coluna!” é o mote desta campanha que vai estar disponível nas redes sociais, durante a época balnear deste ano.

Imagem1.jpg

As lesões na coluna derivadas de mergulhos ocorrem geralmente quando a cabeça bate no solo ou numa rocha. Além da baixa profundidade do local ou dos comportamentos de risco, estes acidentes podem estar relacionados com uma postura incorreta durante a execução do mergulho. Para prevenir as lesões na coluna recomenda-se que verifique sempre a profundidade da água antes de mergulhar e mantenha-se sempre dentro da zona supervisionada. Deve evitar-se mergulhar sob o efeito de bebidas alcoólicas.

Os sinais e sintomas de lesão na coluna incluem: dor no local lesionado eventualmente com irradiação aos membros superiores, náuseas, cefaleias ou tonturas, fraqueza ou incapacidade em mover os braços ou pernas; formigueiro ou dormência nos membros e na área abaixo da lesão, estado de consciência alterado, dificuldades respiratórias, perda do controle da bexiga ou do intestino...

 Se presenciar um acidente e suspeitar de uma lesão da coluna deve contactar de imediato o 112 e chamar uma ambulância. Não deve mover a pessoa, uma vez que qualquer movimento numa coluna já danificada pode causar danos permanentes.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:32

Valorização do Rio Alva

por Correio da Guarda, em 17.05.17

 

     A Câmara Municipal de Seia e os municípios de Arganil, Gouveia, Oliveira do Hospital, Penacova, Tábua e Vila Nova de Poiares assinaram ontem, em São Pedro do Alva, o compromisso para a valorização do rio Alva.

     O  documento subscreve um interesse comum assente na ativação do potencial endógeno dos territórios atravessados pelo rio Alva, no sentido da criação de um produto turístico compósito.

    Para as referidas autarquias, esta é uma forma de conservar e salvaguardar os recursos naturais, mas essencialmente de valorizar e promover de forma integrada os produtos turísticos implementados no território, como as praias fluviais, mas também os caminhos pedestres e cicláveis e outros recursos naturais diversos que atravessam, cruzam, interpretam, marcam e valorizam toda a paisagem, cujas potencialidades passam pelo desfrute da natureza ou até mesmo pelo desafio para a prática de atividades ao ar livre e de desportos de aventura. 
    Promover, valorizar e inovar de acordo com as potencialidades do rio Alva, tornando-o um motor de desenvolvimento dos concelhos em complementaridade com outros setores e/ou atividades, criando dinâmicas com instituições, associações e agentes económicos são as premissas consideradas para ativar o potencial deste rio selvagem e de montanha.

 

    Fonte: Câmara Municipal de Seia

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:34

Gotas...

por Correio da Guarda, em 29.01.17

Gotas de água...HS.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:28

Tempo de chuva..

por Correio da Guarda, em 11.10.15

Ramos com chuva - HS2015.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:37

Sistema de Telemetria na Guarda

por Correio da Guarda, em 23.08.15

 

     Os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento da Guarda investiram, recentemente, investimento num sistema de telemetria que permite controlar vinte e quatro horas por dia, ao longo de todo o ano, a quantidade de água consumida por uma determinada zona de abastecimento.

Torneira press.jpg

     Este sistema, de acordo com a informação da autarquia guardense, para além de permitir detetar roturas subterrâneas nas condutas, viabiliza também o registo de eventuais ligações clandestinas na mesma infraestrutura pública.

     Foi também adquirido um equipamento para deteção de ligações de águas pluviais aos coletores de águas residuais, o qual entrará em breve em funcionamento, injetando fumo no coletor a analisar. Esse mesmo fumo depois de cheia a referida tubagem, sairá pelos sumidouros e caleiros ligados à infraestrutura.

     De notar que o fumo poderá entrar em habitações onde a canalização de saneamento esteja danificada, não havendo motivos de alarme, pois não são usados produtos tóxicos para a saúde pública.

     O SMAS pretendem, com estes investimentos, “reduzir a fatura aos munícipes, reduzir a fatura de água adquirida para distribuição, reduzir a fatura de águas residuais tratadas nas respetivas estações de tratamento, reduzir as faturas de eletricidade despendida para o bom funcionamento da rede, beneficiando o meio ambiente e prestando um serviço de excelência”

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:25

Recolha de óleos alimentares

por Correio da Guarda, em 02.02.15

 

     A Associação de Municípios da Cova da Beira (AMCB) implementou, em parceria com a empresa especializada, um sistema de gestão e recolha de óleos alimentares usados nos seus concelho que a integram.

    De referir que o projeto Bin Sal Riesgos nasceu em 2010 e até ao momento já foram recolhidos mais de 50 mil litros de óleos alimentares usados (OAU), em 130 pontos de recolha instalados nos municípios de Almeida, Belmonte, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Fundão, Guarda, Manteigas, Meda, Penamacor, Pinhel, Sabugal e Trancoso.

    O projecto engloba a realização de ações de sensibilização nas escolas sobre os efeitos devastadores da entrada do OAU nas linhas de água, onde um 1 litro de OAU contamina 1 milhão de litros de água, “o que provoca problemas de poluição das águas e solos quando lançados no meio ambiente.”

    “Após a recolha seletiva de OAU é feito o encaminhamento para reciclagem e/ou reutilização. É fundamental que os cidadãos tenham a perceção de que o óleo alimentar usado pode ser transformado em biocombustível, mas também em outros produtos, nomeadamente sabonetes, produtos de cosmética ou velas, possibilitando assim a “reciclagem” de um resíduo que, não tendo este tratamento, é bastante prejudicial para o meio ambiente e consequentemente para todos nós”, afirmou o Presidente da AMCB, José Manuel Biscaia.

    A AMCB criou, no âmbito deste projeto, um site que está disponível no geoportal sig.amcb.pt, onde os munícipes podem consultar a localização de cada oleão, informação relativa à data da sua instalação e respetiva morada, à quantidade de OAU recolhidos por oleão e por município, bem como enviar notificações para os serviços da AMCB.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:58

Um chafariz histórico na penumbra do esquecimento

por Correio da Guarda, em 23.02.13

 

     Associado, durante largos anos, às tradições académicas da Guarda, o Chafariz da Dorna é uma das poucas construções do género existentes nesta cidade.

     A escassos metros de um troço de calçada romana – da via que ligava Braga a Mérida – este chafariz, de estilo barroco, data de finais do século XVIII e foi uma importante estrutura do fornecimento público de água à malha urbana da Guarda.

     Ladeado, atualmente, pela Avenida Francisco Sá Carneiro passa desapercebido e fica fora do roteiro das referências citadinas.

    Ainda que o acesso não seja difícil, o facto de estar encoberto por uma estação de serviço, localizada naquela rodovia, não facilita a sua localização/visualização por parte do normal transeunte ou dos habitantes menos identificados com o espaço da mais alta cidade de Portugal.

     Nas primeiras décadas do século passado, o Chafariz da Dorna foi o local de batismo dos caloiros guardenses, no contexto de uma tradição académica que tinha o seu ponto alto no primeiro dia de Dezembro; nos dias de hoje também os estudantes (provavelmente por desconhecimento) estão alheados desta faceta, que podia ser facilmente revitalizada e aproveitada para projeção desse sítio, reatando os elos com o passado.

     Aliás, o próprio espaço circundante poderia ser alvo de uma adequada intervenção de forma a proporcionar melhores condições para fruição permanente por parte dos guardenses, ou ser aproveitado para diversas atividades culturais, constituindo-se como cenário alternativo.

    Há, nesta cidade muitos recantos e encantos por descobrir, valorizar e dinamizar; a Guarda precisa de se renovar, não de viver em função de ciclos e calendários políticos ou numa permanente reflexão de temas que se arrastam ao gosto de alguns, sempre sob a capa das promessas adiadas.

     A criatividade, as propostas inovadoras, as estratégias consentâneas com o tempo presente, o trabalho determinado e a competência devem ser a resposta constante de uma cidade que quer ser vista, positivamente, a partir de vários ângulos.

     E essa resposta passa, obviamente, por se conhecer e sentir a cidade, sem deixar espaços, tradições e vivências, em zonas de penumbra ou esquecimento.

   In O Interior, 21 de Fevereiro de 2013

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:35

Colóquio sobre a Água

por Correio da Guarda, em 06.10.09

 

No Teatro Municipal da Guarda vai decorrer amanhã, 7 de Outubro, pelas 21h30, um colóquio acerca da importância da água e da preservação do meio ambiente, organizado pelo Serviço Educativo do TMG
Nesta iniciativa vão participar especialistas de várias áreas e ligados a algumas instituições da cidade vão reunir-se para debater ideias. Após o colóquio será exibido o filme "O Poder da Água", concebido pelo TMG através do projecto educativo Aqua Criativa.
Trata-se de um filme de animação feito por alunos do Instituto de Emprego e Formação Profissional da Guarda que foram orientados, durante um mês, por membros do Cineclube de Viseu.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:21

Presidente da República no norte do distrito

por Correio da Guarda, em 12.09.08

 

            

        O Presidente da Republica visitará no próximo dia 14 de Setembro o concelho de Figueira de Castelo Rodrigo, no âmbito da visita ao Parque Natural do Douro Internacional.

 

Cavaco Silva deslocar-se-á, pelas 16h10m, à Barragem de Santa Maria de Aguiar, onde será efectuada a apresentação de diferentes projectos do ICNB a nível nacional.
De referir que o  plano de água da Barragem de Santa Maria de Aguiar com cerca de 100 ha, inclui o braço principal da albufeira, no lado nascente, que corresponde ao percurso primitivo do Rio Seco, e o braço poente, que deriva da Ribeira do Rio Chico.
 Em termos de avifauna, podem observar-se, entre outras espécies, o Mergulhão-de-crista, o Mergulhão-pequeno, a Garça-real e a Cegonha-branca.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:18


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2011
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2010
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2009
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2008
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D

Contacto:

correio.da.guarda@gmail.com