Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Reflorestação em Vide

por Correio da Guarda, em 26.02.19

 

     O Movimento de Cidadãos por uma Estrela Viva promove no sábado, dia 2 de março, mais uma ação de reflorestação na freguesia de Vide, Seia. A concentração está agendada para as 14h30, no Largo da Feira.

   Ao longo da tarde, está prevista a plantação entre 400 a 500 medronheiros e quase uma centena de sobreiros numa das encostas sobranceiras à aldeia. Serão ainda entregues cerca de uma centena de freixose 150 carvalhos alvarinho a uma comunidade local e ao CISE, respetivamente, para plantação em data posterior. No final, haverá lanche comunitário na sede da União de Freguesias de Vide e Cabeça.

    A freguesia da Vide, situada no vale da Ribeira de Alvoco (limite sul do concelho de Seia), na transição da Serra da Estrela para a Serra do Açor, é a freguesia mais afastada da sede de Concelho e por isso sujeita a forte isolamento. Ocupa uma vasta área (é a maior freguesia do Concelho de Seia) e, apesar da sua importância histórica (chegou a ser sede de concelho), tem vindo aperder população a ritmo acelerado ao longo das últimas décadas.

   Dos mais de 3 000 habitantes na década de 50, não restam hoje mais de 200. A este declínio não é alheia a substituição de uma economia rural baseada na produção agro-pecuária tradicional (oliveira, milho, centeio, batata) e na exploração da floresta nativa (castanheiro, sobreiro e azinheira – árvores originais, entretanto praticamente desaparecidas – mas também medronho e cogumelos) por uma economia baseada na monocultura de pinheiro bravo (para madeira e resina): o pinheiro bravo, que rapidamente se tornou a espécie dominante, tem entretanto vindo a ser severamente afectado por pragas (como o nemátodo) e, principalmente, pelo flagelo dosincêndios florestais (incluindo o de 2017) que assolam recorrentemente a região, deixando as encostas despidas, vulneráveis à erosãoe ao repovoamento selvagem e desordenado por espécies invasoras e de fraco valor económico.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:49


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +