Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Ligação ferroviária Guarda - Covilhã

por Correio da Guarda, em 27.12.16

 

     Na Guarda foi hoje apresentado, pela Infraestruturas de Portugal (IP), o plano de modernização do troço Covilhã-Guarda da Linha da Beira Baixa e o projeto de concordância daquela via com a linha da Beira Alta. O ato de apresentação contou com a presença do ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques.

Pedro Marques.jpg

    Foto: Município da Guarda

 

    Este governante sublinhou, na sua intervenção, que as obras de modernização do troço Covilhã-Guarda da Linha da Beira Baixa, hoje lançadas, “são importantes para a competitividade da região e do país”.

   De referir que a intervenção na Linha da Beira Baixa representa um investimento de 65 milhões de euros (modernização do troço) a que se acrescentam 23 milhões de euros em estudos, projetos, expropriações e sinalização, entre outras intervenções, e engloba a renovação integral de 36 quilómetros de via e a eletrificação da ferrovia que faz a ligação entre as cidades da Guarda e da Covilhã. Este troço, recorde-se, está desativado desde 2009.

    Como foi divulgado, no troço Guarda-Covilhã a velocidade aumentará de 50 quilómetros por hora, como acontecia até 2009, para 100 quilómetros por hora, o que também representará “melhores condições do que aquelas que aconteciam há uma década” e com melhor conforto para os passageiros.

    Pedro Marques evidenciou que a obra hoje lançada na estação ferroviária da Guarda ajudará a descongestionar o transporte de mercadorias na Linha do Norte, permite as intervenções que o Governo pretende desenvolver na Linha da Beira Alta nos próximos anos e “potencia o desenvolvimento económico”.

   O presidente da IP, António Laranjo, deu a conhecer que intervenção integra também a reabilitação de seis pontes centenárias, a remodelação de três estações e apeadeiros, a drenagem e estabilização de taludes e a automatização e supressão de passagens de nível; a concordância entre as linhas da Beira Alta e da Beira Baixa, contempla a construção de uma via com 1.500 metros nas proximidades da Guarda, que incluirá um viaduto ferroviário sobre o rio Diz.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:11


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +