Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Julgamento do Galo

por Correio da Guarda, em 20.02.15

Galo - Julgamento 2015 HS.JPG

      O trabalho desenvolvido, há mais de seis anos, no sentido de afirmar a identidade do Carnaval guardense transformou o Julgamento do Galo do Entrudo num excelente e conseguido cartaz da Guarda.

     O espetáculo – como se viu uma vez mais no passado domingo – continua a agradar à população; até porque tem havido a preocupação de o renovar, enriquecer, aperfeiçoar, criar novas facetas, motivar participações, gerar expectativas junto dos residentes ou dos visitantes.

     O Julgamento do Galo é uma tradição de diversas localidades portuguesas, especialmente do concelho da Guarda.

     Tratando-se de um ritual de exorcismo de todos os males existentes, o Galo é o culpado por intrigas, desavenças e todos os insucessos que tiveram lugar no ano que passou, pelo que é julgado e condenado em praça pública, num ritual expiatório e de purificação, através do qual se renova a esperança num ano e num país melhor.

     O elevado número de pessoas que, mais uma vez, assistiu ao julgamento (e é bom que no cartaz não se reduza à mera designação de Galo do Entrudo) traduz o entusiamo por um espetáculo com este perfil, constituindo igualmente um importante indicador para futuras edições.

     A adesão das pessoas representa, sem dúvida, a melhor recompensa para quantos estiveram diretamente ligados à produção deste espetáculo que a Guarda deve acarinhar e apoiar, pois é um evento ímpar; como tal, deve ser um espetáculo distinto, separado de outras atrações diferenciadas.

     A sua crescente projeção passa, certamente, pelo reforço da sua identidade e ligação à tradição regional, pela criatividade e inovação proporcionada pela qualidade dos meios humanos e técnicos envolvidos.

    A Guarda assistiu a um excelente espetáculo, cuja continuidade se deseja, em prol da sua promoção turística, da revitalização económica, da salvaguarda das tradições locais e regionais. (H.S.)

     In O Interior, 19|2|2015

Julgamento 2015 - galo do entrudo HS.jpg

JULGamento - HS.jpg

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:10


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com