Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Linhares da Beira - Castelo -HS.jpg

     Em Linhares da Beira vai decorrer amanhã, 3 de Abril, o seminário de encerramento do projeto "PLowDeR - Framework para Análise do Impacto Económico e Social das Atividades Turísticas nos Territórios de Baixa Densidade: o Caso das Aldeias Históricas de Portugal".

   Este projeto foi implementado através de uma parceria entre o Instituto Politécnico da Guarda, Universidade de Aveiro, Associação Aldeias Histórica, Associação de Desenvolvimento Turístico e Entidade Regional de Turismo Centro de Portugal.

    O programa inicia-se pelas 14 horas, com a receção dos participantes, seguindo-se a abertura pelos representantes das entidades parceiras no projeto.

    No decorrer deste seminário falar-se-á de “Enquadramento, metodologia e apresentação dos resultados” e de “Sustentabilidade dos Territórios de Baixa Densidade”.

    O Projeto PlowDeR (www.plowder.pt) criou um sistema de monitorização que vai permitir medir o impacto económico e social das atividades geradoras de riqueza nos territórios de baixa densidade.

    Este projeto “é, assim, absolutamente pioneiro, uma vez que foi criado com o objetivo de dar resposta às lacunas na recolha de informação estatística nos territórios de baixa densidade – em especial à falta de dados qualitativos”, foi referido a propósito deste seminário.

   O projeto-piloto foi desenvolvido durante 18 meses, a partir de setembro de 2017, no território abrangido pelas AHP, tendo incidido, “maioritariamente, na definição de um conjunto de indicadores que sirvam de base a uma matriz de referência, que seja capaz de avaliar com precisão o impacto económico e social das atividades turísticas das Aldeias Históricas de Portugal.”

   Segunda nota informativa divulgada a propósito deste projeto, trata-se de “uma matriz que poderá ser replicável noutros contextos geográficos do país com a mesma base, uma vez que o setor do turismo é considerado de especialização inteligente transversal ao país”. É ainda acrescentado que “apesar do enfoque do Projeto PlowDeR incidir na atividade turística, não se esgota neste setor. O instrumento que irá ser apresentado integra um conjunto de outros indicadores que possibilitam avaliar a propensão do território em análise para atividades económicas diversificadas.”

   No caso do projeto-piloto das AHP, a metodologia criada vai possibilitar a recolha dos dados necessários para se poder analisar a performance competitiva da área geográfica das Aldeias Históricas de Portugal. Mais informação aqui.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:12


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +