Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Teatro do CalaFrio com nova estreia

por Correio da Guarda, em 14.04.16

 

Diário.jpg

     Foto: Alexandre Costa

 

     O Teatro do CalaFrio vai estrear no próximo dia 21 de Abril, no Teatro Municipal da Guarda, a sua nova produção, “Diário de um louco”, de Nicolai Gogol. A encenação é de Américo Rodrigues, que assina também a dramaturgia conjuntamente com Luciano Amarelo.

     A interpretação é de Luciano Amarelo e Élia Fernandes, sendo o desenho de luz de José Neves. O “Diário de um louco” vai ser apresentado nos dias 21, 22 e 23 de abril, pelas 21.30 horas. Esta é a quarta produção do Teatro do Calafrio, depois de apresentar textos de Kafka, Tchekhov e Melville.

    "(...) O herói, o eterno funcionário miserável de Gógol, assume em Diário de Um Louco, apesar e, talvez, por causa do delírio psicótico em que se refugia, contornos muito humanos e comoventes. Como sempre, a arte gogoliana de misturar o real e o fantástico, o normal e o patológico, o razoável e o delírio, imperam em Diário de Um Louco, a ponto de o leitor se sentir desconfortavelmente a assistir ao sofrimento de um ser humano a quem a identidade se vai estilhaçando com a rapidez e a intensidade de um pequeno conto”, como escreveu Filipe Guerra.

    O Teatro do CalaFrio dedica a sua montagem de "Diário de um louco" ao ator português Jacinto Ramos (que era originário de Trancoso), o qual estreou, há 50 anos, esta peça, com encenação de Jorge Listopad com música original de Jorge Peixinho.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

Dominique Phillot no TMG

por Correio da Guarda, em 12.04.16

 

     No Café Concerto do Teatro Municipal da Guarda (TMG) vai ter lugar na próxima quinta-feira, 14 de Abril (pelas 22 horas), um concerto de Dominique Phillot.

    Este guitarrista suíço, premiado pelo Instituto de Ribaupierre de Lausanne (Suíça), é docente de guitarra no Conservatório de Fribourg desde 1981. Aperfeiçoou os seus conhecimentos de guitarra junto de grandes guitarristas espanhóis como Jorge Cardoso e José Tomas em Espanha.
    Em 1996 foi nomeado diretor artístico do Festival Internacional da Guitarra de Fribourg, Suíça. Atualmente, toca sobretudo compositores espanhóis pós-românticos, o Folclore da Argentina e do Brasil, a música contemporânea Suíça. Foi o diretor artístico do Festival Internacional de Guitarra da Guarda.

    A entrada para este concerto é livre.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:33

"Abílio, Guardador de Abelhas"

por Correio da Guarda, em 04.03.16

 

     O Teatro Municipal da Guarda, através do seu Serviço Educativo, vai promover na próxima quarta-feira, 9 de março, uma sessão de conto seguida de oficina destinada ao público sénior.

    A iniciativa, intitulada “Abílio, Guardador de Abelhas”, terá lugar no Pequeno auditório às 14h30 e será orientada por Graeme Pulleyn e Ricardo Augusto;trata-se de coprodução do Teatro Viriato com os interpretes/criadores desta história que tem o apoio da Associação de Apicultores da Beira Alta.
   Entre provas de mel e memórias voadoras, esta oficina tem como objetivo trabalhar de uma forma integrada a expressão escrita (mesmo para quem não é escritor), a criação plástica em três dimensões (mesmo para quem não é escultor),o movimento e a expressão corporal (mesmo para quem não é bailarino).

   Os participantes irão criar abelhas, que serão portadoras de mensagens, pequenas frases construídas a partir de memórias ligadas ao mel. No final, juntar-se-ão todas estas abelhas num enxame de palavras e sentidos. O resultado final é uma “micro-metragem” (filme curtíssimo) intitulado "Enxame de Memórias".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:29

"Portugal, Meu Remorso" na Guarda

por Correio da Guarda, em 02.03.16

 

     No Teatro Municipal da Guarda vai ser apresentado, no próximo dia 12 de Março, o espectáculo "Portugal, Meu Remorso",  que reúne textos de Alexandre O' Neill interpretados por João Reis e Ana Nave.

     «Quando num café do Príncipe Real nos juntámos para dar um destino ao nosso enorme apreço pelo poeta, também nós procurávamos esse difícil compromisso entre tornar legíveis as várias explosões de sentido da sua poesia e ao mesmo tempo revelar uma unidade dramatúrgica que fosse visível para todos nós: imagens, canções, visões periféricas. Se em muitos aspetos O´Neill foi um poeta incompreendido e indecifrável, como o é tantas vezes a nossa "vidinha", é certo que se tornou um dos grandes do século XX, com vida cheia e literalmente profícua e a contaminar tantas e tantas criaturas. Portugal, Meu Remorso é um tributo assumido das nossas inquietações e incertezas, da nossa admiração pelo poeta que apostava tudo na vida "mesmo que errada".

     Esta noite ou uma noite qualquer, com algumas palavras de ódio e outras de amor, a nossa viagem é ao Portugal infinito de Alexandre O´ Neill», referem João Reis e Ana Nave a propósito do espetáculo que também dirigem artisticamente.

 

    Fonte: TMG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:03

"Paraíso" no Teatro Municipal da Guarda

por Correio da Guarda, em 01.03.16

 

      A  extensão do Cine’ Eco 2015 no Teatro Municipal da Guarda vai ser encerrada na próxima semana, nesta cidade. A 8 de Março, no Pequeno Auditório será apresentado “Paraíso” de Nash Ang, o filme vencedor do Grande Prémio Cine’ Eco 2015. A sessão está marcada para as 21h30. O documentário, originário das Filipinas, segue as vidas das crianças sobreviventes, um mês após a tragédia do mais forte tufão já registado na Terra: o Super Typhoon Haiyan, nas Filipinas. No filme assistimos à sua luta pela sobrevivência e como reconstroem as suas vidas no local que foi o seu Paraíso, e que agora é apenas uma memória da tragédia.

     Para o dia 12 de Março, pelas 16h00, está agendada a sessão do Famílias ao Teatro integrado na Extensão do Cine’ Eco 2015 com “Curtas para crianças”; trata-se de uma sessão de curtas-metragens para o público infantil e não só com nove histórias de várias nacionalidades e uma grande variedade de linguagens e estilos cinematográficos. Histórias sobre o ambiente, a sustentabilidade, o clima, os animais, para aprender, ouvir e cuidar do nosso planeta. Esta sessão conta com entrada livre mas está sujeita ao levantamento prévio do ingresso na Bilheteira do TMG.
   O CineEco é um dos membros fundadores da Rede de Cinema Verde, que reúne 29 festivais de cinema ambiental de todo o mundo. O objetivo da rede é coordenar os eventos dos festivais associados, promover e distribuir filmes na cena internacional e incentivar iniciativas e projetos para fazer as pessoas parar e pensar sobre as condições do meio ambiente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:13

Camané no Teatro Municipal da Guarda

por Correio da Guarda, em 25.02.16

camane_.jpg

     “Infinito Presente” é o título do novo registo de Camané, e o seu primeiro disco em cinco anos, que este fadista vai apresentar no Grande Auditório do Teatro Municipal da Guarda, no próximo dia 27 de Fevereiro, pelas 21h30.

     Sucessor de “Do Amor e dos Dias”, editado em setembro de 2010, “Infinito Presente” é o sétimo registo do fadista e dele destacam-se duas composições de José Júlio Paiva, bisavô de Camané: “Conta e Tempo” e “Aqui Está-se Sossegado [fado espanhol] ”), um inédito de Alain Oulman, “A Correr”, um tema de Vitorino Salomé, “Medalha da Senhora das Dores”, e a presença dos “cúmplices” habituais Manuela de Freitas e José Mário Branco.

    O tema-título do disco, “Infinito Presente”, é baseado num poema de David Mourão-Ferreira (cujo título original é “Corpo Iluminado, XII”), poeta de referência na obra de Camané.

    A par de discos anteriores, “Infinito Presente” conta com produção, arranjos e direção musical de José Mário Branco que coassina com Manuela de Freitas a supervisão artística.

   No palco, acompanham Camané os músicos: José Manuel Neto na guitarra portuguesa, Carlos Manuel Proença na viola e Paulo Paz no contrabaixo.

 

    (Fonte: TMG)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:47

Tributo aos Rolling Stones

por Correio da Guarda, em 17.02.16

 

      O grupo Stoned vai apresentar amanhã, no Café Concerto do Teatro Municipal da Guarda, o “Tributo aos Rolling Stones”.

     Os Stoned vão revisitar todos os grandes êxitos da banda inglesa. O espetáculo pretende ser uma noite de tributo a um dos maiores grupos rock de sempre, uma viagem ao universo musical dos últimos 50 anos dos The Rolling Stones, com a energia e irreverência que os caracteriza ainda hoje.

     «Esta é uma viagem quer a memórias pessoais, quer à atualidade dos temas verdadeiramente intemporais que partilharemos com o público. “It´s Only Rock And Roll, But We Love It!”», refere o grupo português a propósito deste Tributo.

    O espetáculo está marcado para as 22h00 e tem entrada livre.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:26

"Juntos em Revista" no Carnaval da Guarda

por Correio da Guarda, em 02.02.16

 

     O Grande Auditório do Teatro Municipal da Guarda (TMG) vai receber no próximo dia 8 de Fevereiro, a partir das 21h30, o espetáculo "Juntos em Revista".

    Integrado no programa de animação de Carnaval, organizado pela da Câmara Municipal da Guarda,  este novo espetáculo da Marina Mota produções é pontuado pelo bom humor, e por uma aguçada crítica social e política, nacional e internacional. A tudo isto junte-se muita música e dança à boa maneira do Teatro de Revista.

    O elenco desta produção integra Marina Mota, Carlos Cunha, Érika Mota, António Vaz Mendes, Inês Curado e Hélder Agapito.

marina_mota.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:54

B.Riddim hoje no TMG

por Correio da Guarda, em 29.01.16

    

     No espetáculo a realizar no auditório do Teatro Municipal da Guarda (TMG) vai ser apresentado hoje, pelas 21h30, o último trabalho de Luís Sequeira, conhecido no universo musical pelo nome artístico de B.Riddim.

    “Bubble Clocks" é o seu terceiro vinil, sucedendo a "(In)Theory" e "Magic My Ear", uma vez mais com selo da editora londrina Third-Ear. O anterior EP contou com o apoio de Pearson Sound, Ellen Allien, Emika ou Benji B e este seu último trabalho já teve especial destaque, por exemplo, na Deep House Amsterdam, revista dedicada à música electrónica, para a qual gravou um Live Set exclusivo, disponível em podcast.

B.RIDDIM - 1.jpg

     B.Riddim continua “a mostrar o seu talento e linhagem musical, num brilhante EP baseado na sua imagem de marca: tridimensionalidade no "beat" com uma linha de baixo bem rica e demarcada em torno de synths com uma sonoridade intrínseca e autêntica.”

   Evidenciado por destacados artistas internacionais, “Bubble Clocks" tem como ponto alto "Talking Proud", tema construído em torno de “uma das melhores vozes de sempre do universo jazz: Nina Simone."

    Luis Sequeira (B.Riddim), produtor/compositor e MC, nasceu na Guarda onde estudou e residiu (aqui impulsionou o projeto G-Ward) até iniciar, em Madrid, a sua formação na área de engenharia de som. A capital espanhola foi, aliás, o ponto de partida para novos rumos. A sua experiência passa, além de Portugal, por países como Espanha, Canadá, México e Reino Unido, onde reside.

    Os bilhetes para o espetáculo de hoje, no TMG, podem ser comprados aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:10

"Todo o tempo do mundo" no TMG

por Correio da Guarda, em 28.01.16

 

     “Todo o tempo do mundo” de Suzanne Crocker é o filme que se segue no Teatro Municipal da Guarda, no âmbito da extensão Cine’Eco 2015.

     Esta iniciativa decorre até Março, numa organização do Cineclube da Guarda em parceria com o TMG/CMG e com o Cine’Eco.

   A sessão está marcada para terça-feira, dia 2 de fevereiro, a partir das 21h30.  O filme foi o vencedor nas categorias Prémio Antropologia Ambiental e Prémio Lusofonia Panorama Regional.

    Na história, «uma família, com três filhos, deixa o conforto do seu lar para viver durante nove meses no interior quase deserto do Norte do Canadá. Sem acesso rodoviário, sem eletricidade, sem água corrente, sem internet e sem um único relógio...».

    O Cine’Eco é um dos membros fundadores da Rede de Cinema Verde (GFN), que reúne 29 festivais de cinema ambiental de todo o mundo. O objetivo da rede é coordenar os eventos dos festivais associados, promover e distribuir filmes na cena internacional e incentivar iniciativas e projetos para fazer as pessoas parar e pensar sobre as condições do meio ambiente.

   Fonte: TMG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:31


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +