Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Apresentação de livro

por Correio da Guarda, em 11.07.16

 

     "A  Aversão" é o título do livro de André Bandeira que vai ser apresentado na Guarda, no próximo sábado, 16 de Julho.

    A sessão de apresentação decorrerá, a partir das 16 horas, na Livraria Bertrand do Centro Comercial desta cidade.

    Para além do autor, vão intervir nesta apresentação António Godinho Gil e Júlio Santos. Este romance foi editado pela Chiado Brasil.

A Aversão.jpg

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:49

Livro sobre Freguesia de S. Pedro dos Comedeiros

por Correio da Guarda, em 08.07.16

 

     O livro "Freguesia de S. Pedro dos Comedeiros do lugar dos Trinta", de António J. F. Soares, vai ser apresentado amanhã, dia 9 de Julho, na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço (Guarda), a partir das 16h00.
     António Joaquim Fernandes Soares, nasceu e reside nos Trinta. Foi professor na Escola Secundária Afonso de Albuquerque, onde desempenhou as funções de Presidente do Conselho Diretivo, Presidente do Conselho Executivo e Diretor durante 15 anos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:27

A mais incerta das certezas

por Correio da Guarda, em 07.05.16

 

     “A Mais incerta das certezas” é o título do Livro que vai ser apresentado na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço (Guarda), no próximo dia 18 de Maio, pelas 18 horas.

    Trata-se de uma obra que Fernando Carmino Marques, docente do Instituto Politécnico da Guarda (IPG), elaborou a partir de inéditos de Pierre Hourcade.

    O livro, que contou com os patrocínios da Fundação Calouste Gulbenkian e do IPG, é um “contributo imprescindível para o conhecimento da poesia de Fernando Pessoa e dos seus heterónimos”.

Capa LIVRO.jpg

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:15

Céu nublado com boas abertas

por Correio da Guarda, em 10.04.16

 

     Na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, Guarda, vai ser apresentado no próximo dia 12 de Abril, pelas 18 horas, o livro “Céu Nublado com Boas Abertas”, de Nuno Costa Santos.

    A obra, que vai ser apresentada por Manuel Poppe, fala de um homem volta à sua terra para cumprir uma missão que lhe foi atribuída por um avô que morreu: a de recolher histórias recentes dessa ilha, a de S. Miguel, nos Açores. Esta é a narrativa de um regresso aos lugares onde nasceu e um duplo diálogo: com o antepassado que lhe deixou uma herança inesperada e com o presente insular impuro, algures entre o sagrado e profano.

   Nuno Costa Santos tem trabalhado em géneros diferentes, do teatro à crónica, passando pelo guião e pelo documentário. É colunista da revista Sábado e autor da série Melancómico. Céu Nublado com Boas Abertas é o seu primeiro romance.

 

    Fonte: BMEL

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:23

Novo livro de Pedro Dias de Almeida

por Correio da Guarda, em 12.03.16

 

      "Poemas e outros poemas" é o título do novo livro de Pedro Dias de Almeida, a apresentar na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, Guarda, no próximo dia 19 de Março, pelas 16 horas.

     Natural da Guarda, Pedro Dias de Almeida é jornalista da revista Visão, desde 1994.

Pedro Dias de Almeida.jpg

     Publicou, em 2002, "Introdução à Anatomia das Sereias e Outros Poemas" (edição Aquilo Teatro). Em 2012 escreveu o monólogo "As Últimas Palavras de Swazo Camacase (ou um Pouco Mais de Nada)" para o Projéc~ (estrutura teatral do TMG, Teatro Municipal da Guarda) e em 2015 adaptou o conto de Herman Melville "Bartleby, o Escrivão" para uma produção do Teatro do Calafrio.

    A sessão de lançamento do livro "Poemas e outros poemas é organizada pelo Calafrio.

 

     Fonte: BMEL

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:58

"Catedrais de Portugal" apresentadas na Guarda

por Correio da Guarda, em 28.02.16

Sé Catedral - Guarda -2015 pb - HS.jpg

       “Catedrais de Portugal” é o título do livro que será apresentado amanhã, na Sé Catedral da Guarda, pelas 18h45.

     A obra, da autoria do arquiteto guardense António Saraiva, é editada pelos CTT – Correios de Portugal, e surge na sequência de três emissões de selos postais em 2012, 2013 e 2014, retratando as catedrais do nosso país.

    “Editamos agora um livro sobre esta temática, tão grandiosa pelo significado como pela presença física destas edificações nas nossas urbes”, referiu Francisco Manso, Gestor da Loja Postal da Guarda dos CTT-Correios de Portugal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:53

Património Azulejar Religioso na Diocese da Guarda

por Correio da Guarda, em 19.12.15

 

     Na Igreja de São Vicente, Guarda, foi apresentado ontem o livro "PAR – Património Azulejar Religioso na Diocese da Guarda”. Esta publicação resultou de uma parceria entre o Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e a Diocese da Guarda.

    O projeto, que agora se concretiza em forma de livro “nasceu, há cerca de dois anos, da constatação da necessidade de sistematizar e promover o relevante património azulejar religioso que existe na área que abrange o distrito e a diocese da Guarda. Tesouro devidamente inventariado pela Diocese, o património azulejar, parte dele passível de ser usufruído livremente, porque visível da via pública, mas não devidamente valorizado em alguns casos, tornou-se o alvo de interesse para a elaboração desta publicação”, esclareceu Anabela Sardo, na nota introdutória a este livro.

    Esta docente (que esteve na coordenação desta obra) da Escola Superior de Turismo e Hotelaria do IPG, considera que “esta riqueza, nem sempre preservada da melhor forma ao longo dos tempos, mas, ainda assim, existente em número considerável no território que se circunscreveu, despertou a curiosidade de um grupo de pessoas com sensibilidades e competências diversas.”

Livro PAR -.jpg

     Assim foi preocupação dos elementos que estiveram ligados a este projeto “dar voz aos belos e singulares painéis azulejares religiosos que, graciosa e alegremente, se oferecem ao apreço e deleite do residente, visitante ou turista, devoto ou não, nas aldeias, vilas e cidades da região”.

    Anabela Sardo elucidou que a presente edição “não tem, nem podia ter, o ensejo de mostrar todo o vastíssimo património azulejar existente e inventariado, pelo que foi imperioso definir-se uma escolha metodológica, optando-se por selecionar os exemplares cuja importância histórica, artística e religiosa servissem de exemplo e convidassem a descobrir os outros não menos fascinantes que podem encher de cor e magia a passagem do visitante” acrescentando que foi objetivo principal “a valorização de um património, de um território e, como não podia deixar de ser, das suas gentes, ajudando, simultaneamente, a promover o Turismo e a aumentar a autoestima de uma região.”

     O Presidente do IPG, Constantino Rei, mostrou a sua satisfação por esta colaboração com a Diocese da Guarda “esperando que ela sirva de exemplo para outras parcerias, para outros projetos, pois o património imaterial que nós temos é muito valioso; é necessário preservá-lo mas é sobretudo necessário divulgá-lo e utilizá-lo como instrumento de promoção do turismo da região”.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:57

Património Azulejar Religioso

por Correio da Guarda, em 10.12.15

 

     No próximo dia 18 de Dezembro, pelas 17h30, vai ser apresentado o livro “PAR – Património Azulejar Religioso na Diocese da Guarda”. A sessão de apresentação terá lugar na Igreja de São Vicente, na Guarda.

    O livro resulta de uma parceria entre o Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e a Diocese da Guarda.

CAPA.jpg

     O projeto, que agora se concretiza em forma de livro “nasceu, há cerca de dois anos, da constatação da necessidade de sistematizar e promover o relevante património azulejar religioso que existe na área que abrange o distrito e a diocese da Guarda.

    Tesouro devidamente inventariado pela Diocese, o património azulejar, parte dele passível de ser usufruído livremente, porque visível da via pública, mas não devidamente valorizado em alguns casos, tornou-se o alvo de interesse para a elaboração desta publicação”, esclarece Anabela Sardo, na nota introdutória a este livro.

   Esta docente (que esteve na coordenação desta obra) da Escola Superior de Turismo e Hotelaria do IPG, considera que “esta riqueza, nem sempre preservada da melhor forma ao longo dos tempos, mas, ainda assim, existente em número considerável no território que se circunscreveu, despertou a curiosidade de um grupo de pessoas com sensibilidades e competências diversas.”

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:21

Livro sobre Toponímia

por Correio da Guarda, em 23.10.15

 

     Na Guarda vai realizar-se no próximo dia 30 de outubro, um novo Fórum sobre Toponímia, organizado pelo Instituto Politécnico.

    “O Novo Regulamento de Toponímia da Guarda”, “As práticas lúdico-desportivas e a Toponímia”, “Da Toponímia da Guarda: a Praça de Luis de Camões”, “A importância da Toponímia nos levantamentos Arqueológicos”, “A toponímia da cidade da Guarda em Manhã Submersa e Estrela Polar, de Vergílio Ferreira", “Toponímia da Guarda” e “Des/Re)territorialização” são algumas das comunicações agendadas.

    O programa deste Fórum inclui ainda a apresentação do livro “Desafios e Constrangimentos do Estudo da Toponímia - Intervenções e contributos”, que integra algumas das comunicações de anteriores eventos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:12

A Terra da Escrita

por Correio da Guarda, em 19.10.15

 

     A Câmara Municipal da Guarda promove, em conjunto com o Agrupamento de Escolas Afonso de Albuquerque e o Agrupamento de Escolas da Sé, entre Outubro de 2015 e Junho de 2016, a segunda edição do Projeto “A Terra da Escrita”, que visa a promoção do livro e da leitura na Guarda.

    Trata-se de uma iniciativa de divulgação e promoção de escritores locais (concelho e distrito da Guarda) e das suas obras, a desenvolver nas escolas do Concelho da Guarda. Adriano Vasco Rodrigues (autor de importantes obras nas áreas da Arqueologia e da História), José Augusto de Castro (Fundador do jornal “O Combate” e acérrimo defensor dos ideais republicanos) e Jorge Carvalheira (autor contemporâneo nascido no distrito) são os autores em destaque no presente ano letivo.

    A edição deste ano de “A Terra da Escrita” comportará um variado número de iniciativas, nomeadamente conferências, tertúlias, encontros com o autor, exposições, visitas, um percurso fotográfico literário, criação de trabalhos artísticos com base nas obras dos autores, edição de um livro, oficinas de papel, de encadernação, de animação tipográfica, de ilustração e de escrita. As ações destinam-se a alunos do pré-escolar ao secundário, professores, público em geral e utilizadores da BMEL e estima-se que envolvam cerca de 4 000 participantes.

    O projeto “A Terra da Escrita”, liderado pela Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, tem como principais objetivos: tornar conhecida da comunidade escolar do nosso concelho a obra de autores ligados à Guarda por nascimento ou pelos afetos; sensibilizar alunos e professores para a importância do trabalho literário dos autores locais; desenvolver, junto dos alunos, laços de identificação com a vida e obra de autores da Guarda ou que escreveram sobre a nossa terra; fomentar o sentido de pertença à comunidade da Guarda, através da língua e da literatura; estimular o espírito crítico em relação ao trabalho criativo de autores conterrâneos; dar oportunidade aos alunos de participarem em várias iniciativas que apelam à criatividade, a partir da obra de autores do distrito. Esta iniciativa faz parte do “Plano Municipal de Educação” da Câmara Municipal da Guarda. (fonte: BMEL)

Terra da Escrita.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:02


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +


Referenciar citações

Protected by Copyscape Website Copyright Protection




Error running style: Style code didn't finish running in a timely fashion. Possible causes: