Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Ciclo de Cinema Alemão

por Correio da Guarda, em 13.10.15

 

     No Teatro Municipal da Guarda prossegue no próximo dai 20 de Outubro o Ciclo de Cinema Alemão, com o filme “Não quero apenas que vocês me amem”, de De Hans Günther Pflaum.

    O documentário, sobre o realizador Fassbinder, tem início marcado para as 21h30 no Pequeno Auditório. Foi produzido por ocasião do 10º aniversário da morte do cineasta, que ocorreu a 10 de Junho de 1982, em Munique.

    Hans Günther Pflaum faz uma abordagem em três planos diferentes: num primeiro plano, vários colaboradores de Fassbinder falam sobre a pessoa, o método específico de trabalho e a importância do realizador. Num segundo plano, com recurso a material de arquivo, é ao próprio Fassbinder que é entregue a palavra. Num terceiro plano, trechos extraídos da obra de Fassbinder esclarecem e complementam os depoimentos.

   Pflaum é um diretor e escritor alemão conhecido também por Mabuses Motive (2004) e Von Sex bis Simmel (2005).

    O Ciclo de Cinema Alemão é uma organização da Câmara Municipal da Guarda/Teatro Municipal, do Cineclube da Guarda e do Goethe Institut, que decorrerá até dia 1 de dezembro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:54

Músicas do Bosque

por Correio da Guarda, em 25.06.15

 

     Na aldeia de Lapa dos Dinheiros (Seia) vai decorrer de 26 a 28 de Junho vai decorrer um ciclo de cinema inspirado nas tradições e modo de vida rural e das comunidades de montanha, associado à proposta para a fruição da música com a natureza exuberante da serra da Estrela

     Assim, longe das salas de cinema e em antestreia comercial, é apresentado pela primeira este sábado, no Festival “Músicas do Bosque”, a longa-metragem “Volta à terra” [(Be)Longing], de João Pedro Plácido. No âmbito do ciclo de cinema do Festival serão ainda exibidos os filmes “Aqui não se passa nada”, pelicula de Isadora Sousa Pinto rodada nesta aldeia, e a comédia de mestre Jacques Tati - “Há festa na aldeia”.

    “Volta à terra” [(Be)Longing] é a 1ª longa-metragem de João Pedro Plácido, filme que será exibido em 1ª mão no Festival “Músicas no Bosque”, a 27 de junho, pelas 21h, estreando no circuito comercial apenas no mês seguinte. A obra, que venceu a Competição Portuguesa na Edição 2014 do Festival DocLisboa, retrata o dia-a-dia na aldeia de Uz, uma povoação isolada nas montanhas do norte do país, longe do bulício da cidade, num elogio singular a uma forma de vida (ainda) centrada na relação com a terra, com o trabalho da mesma e com as tradições rurais passadas de geração em geração.

    Amanhã, 26 de junho, pela mesma hora (21h), será projetada a curta-metragem “Aqui não se passa nada”, de Isadora Sousa Pinto, rodada na própria aldeia de Lapa dos Dinheiros e destacada com uma Menção honrosa na mais recente edição do Festival Internacional de Cinema Ambiental de Seia - CineEco. Seguir-se-á o clássico “Há festa na aldeia” [Jour de fête], comédia intemporal realizada pelo mestre Jacques Tati, nome maior do cinema gaulês. A ação desenrola-se numa pequena aldeia de província e centra-se nas peripécias vividas pelo carteiro local, personagem representada pelo próprio Tati.

    A programação do ciclo “Cinema no Bosque” resulta de uma parceria estabelecida entre a Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede das Aldeias de Montanha e o 7A Sena – Núcleo Cinéfilo de Seia, entidade local dedicada à 7ª arte integrada na Associação ARTIS.

   O Cinema no Bosque procura tirar proveito do contexto e ir ao encontro dos objetivos do Festival, ilustrando o modus vivendi em ambiente rural comunitário e as tradições locais/regionais como mecanismo identitário fundamental, a preservar, renovar e, consequentemente, valorizar.

 

    Fonte: C.M.Seia

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:50

CineEco 2014

por Correio da Guarda, em 20.08.14

 

     Na Casa da Cultura de Seia vai decorrer, de 11 a 18 de Outubro, a 20ª edição do CineEco – Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela.

    A este festival concorrem cerca de quatro centenas de filmes, de todo o mundo.

     O Festival que é organizado pelo Município de Seia, voltou a despertar grande interesse e entusiasmo por parte de realizadores de todo o mundo que enviaram os seus trabalhos para as várias secções a concurso.

     O júri de pré-selecção está agora a ultimar a escolha dos melhores para a competição Internacional - longas, médias e curtas-metragens; séries e reportagens televisivas; competição Lusófona - longas, médias e curtas-metragens, que inclui uma competição regional.

     O CineEco, que cumpre este ano a sua 20ª edição, entre as várias novidades que prepara para a edição deste ano, destaca a organização de uma cimeira de realizadores de festivais de cinema ambiental de todo o mundo, uma conferência sobre temas ambientais da actualidade, bem como a realização de um documentário sobre os 20 anos do festival, para apresentar na sessão de abertura e passar num canal televisivo.

    Este certame tem como principais objectivos a reflexão e apelo à intervenção em matéria de preocupações ambientais e de sustentabilidade; proporcionar ao público da região bons filmes, procurando envolver em simultâneo a comunidade local e ainda reforçar a notoriedade de Seia, enquanto território de montanha de grande potencial turístico e ambiental, no interior de Portugal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:58

Cine Concerto no TMG

por Correio da Guarda, em 01.07.14

 

     O Teatro Municipal da Guarda apresenta no sábado, dia 5 de julho, a sétima edição do Cine-Concerto. A sessão tem lugar no Pequeno Auditório, a partir das 21h30.

     Músicos da Guarda ou ligados à cidade foram convidados a dar nova roupagem sonora a curtas dos realizadores Garri Bardin e Nikolai Serebryakov. Para esta edição foram convidados Gilberto Costa (saxofone tenor e laptop) que irá musicar “Adágio” (2000) de Garri Bardin; César Cravo (clarinete) que fará a banda sonora de “Ball of Yarn (Klubok)” (1968) de Nikolai Serebryakov; e José Tavares (guitarra elétrica) que interpretará música original para “Fioritures” (1987) de Garri Bardin.

     O cinema russo de animação sempre foi dos mais vanguardistas de todo o mundo. Historicamente, a animação russa caracteriza-se por ser fortemente visual, de grande rigor estético e de uma liberdade formal que fez escola em toda a Europa (sobretudo do Leste).

     Recorrendo a várias técnicas de animação, os realizadores russos foram pioneiros na procura de novas linguagens plásticas sem, contudo, esquecer a importância da história. De resto, a linguagem visual destes filmes, apesar de diferentes entre si, entronca no respeito pela componente narrativa. É a história e a mensagem que impõem o ritmo próprio à animação e que estabelecem a ponte comunicacional com o público.

    As curtas-metragens de animação de Garri Bardin e Nikolai Serebryakov cumprem estes requisitos de valor plástico e narrativo, aos quais se junta a música original de César Cravo, Gilberto Costa e José Tavares.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:37

Abbas Kiarostami no TMG

por Correio da Guarda, em 13.03.14

 

     O Cineclube da Guarda vai apresentar no próximo dia 19 de Março, com o apoio do TMG, o filme “Like Someone in love”, do realizador iraniano Abbas Kiarostami.

     A sessão está marcada para as 21h30 no Pequeno Auditório.

     Akiko (Rin Takanashi) é uma jovem japonesa que secretamente se prostitui para pagar os estudos universitários. Ninguém, nem mesmo o seu namorado Noriaki (Ryo Kase), sabe desta atividade. E ela protege esse segredo não apenas pelo medo do julgamento, mas também pela sua própria dificuldade em lidar com a situação. Um dia, conhece Takashi Watanabe (Tadashi Okuno), um velho professor catedrático, que se torna seu cliente regular e é, em todos os aspetos, a absoluta antítese de Noriaki. É assim que, inesperadamente, Akiko se começa a sentir dividida entre um namorado jovem, mas rude e ignorante, e um velho amável com quem consegue uma partilha intelectual que a faz sentir-se viva e, acima de tudo, respeitada.

     Filme com argumento e realização do iraniano Abbas Kiarostami que também realizou "O Sabor da Cereja ", "Através das Oliveiras", "O Vento Levar-nos-á", "Shirin", "Cópia Certificada".

 

    Fonte: TMG

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:08

Ciclo Kim Longinotto no TMG

por Correio da Guarda, em 14.09.13

 

      No Teatro Municipal da Guarda vai decorrer, de 17 a 25 de Setembro, o “Ciclo “Kim Longinotto – histórias no feminino”.

     Trata-se de uma iniciativa do Cineclube da Guarda e do TMG, em parceria com a Zero em Comportamento, através da qual serão apresentados quatro documentários.

     “Dream Girls”, no dia 17, filme sobre uma famosa escola de teatro japonesa com reminiscências da Broadway; “Divorce Iranian style”, no dia 18, a história de seis mulheres que invocam o direito de se divorciarem, num país em que a lei favorece os maridos; “Sisters in law”, no dia 24, um filme sobre o trabalho de duas mulheres juristas que prestam serviços jurídicos nos Camarões a vítimas de abusos; a encerrar este ciclo será exibida no dia 25 a película “Rough Aunties”, um filme sobre um grupo de mulheres que lutam contra o abuso sexual de mulheres e crianças na África do Sul.

     Todos os filmes são exibidos às 21h30 no Pequeno Auditório do TMG.

     Recorde-se que Kim Longinotto é reconhecida internacionalmente pelos seus retratos e pelo seu sensível e apaixonante tratamento de tópicos difíceis.

    Observando, reflectindo e contando as estórias de mulheres que desafiam convenções e lutam contra instituições, opressão e preconceitos, Longinotto documenta e revela as idiossincrasias e os costumes de sociedades oprimentes.

     Quase todos os seus filmes foram premiados um pouco por todo o mundo, sendo que “Sisters in Law” recebeu o Prémio Arte e Ensaio do Festival de Cannes, “Hold me tight, Let me go” foi galardoado com o Prémio Especial do Júri no Festival Internacional de Documentário de Amesterdão e “Rough Aunties” ganhou o Prémio do Júri na competição World Cinema do Festival de Sundance.

 

    Fonte: TMG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:58

Cinema no Museu

por Correio da Guarda, em 10.09.13

 

    O ciclo “Cinema nos Museus – Nove semanas de Cinema”, iniciado a 18 de Julho, termina a 12 de Setembro, no Museu da Guarda, com a exibição do filme “É o Amor”, de João Canijo.

     Trata-se de uma organização da Direcção Regional de Cultura do Centro/ Museus no Centro e Museu da Guarda, em parceria com Fila K Cineclube (Coimbra) e Cineclube da Guarda.

    Este ciclo pretendeu através do Cinema ao ar livre, proporcionar uma maior proximidade do público aos museus da região Centro, divulgar e desenvolver a cultura cinematográfica em espaços diferentes do usual.

    A iniciativa tem abordado filmes que foram filmados integral ou parcialmente, em espaços museológicos, também, bem como reflectir a relação que o Cinema estabeleceu sempre com as outras artes.

     “É o Amor” será exibido a partir das 21h30.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:05

OfiCena regressa ao TMG

por Correio da Guarda, em 18.12.12

 

     No próximo ano o TMG volta a promover a OfiCena - Oficina de Expressão Teatral.

     Trata-se, de acordo com a informação divulgada, de uma oficina de longa duração que procurará desvendar as capacidades criativas e expressivas que se encontram “escondidas” em muitos jovens.

    Antónia Terrinha é a orientadora desta terceira edição da OfiCena; actriz e encenadora com larga experiência no teatro, cinema e televisão.

    Esta actividade destina-se a jovens entre os 12 e os 18 anos e decorrerá uma vez por semana entre Janeiro e Maio (em dia e hora a definir oportunamente).

    Os interessados deverão inscrever-se na bilheteira do TMG até 11 de Janeiro.

 

     Fonte: TMG

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:15

Vão-me buscar Alecrim

por Correio da Guarda, em 14.11.12

     O Cine Clube da Guarda apresenta amanhã, no Pequeno Auditório do TMG, a película “Vão-me buscar Alecrim”, de JOSH SAFDIE e BENNY SAFDIE.

     Este filme será exibido a partir das 21h30.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55

Cine Eco-Glocal 2012

por Correio da Guarda, em 07.10.12

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:42


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com