Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Circulação na VICEG

por Correio da Guarda, em 28.08.09
    Por certo ninguém questionará a importância da Via de Cintura Externa da Guarda(VICEG), quer em termos de desenvolvimento citadino, quer no contributo para a fluidez do tráfego urbano. Mesmo assim, e relativamente a este último aspecto, há ainda muito boa gente que, para encurtar umas centenas de metros na ideia errada de economizar, gasta tempo, paciência e combustível nas prolongadas filas de trânsito em horas de maior movimento, no eixo entre o centro da cidade e a freguesia de S. Miguel. Provavelmente, esses condutores eram os mais reivindicativos de uma via circundante...
    Esta via, onde a maioria dos acidentes tem tido como causa o notório excesso de velocidade, deve suscitar a preocupação das entidades responsáveis, já que motiva a apreensão de muitos utilizadores daquela rodovia.
    Desde logo porque são potenciais vítimas da inconsciência de alguns, ciosos de darem largas à potência das suas máquinas ou de uma atitude de exibicionismo parolo, que não acompanha, proporcionalmente, a sua agilidade, técnica de condução, respeito pelas regras e limites de velocidade.
    E se estes são, e bem, motivo de atenção por parte das autoridades porque razão continuam a ser esquecidas outras proibições? E já deram conta do número de passadeiras que existem ao longo da VICEG?...
    Caricato é quando há um sinal proibitivo para  a circulação de peões e logo a seguir o sinal de travessia...de peões!...e os velocípedes que ali circulam com frequência?... E as pessoas que por ali fazem as suas caminhadas de fim de tarde? ...
    Ora se juntarmos esta realidade com as loucas velocidades que ali se praticam não é preciso efectuar um grande esforço de imaginação relativamente aquilo que pode acontecer...
 
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:30


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +