Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sabores...

por Correio da Guarda, em 10.03.17

Presunto - HS - 1.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:08

A arte poética de Gil Vicente

por Correio da Guarda, em 09.03.17

GIL VICENTE - fot.jpg

      "A arte poética de Gil Vicente" é o tema da conferência que Fernando Carmino Marques vai proferir, no próximo dia 21 de Março, pelas 18 horas, na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço.

    “Gil Vicente não é apenas o grande dramaturgo que a partir do início do século XIX (...) a posterioridade reconhece e incansavelmente tem vindo a comentar. Gil Vicente é também um poeta e como tal uma referência principalmente para os hispano falantes (...) que não hesitam em considerá-lo como uma das figuras maiores da poesia do seu tempo (...)”.

    Fernando Carmino Marques é doutor em letras pela Universidade de Paris IV - la Sorbonne, em 1997. Lecionou, de 1993 a 2002, nessa mesma universidade. Colaborou no Instituto Camões em Paris e foi docente responsável pelo ensino do português nas universidades de Versailles - St. Quentin e Marne-la Vallée. Tem estudos publicados sobre temas e autores portugueses, brasileiros e franceses, dos séculos XVI, XIX e XX.

    Atualmente é docente titular de língua e cultura portuguesas no Instituto Politécnico da Guarda.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:23

Casa do Bandarra em Trancoso

por Correio da Guarda, em 08.03.17

 

Casa do Bandarra.jpg

    Em Trancoso, “A Casa do Bandarra” vai ser inaugurada no próximo dia 12 de Março, pelas 16h30.

   A Casa do Bandarra faz parte do Projeto Rotas de Sefarad – Valorização da Identidade Judaica Portuguesa no Diálogo Interculturas que resultou numa candidatura ao Programa EEA Grants 2009-2014 da Associação Rede de Judiarias de Portugal, da qual Trancoso foi cofundador.

   Segundo o município de Trancoso, “a inauguração da “Casa do Bandarra” é um momento ímpar na História de Trancoso. Gonçalo Anes Bandarra une portugueses e extravasa fronteiras, é um ícone único e diferenciador. O espaço que iremos inaugurar será um local para todos os públicos. É o primeiro centro de interpretação dinâmico, lúdico, educativo, sem nunca esquecer a parte científica, sendo um projeto credível e uma mais-valia para o turismo, aliado a outras apresentações do património cultural de Trancoso já implementadas.”

   De recordar que em Setembro de 1996 se homenageou o sapateiro e profeta de Trancoso, comemorando os 500 anos do seu nascimento.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:06

Sistemas de Informação Geográfica e Geoturismo

por Correio da Guarda, em 07.03.17

    

geoparque sede IPG.jpg

 

    A Associação Geopark Estrela vai promover, nos dias 11, 18 e 25 de Março de 2017, na Guarda, um curso em sistemas de Informação Geográfica e Geoturismo.

     Este curso pretende, para além de uma formação base na utilização de diferentes ferramentas SIG, dar a conhecer as potencialidades dos SIG para os trabalhos em Geoturismo.

     De referir que o Geoturismo se assume como um conjunto de práticas turísticas, de base territorial, assentes no potencial endógenos dos territórios onde ocorre, nomeadamente nos seus recursos abióticos, bióticos e culturais. Esta abordagem holística do território e do turismo fazem deste conceito uma nova oportunidade para muitas geografias. Neste sentido, o planeamento da atividade, a inventariação dos recursos disponíveis e a sua promoção são fatores determinantes para o sucesso destas estratégias, assentes no carácter geográfico dos lugares.

    Os Sistemas de Informação Geográfica constituem uma ferramenta importante de gestão, inventariação e representação da informação geográfica. A sua utilização no turismo em geral, e no geoturismo em particular, constitui uma mais-valia técnica e metodológica a utilizar por todos aqueles que trabalham, estudam e promovam territórios de geoturismo.

    O curso é destinado a Técnicos da área do turismo, património e desenvolvimento territorial; Técnicos de Geologia, Geografia e Biologia; Estudantes de Licenciaturas, Mestrados e Doutoramento; Técnicos de Geoparques Mundiais da UNESCO.  Mais informações aqui.

    O Aspiring Geopark Estrela constitui a candidatura da Serra da Estrela a Geopark Mundial da UNESCO, num território que inclui 9 municípios.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:12

Conferência Internacional sobre Cibersegurança

por Correio da Guarda, em 06.03.17

 

Ciber segurança.png

     No Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai realizar-se, no próximo dia 15 de Março, uma Conferência Internacional sobre Cibersegurança.

    Esta iniciativa tem por objetivo promover o debate e o conhecimento sobre a temática da Cibersegurança, uma vez que a segurança digital constitui uma das áreas de preocupação transversal a instituições, empresas e cidadãos, face a ameaças e ataques que podem comprometer a segurança de redes e sistemas.

   Nesta Conferência vão intervir Carvalho Rodrigues, Suleyman Anil (Former Head Cyber Defence, NATO HQ Brussels), Pedro Veiga (Coordenador do Centro Nacional de Cibersegurança), Carlos Friaças (responsável pelo CERT na Fundação para a Computação Científica Nacional (FCCN), Carlos Rodolfo (Presidente da Assembleia da Geral da AFCEA), Bruno Mourão (Diretor da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa) e José Carlos Fonseca (Politécnico da Guarda), que irá abordar o tema “Privacidade na era de Snowden: olhar para o passado, pensar o futuro”.

   A referida conferência é aberta a todos os interessados. As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias, decorrendo até 09 de março, on line, em csecurity.ipg.pt, onde está disponível o programa.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:20

Parque urbano

por Correio da Guarda, em 04.03.17

Pelo Parque 1.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:27

Gil Vicente na BMEL

por Correio da Guarda, em 03.03.17

 

     A Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço (BMEL), Guarda, vai ter patente, a partir de hoje, a mostra bibliográfica "Obras de Gil Vicente".
Gil Vicente é considerado o pai do teatro português, ou mesmo do teatro ibérico, já que também escreveu em castelhano, partilhando a paternidade da dramaturgia espanhola com Juan del Encina.

    A obra vicentina é tida como reflexo de mudança dos tempos e da passagem da Idade Média para o Renascimento. Nela incluímos o Auto da Barca do Inferno, o Auto da Barca do Purgatório, Auto da Barca da Glória, A Farsa de Inês Pereira, entre outras.

    A sua forma de exprimir é simples e direta, sem grandes floreados poéticos. Além de dramaturgo foi um poeta de renome e a sua poesia inclui vilancetes e cantigas influenciada pelo estilo palaciano e pelos trovadores.
    Esta mostra tem por objetivo divulgar junto da comunidade o conjunto de obras que a BMEL possui no seu fundo bibliográfico de e sobre o autor.

Livos de Gil Vicente.jpg

     Fonte e Foto: BMEL 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:05

Máscaras...

por Correio da Guarda, em 02.03.17

Máscaras HS.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:50

BMEL assinala 500 anos do "Auto da Barca do Inferno"

por Correio da Guarda, em 01.03.17

 

     Na Guarda, a Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço organiza nestemês de Março um ciclo de atividades dedicado a Gil Vicente, a pretexto dos 500 anos do "Auto da Barca do Inferno".

    De Gil Vicente [1465?-1537?] pouco se sabe em concreto, há uma grande controvérsia acerca do local, data de nascimento e morte. Alguns investigadores dão-no como dramaturgo e ourives que provavelmente nasceu na província em Guimarães, mas que cedo se fixou em Lisboa. Na capital, a sua principal ocupação parece ter sido a de escrever e representar autos nas cortes do rei D. Manuel e do rei D. João III. No dia 8 de junho de 1502 representou um monólogo à rainha D. Maria sendo a primeira notícia que há sobre as suas atividades artísticas. É considerado o primeiro grande dramaturgo português, além de poeta de renome. De 1502 a 1536, Gil Vicente produziu mais de quarenta peças de teatro, chegando a publicar em vida algumas delas. Colaborou no Cancioneiro Geral de Garcia de Resende. No entanto, só em 1562 é que o seu filho Luís Vicente publicou toda a sua obra com o título Compilaçam de toda las obras de Gil Vicente, a qual se reparte em cinco livros.
    No âmbito deste ciclo realiza-se, de 3 a 31, uma mostra bibliográfica, tendo por objetivo divulgar junto da comunidade o conjunto de obras que a BMEL possui no seu fundo bibliográfico de e sobre o autor Gil Vicente.
    Para o dia 7 está programada a conferência "Gil Vicente no seu tempo e no nosso: considerações em torno do Auto da Barca do Inferno", por José Bernardes.
    Representado há 500 anos junto a uma rainha doente, o Auto da Barca do Inferno constitui uma excelente porta de entrada no século XVI (...) Para além de uma descrição geral, a palestra procurará sobretudo identificar os significados simbólicos do auto, com destaque para aqueles que tocam quem ainda hoje se abeira desta obra vicentina, com verdadeiro espírito de curiosidade.
José Augusto Cardoso Bernardes é Professor Catedrático na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e membro do Centro de Literatura Portuguesa. Tem estudos publicados sobre autores canónicos da Literatura Portuguesa, com destaque para Gil Vicente e Luís de Camões. É Diretor da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra (desde 2011) e consultor para o Programa Língua Portuguesa da Fundação Calouste Gulbenkian.

    Gil Vicente não é apenas o grande dramaturgo que a partir do início do século XIX (...) a posterioridade reconhece e incansavelmente tem vindo a comentar. Gil Vicente é também um poeta. Assim, no dia 21, pelas 18 horas, Fernando Carmino Marques profere uma conferência sobre a "Arte poética de Gil Vicente".
    Fernando Carmino Marques é doutor em letras pela Universidade de Paris IV - la Sorbonne, em 1997. Lecionou, de 1993 a 2002, nessa mesma universidade. Colaborou no Instituto Camões em Paris e foi docente responsável pelo ensino do português nas universidades de Versailles - St. Quentin e Marne-la Vallée. Tem estudos publicados sobre temas e autores portugueses, brasileiros e franceses, dos séculos XVI, XIX e XX. Atualmente é docente titular de língua e cultura portuguesa no Instituto Politécnico da Guarda.

    Para complementar o programa dedicado ao nosso primeiro dramaturgo, a equipa da BMEL apresenta no 16 e 17 às 10H00 e às 14H30 uma leitura expressiva de "Auto da Barca do Inferno adaptado para os mais novos" de Rosa Lobato de Faria. Esta atividade destina-se a crianças do 3º e 4º ano do 1º CEB.

     No dia 27, Dia Mundial do Teatro, a BMEL promove uma tertúlia integrada no ciclo "Guarda: a memória". Desta vez, como não podia deixar de ser, acerca do tema "O teatro na Guarda".
   O teatro na Guarda tem história e memória que convém reavivar. Esta sessão, realizada simbolicamente no Dia Mundial do Teatro, e que contará com a presença de várias personalidades da Guarda, tem por missão lembrar os diversos grupos que existiram na cidade bem como a missão e o trabalho desenvolvido por cada um deles.

 

    Fonte: BMEL

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:37

Pág. 3/3



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +


Referenciar citações

Protected by Copyscape Website Copyright Protection