Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Canções de Trabalho com AI

por Correio da Guarda, em 31.05.15

 

CD.jpg

     Ai! é um projeto de pesquisa e recriação da música portuguesa de tradição oral, trazendo ainda para o seu repertório alguns temas medievais. Apresentou o seu disco de estreia em novembro de 2013, considerado pela Antena 1 como um dos cinco melhores editados nesse ano em Portugal. Em 2014 realizou diversos concertos, dos quais se destacam as apresentações no Festival MED de Loulé e no Festival de Músicas do Mundo de Sines.

     Ai! inicia agora uma nova fase. Aos fundadores, César Prata e Suzete Marques, junta-se o percussionista Tiago Pereira. Tiago Pereira iniciou o seu percurso na área da percussão tradicional portuguesa com Rui Júnior. Desenvolve trabalho com “Roncos do Diabo”, “Sebastião Antunes” e “Flávio Torres & os Canalhas”.

    O segundo disco de Ai! chama-se “Lavra, boi, lavra — canções de trabalho”, e será apresentado em junho: dia 4 no programa ‘Viva a Música’ (Antena 1), dia 5 no Fórum Romeu Correia (Almada) e dia 6 no Auditório Carlos Paredes (Lisboa). Dia 3 de julho Ai! marcará presença no festival ‘Salva a Terra’.

 

    (Fonte: Ai)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:50

Contradizer na Guarda

por Correio da Guarda, em 30.05.15

 

     A Calafrio- Associação Cultural vai organizar hoje, 30 de Maio, a oitava sessão do Ciclo Contradizer.

     Esta sessão, que decorrerá a partir das 21h30 no Café Concerto do Teatro Municipal da Guarda, é constituída pela leitura encenada de "Os malefícios do tabaco" de Tchekhov (de quem o Calafrio recentemente apresentou duas peças integradas em "Empresta-me um revólver até amanhã"), por Vasco Queiroz; e pela apresentação e exibição do projecto fotográfico "18 palavras para ti, ou a vida vivida"- uma visão da sociedade actual, por Norberto Rodrigues.

     Esta inciativa, de entrada gratuita, tem apoio (cedência de instalações) do Município da Guarda/Teatro Municipal da Guarda

    A peça "Os malefícios do tabaco" foi escrita por Anton Tchekhov em 1887; segunda versão em 1904. Constitui uma pequena obra-prima dramatúrgica e possui as marcas típicas da poética tchekhoviana: a brevidade, a economia de procedimentos, a linguagem despojada, a ironia, o humor e o aprofundamento psicológico das personagens.

     "Os malefícios do tabaco” retrata a vida de um homem amargo e de aparência gasta que é obrigado pela sua esposa, com quem partilha um casamento há mais de 30 anos, a fazer uma conferência para fins beneficentes acerca dos malefícios do uso e abuso do tabaco. A sua vida privada acaba por ser o tema principal da conferência que está a apresentar. Foca os maus-tratos infligidos pela sua mulher, o desprezo vindo das suas filhas e o trabalho de escravo a que é obrigado.

     O intérprete, Vasco Queiroz nasceu em 22/3/56 em Coimbra. Médico, especialista de Medicina Geral e Familiar na Guarda. Integrou o Círculo de Iniciação Teatral da Academia de Coimbra, 1977-1983 (Curso de teatro ministrado por Geraldo Tuché; Participação como actor nas peças “O Império do Oriente” de Jorge de Sena com encenação de Geraldo Tuché, “Epimeteu ou o Homem que Pensava Depois” de Jorge de Sena com encenação de Geraldo Tuché, “D Duardos” de Gil Vicente com encenação de Mário Barradas e ainda na peça inacabada e nunca estreada “A Páginas Tantas” de Ricardo Pais com encenação do mesmo; Presidente da Direcção durante dois anos. Participação como “recitador/declamador” , a solo ou em parceria (quase sempre com José Bandeirinha e Helena Gonçalves), em vários recitais de poesia no CITAC, no Circulo de Artes Plásticas da AAC, na Fundação Gulbenkian de Aveiro e em vários espaços académicos ou não, em Coimbra e noutras localidades. É o presidente da Assembleia Geral da Calafrio-Associação Cultural.

     O autor, Anton Tchékov, nasceu em Taganrog, no sul da Rússia, no dia 29 de janeiro de 1860, filho de um comerciante. A sua família mudou-se para Moscovo em 1876 devido à falência do pai, mas Anton permanece na sua cidade natal para terminar o liceu. Assim, só três anos mais tarde se juntou à família em Moscovo, onde se matricula na faculdade de Medicina. Para ajudar financeiramente a família, Tchékhov faz pequenos trabalhos jornalísticos e as primeiras tentativas literárias. Termina os estudos de Medicina em 1884 e começa a exercer nos arredores de Moscovo.

Tchekov.jpg

     A sua primeira narrativa é publicada num jornal humorístico em 1880, desencadeando uma intensa colaboração de Anton com diversas publicações. Os seus primeiros textos dramáticos datam do final da década de 1880 ("Ivánov"). No ano de 1892 compra uma casa no campo, em Mélikhovo, para onde se muda com a família. Três anos mais tarde visita Tolstoi, cujas ideias irão exercer uma forte influência e um grande fascínio sobre Tchékhov. Por motivos de doença, muda-se para Ialta, em Crimée. É no final da sua vida que escreve as três peças que o consagram como grande dramaturgo: "A Gaivota" em 1896, "As Três Irmãs" em 1900 e "O Cerejal" em 1903. Em 1904 parte para a Alemanha com a atriz Olga Knipper, com quem casara em 1901, morrendo no mês de julho em Badenweiler, na Floresta Negra. Hoje é reconhecido como um dos maiores escritores russos.

     Projecto fotográfico: Apresentação do projecto fotográfico "18 palavras para ti, ou a vida vivida". Uma visão da sociedade actual, por Norberto Rodrigues. Projecção audiovisual. Música de Lynx Tungur. Debate. O autor: Norberto Rodrigues é natural do Barracão-Guarda, sociólogo e fotógrafo amador. Depois de cerca de 30 anos de trabalho nas áreas da sociologia e da gestão de recursos humanos, como dirigente da Administração Pública e como docente universitário, tem desenvolvido actividade nas áreas da fotografia e da escrita, tendo publicado recentemente um livro de fotografias -"Trajectos" - e um livro de contos - "E dos fracos rezam as histórias".

(Fonte: Calafrio)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:36

Microgeração IPSS

por Correio da Guarda, em 29.05.15

 

     O Centro de Formação Assistência e Desenvolvimento, com a colaboração da Câmara Municipal da Guarda, do Ministério da Educação (DREC) e algumas Entidades Privadas, concretizou o projeto “Microgeração-IPSS”, em 45 Escolas, fazendo da Guarda o concelho do País com maior número de Centrais Fotovoltaicas IPSS.

    Este projeto tem como objetivos a sensibilização dos jovens para a utilização das energias renováveis, defesa do ambiente e de promoção de medidas de solidariedade social.

    Para assinalar o dia Mundial do Ambiente o CFAD e a Câmara Municipal da Guarda vão assinalar no próximo dia 5 de Junho a “efeméride” Dia Mundial do Ambiente às horas nos Paços do Concelho da Guarda, com o objetivo de divulgação/exposição de trabalhos manuais no âmbito das Energias Renováveis concebidos pelos alunos do Agrupamento de Escolas Afonso Albuquerque e do Agrupamento de Escolas da Sé.

    No princípio do ano letivo foi lançado nos dois Agrupamentos de Escolas o concurso sob o lema “Juntos pelo Planeta”, para a construção de uma maquete com materiais recicláveis. Concorreram 13 turmas, sendo 7 do 1º ciclo e 6 do 2º ciclo, 5º ano.

    Serão atribuídas prémios às três melhores maquetes de cada ciclo no valor global de mil euros. A exposição estará patente ao público até ao dia 11 de Junho.

     (Fonte CFAD)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:04

Serra...

por Correio da Guarda, em 28.05.15

 

Serra - Foto HS.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:17

Ancorar o futuro

por Correio da Guarda, em 27.05.15

 

     “Os homens só valem pelo que de bondade e verdade tragam aos outros homens, porque, uma ou a outra, não caíram nunca em terra estéril, nem mesmo quando tombam na indiferença de rochedos”.

     Assim escreveu, em 1911, Augusto Gil, nas páginas do semanário guardense que então dirigia. Estas palavras, e apesar de decorrido este tempo todo, continuam atuais…

     O autor da “Balada da Neve”, num texto que assinalava uma efeméride particularmente grata para ele, do ponto de vista ideológico, pretendia transmitir um sentido global a essa afirmação, sustentada na sua cultura e experiência.

    A verdade e bondade, as ideias abrangentes dos interesses gerais, os projetos credíveis, as regras moralizadoras e justas, a exigência e responsabilização, o reconhecimento da capacidade e profissionalismo, a atitude dialogante e compreensiva, o incremento dos contributos individuais em prol da eficácia dos serviços, a rentabilização cabal das potencialidades humanas e técnicas continuam a esbarrar em várias trincheiras: do individualismo, da mediocridade, das conveniências (sejam de que natureza forem), dos interesses político-partidários, do laxismo instalado (pese a conjuntura que atravessamos) em tantos sectores.

     A frontalidade é inversamente proporcional à cobardia e, para muitos, a estagnação continua a ser preferível à mudança, pois importa garantir o equilíbrio mais conveniente, consoante o tempo e o lugar; por norma, a ostracização é a resposta para quem não acompanha a orientação das ondas ou manifeste, inequívoca e claramente, uma diferente forma de estar e pensar, competência, humanidade, novas alternativas, propostas diferenciadoras e credíveis.

     Tudo isto se pode verificar no dia-a-dia. O esquecimento da ética, a falta de integridade, a irresponsabilidade, a ignorância ou desrespeito pela lei, a falta de formação cívica e moral, a avidez pelo poder, o clientelismo ou as prepotências da mediocridade provocam um contínuo constrangimento na evolução da sociedade portuguesa; impedem a capitalização dos valores e das capacidades existentes ou convidam a “emigrar”...

     O passado e o presente têm inúmeras lições de determinação e de triunfo, sem ser preciso lançar o olhar para além-fronteiras com o objetivo de formular diagnósticos e aplicar terapêuticas.

    Há, desde logo, uma imperiosa necessidade de alterar mentalidades, atitudes e comportamentos, banir a intriga e a maledicência; fazer valer os direitos mas cumprir os deveres; aceitar e refletir sobre as ideias diferentes; saber dialogar; protagonizar, sempre, a verdade e a bondade, mesmo que, perante a força das marés, seja tarefa penosa e incompreendida.

    E no atual contexto económico e social é importante que não abdiquemos de plataformas onde se pode ancorar o futuro!..

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

Viagem pela minha Serra...

por Correio da Guarda, em 26.05.15

SERRA 1 - hs.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:43

Empreendedorismo e Projecto Escolar

por Correio da Guarda, em 25.05.15

 

     No Instituto Politécnico da Guarda vai realizar-se, na próxima quinta-feira, 28 de Maio, um Seminário subordinado ao tema “O Empreendedorismo e o Projeto Escolar – novos desafios de Educação”.

     Neste seminário serão apresentados os novos cursos TESP (Técnico Superior Profissional) com a presença do Secretário de Estado do Ensino Superior, José Ferreira Gomes.

    Compreender como o empreendedorismo e o desenvolvimento de competências empreendedoras podem criar e suportar a mudança social e educacional; questionar como se pode integrar o empreendedorismo e potenciar o projeto de educação escolar e apresentar exemplos de metodologias de educação para o empreendedorismo constituem os principais objetivos desta iniciativa que contará com as intervenções de Dana Redford (da Plataforma de Educação para o Empreendedorismo em Portugal e docente da Universidade Católica – Porto) e de Teresa Paiva (Unidade de Desenvolvimento e Investigação do IPG).

    Este Seminário, que decorrerá a partir das 14h30 no Auditório dos Serviços Centrais do Instituto Politécnico da Guarda, é direcionado para elementos das direções escolares, professores, psicólogos, orientadores escolares e quadros técnicos das autarquias, relacionados com a área do ensino.

    O programa incluirá uma visita às instalações do Instituto Politécnico da Guarda.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

Prato de Estrelas

por Correio da Guarda, em 24.05.15

 

     A Escola Profissional de Gouveia vai promover nos dias 28 e 29 de Maio a iniciativa “Prato de Estrelas”, evento da área da Restauração – vertente de Cozinha, Mesa, Enologia e Bar.

    Com um vasto leque de Workshops, Showcoocking e Palestras com profissionais do setor, esta atividade – uma iniciativa inovadora sobre a Gastronomia da Serra da Estrela – de cariz pedagógico o é apadrinhada pelo Chefe Chakall.

    Esta atividade encontra-se aberta a toda a comunidade, no ensejo de potenciar a marca Serra da Estrela, os profissionais do setor e o Ensino Profissional qualificante na área da Restauração.

FOTO.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:34

Comunidade de Leitores

por Correio da Guarda, em 23.05.15

livros.jpg

      Na Biblioteca Municipal da Guarda vai realizar-se no próximo dia 28, a partir das 18h00, o segundo encontro da Comunidade de Leitores.

     Esta iniciativa tem por objectivo gerar cumplicidades e fomentar o gosto por uma leitura mais ativa e partilhada, através da discussão das experiências de leitura de cada um.

    As sessões realizam-se na última quinta-feira de cada mês e destinam-se a todos quantos gostem de ler e queiram participar

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:38

Museu da Guarda

por Correio da Guarda, em 22.05.15

Museu da Guarda - foto HS.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:50

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +


Referenciar citações

Protected by Copyscape Website Copyright Protection