Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Música Jovem

por Correio da Guarda, em 30.11.11

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55

Cluster do Turismo de Saúde

por Correio da Guarda, em 28.11.11

 

    

      O Instituto Politécnico da Guarda IPG) é uma das instituições que integra a Comissão Instaladora do Cluster do Turismo de Saúde e Bem-Estar de Portugal.

     O referido Cluster tem como objetivo a valorização e o posicionamento turístico do destino Portugal; a promoção, modernização, inovação e internacionalização de Portugal num todo, como destino turístico de excelência, em Turismo de Saúde e Bem-Estar; contribuir para a elaboração de regulamentação técnica, normas de qualidade/excelência, de segurança e para o enquadramento legislativo dos vários subprodutos/segmentos de Turismo de Saúde e Bem-Estar, em Portugal, pugnando pela sua certificação; incrementar o desenvolvimento sustentável do Turismo de Saúde e Bem-Estar em Portugal e incentivar a formação e investigação no âmbito do Turismo de Saúde e Bem-Estar, quer ao nível do ensino superior (licenciatura, pós-graduações, mestrados, doutoramentos), quer do ensino técnico-profissional (massoterapeutas e hidroterapeutas).

    Nos planos deste Cluster está, ainda, a preparação e publicação do Livro Branco do Turismo de Saúde e Bem-Estar», em Portugal.

As instituições envolvidas no projeto consideram que o Turismo de Saúde e Bem-Estar, não é apenas mais um produto/segmento turístico que possa ser abordado somente na perspetiva económica e empresarial. “É, sobretudo, um produto compósito, de saúde e bem-estar” pelo que na formatação do cluster subjacente “é preciso “mobilizar a colaboração das principais instituições e organizações de saúde, em Portugal que direta e indiretamente se dedicam à promoção da medicina termal e hidrologia clínica, bem como, ao turismo médico e estético”.

    Assim, defendem que Cluster TURSBE Portugal deve ser representativo da realidade existente no nosso País, no que concerne ao turismo de saúde e bem-estar, atendendo à relevância do turismo de saúde e bem-estar na atualidade e à existência de cinco principais subprodutos de turismo de saúde e bem-estar, como sejam o termalismo; talassoterapia; SPAs de água para consumo humano; turismo médico; e turismo estético.

     Neste contexto, sublinham, também, a indispensabilidade do enquadramento científico, designadamente ao nível de linhas de investigação por patologias e por terapias harmonizadas e validadas, que permitam assegurar a excelência dos tratamentos e a segurança dos utentes, a par da necessidade de ser assegurada uma formação, adequada, aos profissionais de Saúde e de Turismo, que trabalham ou pretendam vir a desenvolver as suas atividades profissionais neste segmento turístico.

     A Comissão Instaladora do Cluster do Turismo de Saúde e Bem-Estar de Portugal terá um mandato de quinze meses, no decorrer do qual, entre outras incumbências, apresentará uma proposta de estatutos e convocará as eleições para os futuros órgãos sociais.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:33

Exposição de fotografia

por Correio da Guarda, em 27.11.11

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:48

Guarda: tão perto do puro azul do céu

por Correio da Guarda, em 26.11.11

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 17:32

Exposição sobre "Arte Primitiva"

por Correio da Guarda, em 26.11.11

 

     Na Galeria do Paço da Cultura da Guarda será inaugurada hoje, pelas 17 horas, a exposição “Arte Primitiva – Colecção Particular de Adriano Vasco Rodrigues”.

     “A Arte Primitiva oferece imensas sugestões aos artistas ocidentais. A ela se deve o nascimento do cubismo e as influências em Picasso, Klee, Matisse e outros. A Mostra que apresentamos é baseada na pureza e conservantismo. Os estudiosos e os Artistas poderão encontrar aqui sugestivas e inovadoras inspirações para enriquecer os seus trabalhos.” É referido a propósito desta iniciativa.

     A exposição estará patente na Galeria do Paço da Cultura da Guarda, de 26 de Novembro de 2011 a 7 de Janeiro de 2012, de terça a sábado, das 14h00 às 19h00.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:50

Espectáculo assinala os 812 anos da Guarda

por Correio da Guarda, em 25.11.11

 

 

     O espectáculo comemorativo dos 812 anos da Guarda estreia amanhã, sábado, pelas 21h30, no Grande Auditório do TMG, onde subirá de novo ao palco dia 27, domingo (16h00).

     Música, dança, cinema, fotografia e vídeo misturam-se neste espectáculo que revisita a poesia de escritores da Guarda  ou que a ela estão ligados.    

     Dirigido por Américo Rodrigues e protagonizado por José Neves, actor residente do Teatro Dona Maria II, o espectáculo intitula-se "Tão perto do puro azul do céu [A Guardana Poesia]”.

     «O ponto de partida deste espectáculo é de grande simplicidade: homenagear a Guarda através da poesia. Porém, também pode ser: homenagear a poesia através da Guarda.O espectáculo (…) utiliza a poesia que se escreveu sobre a Guarda, por moradores ou forasteiros, para celebrar mais um aniversário da nossa cidade. Isto porque a Guarda tem apaixonado sucessivas gerações de poetas. Alguns deles, excessivos, vêem nela o “centro do mundo”. Pelo menos, o centro do seu mundo. Outros olham para ela com olhos críticos. Que também podem ser os da poesia. Oito séculos de poesia.» Explica, no texto de apresentação do espectáculo, o coordenador, encenador e co-guionista Américo Rodrigues.

     Sempre com a poesia como pano de fundo, o espectáculo percorrerá textos de vários escritores guardenses ou com fortes ligações à cidade mais alta desde os tempos da fundação da cidade à contemporaneidade.

     Alberto Dinis da Fonseca, Américo Rodrigues, António Godinho, António Monteiro da Fonseca, Augusto Gil, D. Sancho I, Eduardo Lourenço, João Bigotte Chorão, João Patrício, José Augusto de Castro, José Manuel S. Louro, José Monteiro, Ladislau Patrício, manuel a. domingos, Miguel Torga, Osório de Andrade, Pedro Dias de Almeida e Políbio Gomes dos Santos serão alguns dos autores revisitados neste espectáculo.

     Em palco, para além de José Neves, que dará corpo e voz aos poemas, estarão artistas que vão da música à dança ou ao cinema.

     Na música: o percussionista Marcos Cavaleiro, o guitarrista Rogério Pires, o pianista João Mascarenhas, o multi-instrumentista Kubik, o cantor Rui Pedro Dias, o projecto Assobio (César Prata e Vanda Rodrigues), o alaúde e a guitarra eléctrica de José Tavares, a voz de Helena Neves e o piano de Domenico Ricci.

     No cinema, uma curta-metragem do realizador António Lopes. Na dança, a coreografia e a interpretação da bailarina Sara Vaz. Na fotografia, as imagens captadas por Armando Neves. A visão gráfica para um poema, do designer e especialistaem tipografia Jorgedos Reis; e ainda os desenhos reactivos desenvolvidos por Mecca. Todos eles são guardenses ou apaixonados pela Guarda e vão estar juntos no espectáculo que comemora o 812º aniversário da cidade.

     Trata-se de uma produção do Teatro Municipal da Guarda para a Câmara Municipal da Guarda. A selecção de textos é de António Godinho, que partilha também a co-autoria do guião deste espectáculo com Américo Rodrigues.

     De referir que no final do espectáculo de amanhã, dia 26 de Novembro, o TMG organiza uma Jam Session no Café Concerto na qual participam alguns dos artistas envolvidos no espectáculo do Dia da Cidade. A entrada para a Jam Session é livre.

 

fonte: TMG

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:37

Gastronomia e Vinhos

por Correio da Guarda, em 23.11.11

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:35

Debate sobre a Guarda

por Correio da Guarda, em 22.11.11

 

     O Rádio Altitude e o Teatro Municipal da Guarda têm vindo a organizar mensalmente, no espaço do Café Concerto, o ciclo «Rádio Café» e a pergunta para hoje é muito simples: «De que é que a Cidade precisa?».

     Quando falta pouco mais de um mês para 2012 e é a altura de definir o que deve ser feito ao longo do ano, queremos que nos digam que obras, que acções e que iniciativas são prioritárias para a cidade. Essa escolha também é da conta dos cidadãos. O modelo de debate é inspirado no «orçamento participativo» e espera-se que seja inspirador para os eleitos, os decisores e os técnicos, que assim poderão ficar a perceber, pela voz dos cidadãos, de que é que a Cidade precisa.

     As ideias constituem a melhor matéria-prima de uma comunidade. E, por vezes, as mais simples são as mais prementes e as mais eficazes, mesmo que, à partida, beneficiem apenas uma rua ou um bairro. O painel de intervenientes será formado por António Mendes (médico), Carlos Baía (professor), José Manuel Domingues (comerciante) e José Prata (empresário): guardenses, nuns casos por naturalidade e noutros por opção de vida. 

     O debate, marcado para as 21h30 de hoje, terá como moderador Rui Isidro e a palavra também será dada a quem estiver presente no Café Concerto.

 

Fonte e foto: RA

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:42

Observatório de Turismo

por Correio da Guarda, em 22.11.11

    

      Contribuir para um melhor conhecimento do setor do turismo na Serra da Estrela, através de uma análise da oferta turística regional, é um dos objetivos do Observatório de Turismo da Serra da Estrela(OTSE) que está a ser desenvolvido pelo Instituto Politécnico, através da sua Escola Superior de Turismo e Hotelaria e da Unidade de Investigação e Desenvolvimento do Interior.

     Este Observatório pretende viabilizar também o conhecimento do fenómeno turístico na região, mediante uma análise da relação entre o setor turístico e o meio ambiente envolvente e, numa última análise, entre a oferta e a procura. Por outro lado, é intenção dos responsáveis por este projeto recolher, tratar, armazenar e difundir dados que possam contribuir para o planeamento e desenvolvimento da Região de uma forma concertada, com uma perspetiva de futuro e com responsabilidades partilhadas em prol de um benefício comum;

    O Observatório de Turismo apresenta-se como “uma ferramenta de acompanhamento, divulgação e análise da evolução da atividade turística, para a formulação de diagnósticos setoriais e subsetoriais com relevo para os agentes envolvidos no setor” e tem em vista debater e refletir as dinâmicas atuais da Serra da Estrela associadas ao Turismo e Tecnologias de Informação e Comunicação.

     A realização de estudos, lançamento e cruzamento de operações estatísticas, e de investigação, reflexão e discussão de assuntos centrais ao funcionamento do sistema e setor turístico na região são outros dos aspetos contemplados por este Observatório.

     O OTSE pretende ser uma mais-valia para o Turismo da região, tendo como missão promover a análise, divulgação e o acompanhamento da evolução da atividade turística, de forma independente e responsável, garantindo a idoneidade da sua produção técnico-científica, de modo a contribuir para o desenvolvimento de um turismo sustentável na Serra da Estrela e integrado nas estratégias globais de desenvolvimento regional.

    Em simultâneo, vai colaborar, com os agentes turísticos no equacionamento de estratégias de ação, que fomentem a atratividade turística, dinamizem produtos, gerem iniciativas de negócios, fortaleçam as identidades naturais e culturais e monitorizem tendências. “Neste sentido, a área de atuação do OTSE incidirá principalmente na investigação científica, no estudo, análise, monitorização, acompanhamento e avaliação da atividade turística na região da Serra da Estrela, proporcionando relatórios, indicadores, perfis de procura e estratégias que promovam o conhecimento do setor e as lógicas que, a cada momento, norteiam a procura e a oferta”, como foi adiantado pelo grupo de trabalho.

    Definiu-se como área de intervenção do OTSE, o território de 11 concelhos, pela sua proximidade e/ou integração do Parque Natural da Serra da Estrela, nomeadamente: (1) Belmonte; (2) Celorico da Beira; (3) Covilhã; (4) Fornos de Algodres; (5) Gouveia; (6) Guarda; (7) Mangualde; (8) Manteigas; (9) Nelas; (10) Oliveira do Hospital e (11) Seia

    Ao lançaram este projeto, a ESTH e UDI, do Instituto Politécnico da Guarda, consideram que “o Turismo é atualmente uma das principais atividades económicas da região da Serra da Estrela, sendo considerado um vetor estratégico para o desenvolvimento da região, com todas as implicações que a mesma projeta na sociedade, no ambiente e tecido económico. Dada a sua importância para o desenvolvimento, desta área geográfica, torna-se essencial garantir um crescimento sustentado deste setor, que permita a sua manutenção a longo prazo, valorizando os recursos e fomentando procuras diversificadas ao longo do ano”.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:00

Semana da Ciência e Tecnologia

por Correio da Guarda, em 21.11.11

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:48

Pág. 1/4



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +


Referenciar citações

Protected by Copyscape Website Copyright Protection