Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Correios de Portugal: iniciativa de solidariedade

por Correio da Guarda, em 07.11.08

 

 

 

 
“Os CTT vão pôr a sua rede à disposição do combate à pobreza e à exclusão social. A partir de 1 de Dezembro próximo, os Correios de Portugal põem em marcha um projecto que, durante os próximos meses, permitirá a qualquer pessoa ajudar quem mais precisa de forma gratuita.
Este projecto é uma iniciativa dos CTT inscrita na sua política de responsabilidade social. Surgiu da constatação de que ninguém como os CTT tem capacidade para chegar a todas as localidades e a todos os habitantes do País.
Por isso, os Correios vão fazer um envio massivo de um folheto informativo por todas as casas do País. Esse folheto, que será acompanhado de um saco específico para o transporte dos donativos, informará a população sobre as instituições de solidariedade aderentes ao projecto e que tipo de bens necessitam.
Com esse esclarecimento em mente, bastará a qualquer pessoa deslocar-se a uma das quase 1000 Estações de Correio existentes de Norte a Sul do País com o seu donativo. Uma vez lá, ser-lhe-á fornecida gratuitamente uma caixa de transporte em cartão. O autor do donativo apenas terá de encher a caixa e escolher a instituição destinatária, entre as várias possíveis, sem precisar de indicar uma morada. Os Correios tratam do transporte e da entrega, de forma totalmente gratuita.
A lista de instituições de solidariedade social aderentes é uma lista aberta. Neste momento, os CTT estão em contacto com algumas dezenas de instituições, de carácter nacional e local. Está já confirmada a adesão de instituições como a Abraço, ACAPO, Acreditar, Ajuda de Berço, Ajuda de Mãe, Aldeia de Crianças SOS, Associação Portuguesa de Surdos, Casa do Caminho, Casa do Gaiato, Centro Helen Keller, Comunidade Vida e Paz, Cruz Vermelha Portuguesa, GIRA, FENACERCI, Liga Nacional Contra a Fome, Refúgio Aboim Ascensão e Associação Sol. Outras serão anunciadas nos próximos dias.
Os bens elegíveis para doação dependem das necessidades de cada instituição e das limitações logísticas e incluirão bens como roupa, calçado, agasalhos, artigos de higiene, brinquedos, produtos de limpeza, pequenos electrodomésticos ou de entretenimento, entre outros.
Para esta grande iniciativa de carácter nacional, os Correios vão disponibilizar não apenas os seus voluntários, de um universo de 16 mil trabalhadores, como a sua rede: quase 1000 Estações de Correios, 370 Centros de Distribuição Postal e 3702 veículos de transporte que, todos os dias, percorrem cerca de 240 mil quilómetros.
Este projecto dos CTT é complementado por uma iniciativa protagonizada por uma empresa detida a 100% pelos CTT, a PayShop, e que permite que qualquer cidadão faça donativos em dinheiro, a partir de um euro, em 4500 locais de todo o País: 3500 agentes PayShop e quase 1000 Estações de Correio.
É convicção dos CTT – Correios de Portugal que esta iniciativa permitirá democratizar a solidariedade e eliminar barreiras geográficas.” (in www.ctt.pt).
 
Uma interessante iniciativa, solidária e digna de registo. O desafio está lançado.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:16

Dança contemporânea no TMG

por Correio da Guarda, em 07.11.08

 

A Companhia Paulo Ribeiro apresenta amanhã, 8 de Novembro, no grande auditório do Teatro Municipal da Guarda (TMG), o espectáculo, de dança contemporânea, “Feminine”.
Este espectáculo explora o imaginário pessoano, desta vez, a partir do olhar de cinco mulheres, quatro intérpretes de dança e uma actriz. Depois de Masculine, que estreou no ano passado, Paulo Ribeiro descobre um Pessoa no feminino, explorando mais uma vez as diferentes qualidades das intérpretes. A bola de futebol deu lugar aos saltos altos e a energia masculina ao belo estético, que emociona, que marca e não passa.
 A poética do movimento feminino percorre a peça, misturada com o ardor colocado em cada gesto. Neste universo pessoano elas preocupam-se com o cabelo, usam saltos altos, desdenham do homem e dançam com os corpos que transpiram sensualidade. O movimento é contido, perfeito e desagua num prazer prolongado. E este espaço de sensações é apenas interrompido pela força maior do coreógrafo, de brincar com as suas criações, de as colocar a rir de si próprias. Feminine é um espectáculo que tem enchido salas e conquistado as melhores críticas um pouco por todo o país.
Em Feminine, a interpretação é de Leonor Keil, São Castro, Elisabeth Lambeck, Erika Guastamacchia e Margarida Gonçalves, a música é da autoria de Nuno Rebelo (com poemas de Fernando Pessoa e vozes de Richard Zinith e Cathrin Loerke) e os figurinos são de Ana Luena.
De referir que a Companhia Paulo Ribeiro foi fundada em 1995, na sequência de vários anos de trabalho deste coreógrafo junto de algumas das mais prestigiadas companhias de dança contemporânea europeias.
Nestes doze anos de actividade (1995-2007), esta companhia conquistou um importante lugar entre as mais reconhecidas companhias de dança contemporânea portuguesas, apresentando-se regularmente nas principais salas de espectáculo nacionais, bem como por toda a Europa, Brasil e Estados Unidos da América.
 Com dezoito produções que despertaram sempre o interesse da crítica e do público, soma actualmente mais de três centenas de apresentações, para uma audiência global que ronda as 75.000 pessoas, tendo recebido alguns dos mais importantes prémios nacionais e estrangeiros. É, desde 1998, a companhia residente no Teatro Viriato, em Viseu.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:53

Jornadas Históricas em Seia

por Correio da Guarda, em 06.11.08

 

O Arquivo Municipal de Seia vai promover, nos dias 14 e 15 de Novembro, mais uma edição das Jornadas Históricas. A iniciativa terá lugar no Centro de Interpretação da Serra da Estrela e vai ter como tema “Maçonaria, Sociedade e Política: Uma Visão Histórica”.
No decorrer das Jornadas estarão presentes diversos oradores que apresentarão várias vertentes do tema Maçonaria, como sejam as suas origens, o caso de Portugal e de Seia em particular, o lado feminino, a maçonaria politica no séc. XIX / XX e durante a ditadura e o Estado-Novo, a questão religiosa e os direitos humanos.
As Jornadas contam com a creditação do Conselho Cientifico Pedagógico de Formação Contínua (CCPFC), para efeitos de progressão na carreira docente “06 créditos”.
No âmbito do programa terá ainda lugar, na Casa Municipal da Cultura, no primeiro dia do evento, pelas 21:30h, o concerto “Flauta Mágica de Mozart”, da Orquestra do Norte.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:49

Colóquio sobre Fibromialgia

por Correio da Guarda, em 05.11.08

 

A Delegação Guarda da MYOS vai promover nesta cidade, no próximo dia 22 de Novembro, pelas 14h30, um Colóquio subordinado ao tema “Fibromialgia – doença de ontem e de hoje”.
Esta iniciativa, que vai decorrer no Auditório do Paço da Cultura, é destinada a doentes, familiares, profissionais de saúde e público em geral.
A MYOS - Associação Nacional Contra a Fibromialgia e Síndrome de Fadiga Crónica é uma associação não médica sem fins lucrativos, vocacionada para a defesa do doente e para o desenvolvimento do conhecimento dos mesmos.
Entre outros, tem como objectivos promover a informação daquelas patologias de forma a desmistificá-las perante os doentes e a sociedade em geral; consolidar o respeito pelos doentes que sofrem de fibromialgia; sensibilizar os técnicos de saúde para um trabalho mais eficaz e personalizado a esses doentes e desenvolver acções de solidariedade.
A entrada é livre.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:54

Saberes e Sabores no Museu da Guarda

por Correio da Guarda, em 05.11.08

 

 
No âmbito da exposição Património Imaterial – o Espírito dos Lugares, o Museu da Guarda promove a 14 de Novembro, a iniciativa Saberes e Sabores
O património imaterial de um povo é constituído não apenas pelas práticas, representações, expressões e conhecimentos, mas também pelos objectos, artefactos e espaços culturais a eles associados, que as comunidades reconhecem e constantemente recriam, proporcionando um sentimento de identidade colectiva e de continuidade dessa diversidade cultural, como refere uma nota informativa do Museu da Guarda.
“Hoje em dia, os chás, as infusões e os tratamentos com produtos naturais estão, novamente, a fazer parte dos hábitos da sociedade, verificando‑se também que as virtudes preventivas e terapêuticas das plantas têm vindo a ser comprovadas cientificamente e que o seu uso em farmacologia tem evoluído.”
Os sabores da terra pretende ser um tributo a esse património de saberes e práticas medicinais e culinárias, transmitido de geração em geração, em que se privilegiou especialmente o chá (com fins medicinais), mas se incluíram também as compotas, o mel e os licores caseiros.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:39

Más caras e carantonhas

por Correio da Guarda, em 04.11.08

 

No Café Concerto do Teatro Municipal da Guarda vai estar patente, a partir de hoje e até 23 de Novembro, a exposição “Más caras e outras carantonhas”, do artista plástico, professor, formador, cenógrafo, construtor de marionetas e figurinista Delphim Miranda.
“Às minhas primeiras (?) Máscaras, ou “Más Caras”, como lhes chamei na altura, “engraxei-as”, tentando com essa técnica de acabamento, torná-las naquilo que não eram, feitas de couro: eram máscaras mascaradas, disfarçadas…», refere o artista a propósito das peças que integram esta exposição.
A exposição, com entrada livre, pode ser visitada no horário de funcionamento do Café Concerto.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:07

Jornada sobre Saúde Mental

por Correio da Guarda, em 03.11.08

 

“Saúde Mental” é o tema da jornada que vai decorrer na Guarda, no próximo dia 6 de Novembro, na sala de reuniões da Assembleia Municipal.
Esta iniciativa integra-se no IV Ciclo “Saúde Sem Fronteiras”, organizado pelo Centro de Estudos Ibéricos, Ordem dos Médicos, Ordem dos Enfermeiros, Escola Superior de Saúde da Guarda/IPG, Associação Nacional de Farmácias e Ordem dos Farmacêuticos.
A coordenação científica está a cargo do Prof. Doutor Manuel Santos Rosa (Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra) e do Prof. Doutor José Ignacio Paz Bouza (Faculdade de Medicina da Universidade de Salamanca), sendo reconhecido pela Universidade de Salamanca como “Curso de Formação Contínua”.
Os interessados podem obter mais informações em www.cei.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:04

Exposição "A Arte que o Côa Guarda"

por Correio da Guarda, em 03.11.08

 

No Centro Cultural de Celorico da Beira está patente, até ao dia 19 de Dezembro, uma exposição alusiva a Arte Rupestre do Vale do Côa, intitulando-se " A Arte que o Côa Guarda".
Mostrar o que é Arte Rupestre e qual a importância deste enorme legado histórico deixado pelos caçadores recolectores que viveram há cerca de 20 000 neste local é o objectivo desta exposição itinerante, promovida pelo Parque Arqueológico do Vale do Côa.
A exposição é constituída por fotografias que procuram representar alguns dos melhores motivos gravados nos painéis rochosos do Vale do Côa.
Além da componente fotográfica, a exposição possui ainda uma recriação de um habitat desse período.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:30

Acção sobre Suporte Básico de Vida

por Correio da Guarda, em 03.11.08

 

 
O Instituto Politécnico da Guarda, através do seu Centro de Treino e Animação Desportiva e em parceria com um grupo de alunos do curso de Secretariado e Assessoria de Direcção, vai promover no próximo dia 19 de Novembro uma acção de formação sobre “Suporte Básico de Vida”.
Considerando que qualquer elemento da comunidade, académica ou não, poderá salvar uma vida, esta iniciativa pretende fornecer informação sobre as manobras que se devem realizar para manter as funções vitais até à chegada do socorro especializado.
O Suporte Básico de Vida, refira-se, envolve uma série de procedimentos e técnicas a realizar, que visam garantir a manutenção de funções vitais estáveis ou evitar que os danos se tornem irreversíveis.
Os interessados podem obter efectuar a inscrição no Centro de Treino e Animação Desportiva do Instituto Politécnico da Guarda – edifício dos Serviços Centrais, telf. 271 220 100 – ou obter mais informações em www.ipg.pt/sgerais/ctad
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:07

Pág. 4/4



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +