Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Prémio Eduardo Lourenço

por Correio da Guarda, em 03.10.08

 

      

        Ángel Campos Pámpano foi o candidato vencedor da IV Edição do Prémio Eduardo Lourenço, instituído pelo Centro de Estudos Ibéricos, com sede na Guarda.
 
       Este galardão pretende distinguir personalidades e instituições de língua portuguesa ou língua espanhola que tenham demonstrado intervenção relevante e inovadora na cooperação transfronteiriça e na promoção da identidade e da cultura das comunidades ibéricas.
 
       Reunido ontem na Guarda, o Júri, presidido pelo Reitor da Universidade de Salamanca, deliberou atribuir o Prémio ao poeta, tradutor, editor e professor de Língua e Literatura Espanholas em Lisboa, Ángel Campos Pámpano, cuja candidatura foi apresentada pela Junta da Extremadura (Espanha).


 
       De acordo com informação divulgada pelo Centro de Estudos Ibéricos, o Júri valorizou o destacado papel do Candidato nas relações e conhecimento cultural luso-espanhol através da tradução, edição e criação poéticas, a par da docência e da dinamização de iniciativas culturais transfronteiriças.
 
       Ángel Campos Pámpano (San Vicente de Alcántara, Badajoz, 1957) é poeta, tradutor, editor e professor; Director da revista bilingue “Espacio/Espaço Escrito”, um projecto inovador no domínio das relações literárias entre os dois países ibéricos, traduziu destacados poetas portugueses como Fernando Pessoa, António Ramos Rosa, Carlos de Oliveira, Eugénio de Andrade, Sophia de Mello Breyner Andersen, Ruy Belo e Al Berto, entre outros.

 

        Em 2006 foi-lhe concedido o Prémio de Tradução Giovanni Pontiero pela edição de Nocturno Mediodía. Antologia Poética (1944-2001) de Sophia de Mello Breyner. Dirigiu cursos sobre tradução literária.

 

       Por ser um autor da Fronteira, a sua obra poética evidencia a influência de autores portuguesas e é reconhecida pela sua qualidade, modernidade e vivacidade. Ángel Campos Pámpano interpreta singularmente a Fronteira, entendendo-a como forma de comunicação e não de separação.

 

        Em 2005 recebeu o Premio Extremadura a la Creación pelo livro “La semilla en la nieve”. A sua obra foi recolhida em diversas antologias.
 
        O Prémio, com o valor pecuniário de 10 mil euros será entregue em sessão solene no próximo dia 27 de Novembro de 2008, feriado municipal da Guarda.

 

 


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:16



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Contacto:

correiodaguarda@sapo.pt correio.da.guarda@gmail.com



Google +