NOTÍCIAS DA GUARDA e REGIÃO | APONTAMENTOS | REGISTOS DIVERSOS

Sexta-feira, 12 de Maio de 2017
CalaFrio apresenta OssO de Rui Zink

 

osso8.JPG

    No Teatro Municipal da Guarda (TMG) continua em cena, até amanhã, a nova produção do Teatro do CalaFrio, OssO de Rui Zink, cuja estreia teve ontem lugar.

    De referir que a sessão do dia 13 de Maio contará com a presença do autor da peça. Após o espetáculo (que se inicia às 21h30), haverá um encontro com o escritor Rui Zink no Bar do seguindo piso do TMG. Este novo trabalho do CalaFrio tem encenação de Américo Rodrigues e interpretação de Luciano Amarelo e Valdemar Santos; a cenografia é assinada por José Teixeira e o desenho de luz é José Neves

    Esta é a sexta produção do CalaFrio, depois de “Mas era proibido roer os ossos”, a partir de dois textos de Franz Kafka (estreada em Abril de 2014); "Empresta-me um revólver até amanhã", com dois textos de Anton Tchekhov (Abril de 2015); “Bartleby”, baseada em Bartleby, o escrivão: uma história de Wall Street, de Herman Melville (Dezembro de 2015); "Diário de um louco", de Nikolai Gogol (Abril de 2016) e “O Ingénuo”, de Voltaire (Dezembro de 2016).

    “ (...) História literalmente no osso, sem corpos nem paisagem, todo o aparato da escrita reduzido ao palco de uma cela onde se digladiam duas vozes. Trata-se de uma espécie de teatro mental, por onde passam algumas das maiores tensões e angústias do nosso tempo: a retórica do medo, a intolerância, os abusos cometidos em nome da democracia, a incapacidade de compreender o outro, de respeitar quem não pensa como nós. Zink não faz do duelo entre os dois homens mero veículo para um qualquer discurso político. Em vez disso, e com muito mais eficácia, descontrai ideias feitas sobre a ameaça do fanatismo religioso e o seu reverso (a paranóia securitária) mostrando-nos como as relações de poder se podem dissolver no próprio absurdo que as sustém.” Escreveu José Mário Silva a propósito desta obra de Rui Zink.

    Escritor e professor universitário, Rui Zink enquanto escritor, é autor de vários livros, de entre os quais, ensaios e ficção, se salientam talvez os romances Hotel Lusitano (1987), Apocalipse Nau (1996), O Suplente (1999) e Os Surfistas (2001), e a novela O Anibaleitor (2006). Colaborou ainda em jornais e revistas, entre os quais o semanário O Independente (1991) e a revista K (1992). Enquanto tradutor, traduziu obras de Matt Groening, Saul Bellow e Richard Zenith.

    Rui Zink recebeu o Prémio do P.E.N. Clube Português pelo romance Dádiva Divina (2005), e representou Portugal em eventos como a Bienal de São Paulo, a Feira do Livro de Tóquio ou o Edimburgh Book Festival.

 

    Fonte: CalaFrio



publicado por Helder Sequeira às 00:01
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 14 de Novembro de 2015
ACERT com Gambozinos e Peobardos

 

    O Trigo Limpo – Teatro ACERT /Gambozinos e Peobardos – Grupo de Teatro da Vela vão apresentar, no Teatro Municipal da Guarda, dia 21 de Dezembro, uma nova produção que parte de um texto de Vergílio Ferreira e que se intitula “Em memória – ou a vida inteira dentro de mim”.

    O espetáculo sobe ao palco do Grande Auditório do TMG (caixa de palco), a partir cas 21h30, numa co-encenação de António Rebelo e Pedro Sousa.

em_memoria_ensaio_cartlos_teles_3.jpg

    Fonte: TMG 

 



publicado por Helder Sequeira às 13:56
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 1 de Setembro de 2014
Agenda TMG

 

     O TMG apresentou a sua nova agenda relativa ao período de Setembro a Dezembro. Na música destaque para o cine-concerto do pianista Pedro Burmester: ”Burmester. Pasolini. Bach”, no dia 13 de Setembro; segue-se, a 25 de outubro, a estreia absoluta de “aCuerdas”, espetáculo que junta a “diva das mil vozes” Fátima Miranda [Espanha] e o instrumentista catalão Marc Egea.

    Em novembro, no dia 27, dia do Aniversário da Guarda e a pretexto da sua comemoração, atua no Grande Auditório Simone de Oliveira. No âmbito da mesma comemoração, o TMG apresentará nos dias seguintes, 28 e 29 de Novembro, um espetáculo comunitário com a participação de colectividades da região e sob a orientação dos criadores Fernando Mota e Claudia Andrade. Em dezembro, no dia 6: “Deixem o Pimba em Paz”, um espetáculo que junta em palco Bruno Nogueira e Manuela Azevedo (Clã). De destacar, em outubro, a IX edição do Síntese – Ciclo de Música Contemporânea da Guarda, em parceria com o Síntese – GMC, que este ano apresenta o recital de piano comentado por Francisco Monteiro, no dia 11; o concerto “Solistas e Eletrónica” por Carlos Canhoto e João Pedro Delgado, no dia 16; e “Odes” pelo Síntese – GMC que estreará obras de Francisco Monteiro e Christopher Bochman, no dia 18. Ainda na música de referir o espetáculo “Clássicos da Canção” por Rui Pedro Dias, a pretexto do Dia Mundial da Música, 1 de outubro. Um concerto onde o músico guardense revisitará clássicos de Tom Jobim, Frank Sinatra, Bill Withers ou Sting, entre outros.

    No teatro, destaque para a nova peça dos Artistas Unidos, o clássico de Tennessee Williams, “Gata em Telhado de Zinco Quente” que sobe ao palco do Grande Auditório a 8 de Novembro, com encenação de Jorge Silva Melo e interpretação, entre outros, de Catarina Wallenstein e Rúben Gomes. Em Setembro, no dia 19, é a vez do Teatro das Beiras apresentar “Rádio Cabaret” a partir de textos de Karl Valentin, com encenação de Gil Salgueiro Nave. E em Outubro, destaque para “O Vosso Pior Pesadelo” do Teatro Art’Imagem, no dia 10, com encenação de José Leitão, a partir do texto de Manuel Jorge Marmelo. De referir ainda a comédia de improviso “A Fábrica” pel’ Os Improváveis, no dia 17 de outubro. Na dança, o bailarino e coreógrafo Romulus Neagu apresenta com o filho Tiberius Neagu no TMG, no dia 13 de dezembro, “Banco do Tempo”: um espetáculo e um workshop para pais e filhos.

    Neste quadrimestre prossegue a iniciativa Famílias ao Teatro com propostas diversificadas para toda a família: cinema com “Filminhos Infantis à Solta pelo País”, no dia 20 de setembro; novo circo com a estreia absoluta de “Nove’s Fora” – pela Erva Daninha, no dia 4 de Outubro; e música com a Big Band da EPSE, no dia 22 de Novembro.

    Nas Artes plásticas, neste quadrimestre a Galeria de Arte do TMG recebe a exposição “Provas de Contacto [Do stencil ao digital: processos de transferência da imagem] de José de Guimarães que estará patente de 27 de setembro a 31 de dezembro. E no Café Concerto podem ser visitadas durante este quadrimestre as exposições de Daniel Curval (setembro), Carlos Adaixo (outubro), Paulo Pimenta (Novembro, integrado no Ciclo Diferente é Igual) e José Grácio (dezembro). Outro dos destaques desta agenda é o “Diferente é Igual [Ciclo de Arte-terapia]”, um ciclo que pretende valorizar as potencialidades terapêuticas que a arte possui através de um conjunto diversificado de atividades vocacionadas para um público diferente e especial mas também para a comunidade em geral. O ciclo inclui 12 atividades com teatro, música, workshops, exposições, filmes, tertúlias e até um chá dançante especial. No ciclo destacam-se no dia 15 de novembro, o concerto “Ligados às máquinas” que conta com a participação de utentes da Associação de Paralesia Cerebral de Coimbra e que traz no reportório temas que vão do jazz à eletrónica, passando pela world music; o filme de animação “Mary & Max – Uma amizade diferente” de Adam Elliot, no dia 18; e a peça de Ionesco “A Cantora Careca” que sobe ao palco a 21 de novembro pelos jovens atores do Crinabel Teatro.

    Até ao final do ano, vão passar pelo TMG vários projetos da música nacional com os seus mais recentes trabalhos, a saber: Bode Wilson+ MAP, The Partisan Seed, Celina da Piedade, Birds are Indie, Malcontent, The Dirty Coal Train, Edu Miranda Trio, Norberto Lobo e João Lobo Sexteto e ainda - integrados no Ciclo Palco Aos de Cá - 3 Loucos e 1 são [que não veio] e WOTS – Worship of the senses.

    No cinema, serão apresentados filmes dos realizadores Salomé Lamas, Miguel Gomes, Joana Barros, Xavier Dolan, Roman Polanski, Eduardo Morais, Aleksandr Sokurov e Pawell Pawlikowski.

   E no Serviço Educativo, de sublinhar a quinta edição da Oficena [Oficina de Experessão Teatral para Jovens], desta feita orientada por Fernando Carmino Marques com o propósito de apresentar em palco, como exercício final, a peça Romeu e Julieta de William Shakespeare. Para ver ainda ”Uma história desafinada ou nem por isso” do Teatro das Beiras, a coprodução do TMG/Rede 5 Sentidos “Poemas para bocas pequenas” de Margarida Mestre e “Um, dois, três… ploc! Pinga outra vez”, pela Contempo, um espetáculo no âmbito da animação de Natal.

 

    Fonte:TMG



publicado por Helder Sequeira às 23:48
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 28 de Outubro de 2013
Os Improváveis: humor e improviso no TMG

      O Teatro Municipal da Guarda vai apresentar no próximo dia 2 de Novembro, sábado, o espectáculo de humor e improviso “Os improváveis”.

    Trata-se de um espectáculo hilariante onde tudo pode acontecer: não há guiões nem cenas pré-ensaiadas, o conteúdo é totalmente original e improvisado, criado com genialidade em tempo real.

    O público participa ao longo de todo o espectáculo de forma activa, dando sugestões de locais, personagens, profissões e situações para os actores improvisarem. O público pede e eles fazem. Cada espectáculo é único e irrepetível!

     A Associação Cultural Mundo Improviso criou o espectáculo “Os Improváveis” em 2008. O grupo é composto por actores de Teatro com especialização em Improviso adquirida em Chicago, que se mantêm em constante pesquisa e formação nessa área. Conta já com mais de 150 representações e 15.000 espectadores em 4 anos.

    O grupo faz digressões e intercâmbios regulares, tendo já actuado com os brasileiros Barbixas em Lisboa, participado no Chicago Improv Festival (EUA) e no Festlip Rio de Janeiro (Brasil), sempre trocando experiências com outros ilustres improvisadores internacionais. Para além disso dão formação para actores e para empresas.

    “Os improváveis” são os actores Marta Borges, Pedro Borges e Telmo Ramalho. O humorista de stand up comedy Ricardo Vilão é o artista convidado neste espectáculo do TMG.

    Os improváveis sobem ao palco do Pequeno Auditório às 21h30.


    Fonte: TMG



publicado por Helder Sequeira às 22:04
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 22 de Abril de 2012
Exposição de Roberto Chichorro

 

     Na Galeria de Arte do Teatro Municipal da Guarda está patente, até 20 de Maio, a exposição “Vivência a cores d’um andarilho”, do pintor moçambicano Roberto Chichorro.

     Este artista nasceu em 1941 em Lourenço Marques. Trabalhou como desenhador de publicidade e arquitectura, e como decorador de pavilhões para feiras internacionais em Moçambique.

    Fez cenografias para espectáculos e ilustrou vários livros. Foi bolseiro do Governo Espanhol, em Madrid, para cerâmica (Taller Azul) e zincogravura (Óscar Manezzi) e do Governo Português, vivendo em Portugal desde essa data e dedicando-se exclusivamente à pintura. Participou em várias exposições individuais e colectivas por todo o mundo, desde 1960, sendo um dos mais conceituados pintores africanos da actualidade.

    A exposição pode ser visitada de terça à sexta das 16h às 19h e das 21h00 às 23h, aos sábados das 15h às 19h e das 21h00 às 23h e aos domingos das 15h às 19h.

    A entrada é livre.

 

 



publicado por Helder Sequeira às 19:57
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 9 de Março de 2012
Fragas: último espectáculo

     

       No Teatro Municipal da Guarda (TMG) terminará amanhã, 10 de Março, a apresentação do espectáculo “Fragas”, com encenação de João Neca.

     Trata-se do último trabalho do Project~ estrutura de produção teatral do Teatro Municipal da Guarda , a partir de poemas de Miguel Torga e com interpretação de Ana Brandão e António Rebelo.

 



publicado por Helder Sequeira às 23:41
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2012
Debate sobre a Maternidade da Guarda

 

     Na próxima Terça-feira, dia 24, às 21h30, prossegue no Café Concerto do TMG, o ciclo «Rádio Café», organizado em parceria pela Rádio Altitude e pelo Teatro Municipal da Guarda. O primeiro debate de 2012 é dedicado a um tema que está entre os maiores desafios da Guarda para o ano que agora começou: «Que podemos fazer pela Maternidade?».

     Perante a hipótese de encerramento do único bloco de partos do distrito, se forem levados em conta os mais rígidos critérios sugeridos pelo grupo de estudo da reforma hospitalar, queremos saber com que argumentos poderá a Guarda lutar para defender a continuidade deste serviço. Quais são os nossos pontos fortes e os nossos pontos fracos? De que maneira devem as instituições da cidade e do distrito organizar-se e envolver-se na defesa da Maternidade? Que razões tem o cidadão para acreditar nesta causa? Como poderá o bloco de partos do Hospital da Guarda afirmar-se como o melhor da região? Que papel cabe aos profissionais de saúde, aos representantes políticos e às chamadas "forças vivas"? Que poderá acontecer à Guarda se a Maternidade fechar? Eis algumas abordagens para um debate a muitas vozes.

     O painel inicial de intervenientes será formado por Ana Margarida Correia (professora e jovem mãe), Cremilde Sousa (médica obstetra e chefe do serviço de Obstetrícia do Hospital da Guarda), Isabel Marta (enfermeira-parteira aposentada), Sofia Monteiro (professora e activista) e Vasco Queirós (médico de família).

    O debate será aberto a todos quantos estejam presentes no Café Concerto do TMG e queiram intervir.

    A moderação será feita pelo jornalista Rui Isidro.

 

fonte: Rádio Altitude

 

 

 



publicado por Helder Sequeira às 12:42
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2011
Sérgio Godinho no TMG

 

 

     O concerto de Sérgio Godinho, a 21 de janeiro, é um dos destaques da programação do Teatro Municipal da Guarda (TMG) para o próximo trimestre.

     Aquele cantor vai apresentar, na Guarda, “Mútuo Consentimento”, o seu mais recente álbum.

 

 



publicado por Helder Sequeira às 23:20
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 13 de Dezembro de 2011
Debate sobre o comércio da Guarda

                                                    foto:RA

     Prossegue hoje, dia 13 de Dezembro, no Café Concerto do TMG, o ciclo de debates «Rádio Café», organizado pela Rádio Altitude e pelo Teatro Municipal da Guarda. O tema desta edição, que se inicia pelas 21h30, é «O comércio da Guarda».

     Numa época do ano que é das mais importantes para os comerciantes, vamos cruzar testemunhos e opiniões sobre projectos, problemas, anseios e oportunidades deste sector fundamental na economia da Guarda.

     Com mais este debate queremos continuar a motivar uma reflexão de comunidade. Cada cidadão dará o seu melhor contributo: as ideias. O painel de intervenientes será formado por Carlos Guerra, Delfim Gomes, José Grilo e Miguel Frias: quatro comerciantes de diferentes gerações e áreas de actividade, que têm em comum o investimento no comércio da Guarda. O debate terá como moderador o jornalista Rui Isidro e será aberto a todos os presentes no Café Concerto. O objectivo é uma troca de ideias informal e descomprometida, à vista de todos – e a contar com todos.

     Não haverá "especialistas" nem "instituições", apenas cidadãos empenhados em pensar a Guarda. A entrada é livre e a opinião também.

 

fonte: Rádio Altitude

 

 



publicado por Helder Sequeira às 10:04
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 22 de Novembro de 2011
Debate sobre a Guarda

 

     O Rádio Altitude e o Teatro Municipal da Guarda têm vindo a organizar mensalmente, no espaço do Café Concerto, o ciclo «Rádio Café» e a pergunta para hoje é muito simples: «De que é que a Cidade precisa?».

     Quando falta pouco mais de um mês para 2012 e é a altura de definir o que deve ser feito ao longo do ano, queremos que nos digam que obras, que acções e que iniciativas são prioritárias para a cidade. Essa escolha também é da conta dos cidadãos. O modelo de debate é inspirado no «orçamento participativo» e espera-se que seja inspirador para os eleitos, os decisores e os técnicos, que assim poderão ficar a perceber, pela voz dos cidadãos, de que é que a Cidade precisa.

     As ideias constituem a melhor matéria-prima de uma comunidade. E, por vezes, as mais simples são as mais prementes e as mais eficazes, mesmo que, à partida, beneficiem apenas uma rua ou um bairro. O painel de intervenientes será formado por António Mendes (médico), Carlos Baía (professor), José Manuel Domingues (comerciante) e José Prata (empresário): guardenses, nuns casos por naturalidade e noutros por opção de vida. 

     O debate, marcado para as 21h30 de hoje, terá como moderador Rui Isidro e a palavra também será dada a quem estiver presente no Café Concerto.

 

Fonte e foto: RA

 

 



publicado por Helder Sequeira às 14:42
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
14

16
17
19
20
22

24
26
28
29

30
31


GUARDA
correiodaguarda@sapo.pt
posts recentes

CalaFrio apresenta OssO d...

ACERT com Gambozinos e Pe...

Agenda TMG

Os Improváveis: humor e i...

Exposição de Roberto Chic...

Fragas: último espectácul...

Debate sobre a Maternidad...

Sérgio Godinho no TMG

Debate sobre o comércio d...

Debate sobre a Guarda

arquivos

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

links
tags

todas as tags

Visitantes
-
-
Referenciar citações
Protected by Copyscape Website Copyright Protection
Google +
Bem- Vindo
blogs SAPO
subscrever feeds