NOTÍCIAS DA GUARDA e REGIÃO | APONTAMENTOS | REGISTOS DIVERSOS

Sábado, 15 de Julho de 2017
Uso de medicamentos pelos idosos

 

      O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) obteve, recentemente, a aprovação e financiamento dos seis projetos submetidos ao Sistema de Apoio à Investigação Científica e Tecnológica (SAICT) dos quais é líder. O IPG obteve o pleno de candidaturas que a instituição se podia submeter e assegurou a participação em mais nove projetos com instituições de Ensino Politécnico congéneres.

    Uma das candidaturas aprovadas relaciona-se com o Projeto MediElderly-Polimedicação do idoso, intervenção educativa para melhorar o uso de medicamento pelos idosos e a disponibilização de informação adequada, incidindo nos Problemas Relacionados com Medicamentos (PRM), quer devido ao uso elevado de medicamento quer devido ao declínio das funções cognitiva e física.

      A elevada prevalência de doenças crónicas na população idosa predispõe esta população a um elevado consumo de medicamentos. Em média, os doentes idosos tomam diariamente cerca de 2 a 5 medicamentos prescritos, sendo que, cerca de 20 a 40% dos idosos tomam mais de 5 medicamentos. O elevado consumo de medicamentos está também associado à utilização de medicamentos sem prescrição, frequência de utilização e consumo por períodos superiores à indicação clínica.

Medicamentos.jpg

 

      O referido Projeto visa o desenvolvimento de uma intervenção educativa focada nos principais problemas relacionados com medicamentos identificados na população alvo constituída pelos idosos da região. Inicialmente será desenvolvido um estudo qualitativo com o objetivo de explorar o conhecimento, experiências e atitudes dos doentes idosos em relação aos seus medicamentos. Será também explorada a perceção dos profissionais de saúde (médicos, enfermeiros, farmacêuticos e técnicos de farmácia) sobre problemas relacionados com medicamento nos doentes idosos. A segunda fase do projeto consistirá na revisão da terapêutica e num estudo quantitativo para identificação dos principais determinantes de uso inadequado de medicamentos pela população idosa. A informação recolhida durante estas fases será essencial para desenhar uma intervenção educativa junto da população focando soluções para resolver os problemas identificados, e, cujo objetivo final é melhorar o uso de medicamentos pela população idosa com impacto positivo na sua saúde e qualidade de vida.

     Com a intervenção educativa, pretende-se melhorar a literacia em saúde dos idosos e seus cuidadores promovendo o seu empoderamento na gestão da sua saúde; de salientar que empoderamento dos doentes é considerado, pela ONU, como um dos pontos-chave para o desenvolvimento sustentável dos sistemas nacionais de saúde.

     Fátima Roque (ESS/IPG), investigadora responsável pelo projeto entende que “este estudo responde a um importante desafio societal da região, promovendo a saúde e consequentemente a qualidade de vida da população idosa, contribuindo, também, para uma diminuição de custos em saúde e para uma melhor sustentabilidade dos recursos em saúde através de uma gestão eficaz e racional do uso de medicamentos”.

 

 



publicado por Helder Sequeira às 12:57
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 21 de Junho de 2017
Politécnico promove novos projetos de investigação

IPG - Campus.jpg

     O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) obteve a aprovação e financiamento dos seis projetos submetidos ao Sistema de Apoio à Investigação Científica e Tecnológica (SAICT) dos quais é líder.

    O IPG obteve o pleno de candidaturas a que a instituição se podia submeter e assegurou a participação em mais nove projetos com instituições de Ensino Politécnico congéneres. “Neste contexto os investigadores do IPG obtém financiamento para o desenvolvimento de investigação e de transferência de conhecimento, suportadas em equipas multidisciplinares, cujos objetivos são valorizar e potenciar o conhecimento e a economia em áreas relevantes”, como foi referido em nota divulgada pelo Instituto Politécnico da Guarda.

    O Projeto Trails4health incide sobre a prática desportiva saudável, criando rotas e avaliando esforços; serão avaliados indicadores fisiológicos (esforço cardíaco e gasto energético) e biomecânicos (impacto articular e muscular) discriminadores do esforço requerido, em função das etapas e dos utentes, de acordo com a sua idade e/ou nível de aptidão física.

    Outra linha de investigação será desenvolvida com o “Projeto geologia como base da qualidade de vida- A sustentabilidade do Lítio na povoação de Gonçalo” orientado para a gestão sustentável dos recursos geológicos, em especial do minério litinífero promovendo a sua valorização e associação de novas funções e usos, entre elas o turismo.

    O Projeto Aplicações biomédicas e desenvolvimento de produtos com base em recursos naturais e endógenos diz respeito à biotecnologia associada aos recursos naturais e à valorização das águas termais, promovendo novos produtos com base nas suas propriedades, em especial os dermocosméticos.

    A monitorização da saúde das árvores por termografia por infravermelhos, promovendo o diagnóstico para a inspeção, monitorização e deteção precoce de manifestações patológicas em árvores promovendo ganhos económicos e ambientais enquadra o projeto Monitorização & Manutenção Avançada de Árvores.

     Outras das candidaturas aprovadas relaciona-se com o Projeto MediElderly-Polimedicação do idoso, intervenção educativa para melhorar o uso de medicamento pelos idosos e a disponibilização de informação adequada, incidindo nos Problemas Relacionados com Medicamentos (PRM), quer devido ao uso elevado de medicamento quer devido ao declínio das funções cognitiva e física.

    Finalmente, o GMove +: Um programa de intervenção para promover a atividade física e a qualidade terá incidência na prática regular de atividade física pelas pessoas idosas da Guarda, contribuindo para um envelhecimento saudável e para uma vida independente mais prolongada, implementando programa de intervenção multidisciplinar apoiado por tecnologias de informação e comunicação.

 



publicado por Helder Sequeira às 00:15
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 15 de Junho de 2017
Projetos de investigação centrados na terceira idade

 

     O Instituto Politécnico da Guarda estabeleceu várias parcerias, de âmbito nacional e internacional, que resultaram na aprovação de dois projetos de investigação e desenvolvimento tecnológico na área da atividade física na terceira idade, o “GMovE+” e o “EuroAGE”.

    De referir que o “GMovE+”, aprovado no âmbito da candidatura ao Sistema de Apoio à Investigação Cientifica e Tecnológica (SAICT), cofinanciado pelo programa Portugal2020, visa promover a atividade física e a qualidade de vida da população idosa da Guarda. Para este efeito, e como nos foi adiantado, serão estudadas, no contexto regional, as potenciais barreiras que se colocam à adesão dos idosos à atividade física.

    Estes resultados permitirão a definição de estratégias de intervenção que promovam a prática de atividade física neste escalão etário.

    O projeto resulta da parceria entre a Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto e a Escola Superior de Saúde do Politécnico da Guarda, em articulação com os Politécnicos de Castelo Branco e de Viana do Castelo, bem como de entidades públicas locais (Câmara Municipal da Guarda e Unidade Local da Saúde). A equipa de investigadores é constituída por profissionais de várias áreas científicas, nomeadamente da área das ciências da saúde, da informática e ciências do desporto, tendo como investigador responsável a docente do curso de desporto do IPG, Carolina Vila-Chã.

    O segundo projeto, o “EuroAGE”, é liderado pelo Centro de Cirurgia Minimamente Invasiva Jesús Usón, Cáceres (Espanha), em parceria com o IPG, Universidade de Coimbra, Instituto Politécnico de Castelo Branco, Universidade de Extremadura e Cluster Sociosanitário de Extremadura.

    O principal objetivo consiste em fomentar o desenvolvimento e iniciativas inovadoras, baseadas na tecnologia, que promovam o envelhecimento ativo na região EuroACE (Alentejo e Centro de Portugal e Extremadura de Espanha).

   Neste projeto, a intervenção do Politécnico da Guarda, através de docentes do curso de Desporto, centrar-se-á na avaliação e desenvolvimento de programas de atividade física adaptados às necessidades da população idosa, que possam ser implementados através de novas tecnologias.

    Pretende-se também que os sistemas tecnológicos desenvolvidos integrem formas de avaliação do nível de condição física dos idosos e potenciais riscos de saúde decorrentes do seu estado físico.

    O sistema de avaliação também permitirá ao idoso, como esclareceu Carolina Vila-Chã, avaliar a sua progressão, servindo assim como um fator importante de motivação para a prática da atividade física.

   Este projeto foi financiado no âmbito do programa de Cooperacion Interreg VA Espanha- Portugal (POCTEP) 2014-2020.

   Recorde-se que a atividade física tem sido identificada como um dos fatores determinantes para a manutenção da independência e qualidade de vida dos idosos. No entanto, e apesar destes benefícios, o estilo de vida sedentário está a tornar-se num problema mundial, com impacto direto na saúde pública e na economia regional e nacional.

    Em Portugal, a prevalência de inatividade física nas pessoas com mais de 60 anos idade é uma das mais elevadas da Europa, sendo mais acentuada em regiões do interior, onde prevalece o envelhecimento crescente da população.

    Daí que, como esclareceu disse Carolina Vila-Chã, o IPG, consciente deste desafio, “pretende constituir-se como um ator fundamental na intervenção comunitária e investigação científica que promovam o envelhecimento ativo através da atividade física regular.

 

 



publicado por Helder Sequeira às 00:05
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 16 de Maio de 2017
Fórum sobre Toponímia

Foto Toponímia.jpg

     O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai promover, no próximo dia 27 de Outubro, mais um Fórum sobre Toponímia.

     Considerando que a toponímia se assume como referência dos valores históricos, culturais de cada lugar e memória coletiva de factos, personalidades, tradições ou legados identitários, a organização deste Fórum pretende incrementar o estudo/divulgação através de diversificadas e distintas perspetivas que, globalmente, propiciem uma Guarda da memória.

    “Se a toponímia tem uma importância inquestionável na delimitação de espaços, permite, por outro lado, apreender a matriz de um povo, a organização sócio geográfica, o desenho da malha urbana de épocas passadas, o conhecimento e investigação de sítios históricos ou arqueológicos, o papel do povo na salvaguarda da atribuição de nomes que a tradição consolidou. O estudo e valorização da toponímia permitem, um melhor conhecimento de cada aldeia, cada vila e cada cidade.” É referido a propósito desta iniciativa.

    De acordo com a informação divulgada pelo Politécnico da Guarda, decorre até ao próximo dia 31 de Julho o prazo para a submissão de comunicações, através do sítio do evento na internet (https://www.ipg.pt/toponimia). Os interessados em participar devem efetuar a sua inscrição (gratuita mas obrigatória) até 16 de Outubro de 2017.

 



publicado por Helder Sequeira às 19:47
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 27 de Outubro de 2016
Jornadas sobre Toponímia

Placa Toponímica - GUARDA.jpg

 

     Na Guarda vai decorrer,  amanhã, o V Fórum sobre Toponímia, promovido pelo Instituto Politécnico. Este Fórum terá lugar no Auditório dos Serviços Centrais do Instituto Politécnico da Guarda (IPG), a partir das 9 horas.

     “Guarda – Toponímia e Cristãos Novos, finais do Século XVI” (Manuel Luis Santos), “As mulheres Emparedadas do santuário de Milreu e da Senhora do Templo-Tempre” (Fernando Monteiro Correia), “Particularidades da toponímia na Freguesia da Ramela” (Vanda Sá Rodrigues), “Ainda o Côa (Questionando)” (Eurico Morais Palos), “Novas Placas Toponímicas na Guarda” (Sérgio Costa) e “A Guarda escrita por Vergílio Ferreira, Tomás Ribeiro e Augusto Gil” (Anabela Pereira Matias) são os temas das comunicações agendadas para o período da manhã.

    O programa prosseguirá a partir das 14h30 com intervenções subordinadas aos temas “Toponímia: de Aldeia Lourenço a Malta”, (Manuel Martins Neves) e “Safed – a tradição judaica que abraçou a Guarda” (José Levy Domingos), as quais antecedem a apresentação do livro «História da Companhia de Jesus em Portugal», da autoria de Maria de Deus Beites Manso.

    A entrada é livre.

 

 



publicado por Helder Sequeira às 17:32
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 23 de Setembro de 2016
Fórum sobre Toponímia

 

     No Instituto Politécnico da Guarda vai realizar-se no dia 28 de Outubro de 2016 o V Fórum sobre Toponímia.

    Incrementar o estudo/divulgação através de diversificadas e distintas perspetivas que, globalmente, propiciem a Guarda da memória e um melhor conhecimento da toponímia, é o objetivo desta iniciativa, que decorrerá no auditório dos Serviços Centrais, a partir das 9h00.

    A inscrição, neste Fórum, é gratuita (mas obrigatória) e deverá ser efetuada em http://www.ipg.pt/toponimia/

 



publicado por Helder Sequeira às 00:10
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 31 de Julho de 2016
IPG promove debate sobre Toponímia

 

     Incrementar o estudo/divulgação através de diversificadas e distintas perspetivas que, globalmente, propiciem a Guarda da memória e um melhor conhecimento da toponímia, é o objetivo do V Fórum do Toponímia, a realizar no dia 28 de Outubro, na Guarda.

    Trata-se de uma iniciativa do Instituto Politécnico da Guarda que decorrerá, a partir das 9h30, no Auditório dos Serviços Centrais.

   A submissão de comunicações pode ser feita até ao próximo dia 20 de Agosto, no sítio do Fórum na internet, em http://www.ipg.pt/toponimia/, onde os interessados em participar devem fazer a sua inscrição (gratuita mas obrigatória).

 

 

.



publicado por Helder Sequeira às 10:58
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 28 de Julho de 2016
O Dever da Memória

Capa do DEVER DA MEMÓRIA.jpg

 



publicado por Helder Sequeira às 08:05
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 15 de Junho de 2016
V Fórum sobre Toponímia

 

     O Instituto Politécnico da Guarda vai promover nesta cidade, a 28 de Outubro de 2016, o V Fórum sobre Toponímia.

    Esta iniciativa do IPG tem por objetivo incrementar o estudo/divulgação através de diversificadas e distintas perspetivas que, globalmente, propiciem a Guarda da memória e um melhor conhecimento da toponímia.

    A submissão de comunicações pode ser feita até ao próximo dia 20 de Agosto, no sítio do Fórum na internet, aqui , onde os interessados em participar devem fazer a sua inscrição (gratuita mas obrigatória).

     Este fórum vai decorrer, a partir das 9h30, no auditório dos serviços centrais do Instituto Politécnico da Guarda.

Toponímia 2016 - FOTO.jpg

 

 

 



publicado por Helder Sequeira às 12:54
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 19 de Maio de 2016
Apresentação de livro

 

     “A Mais incerta das certezas” é o título do livro que foi ontem apresentado na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço (Guarda).

    Trata-se de uma obra que Fernando Carmino Marques, docente do Instituto Politécnico da Guarda (IPG), elaborou a partir de inéditos de Pierre Hourcade.

   O livro, que contou com os patrocínios da Fundação Calouste Gulbenkian e do IPG, é um “contributo imprescindível para o conhecimento da poesia de Fernando Pessoa e dos seus heterónimos”, como foi acentuado no decorrer da sessão de apresentação.

Apresentação de livro.jpg

 

 

 



publicado por Helder Sequeira às 08:12
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
14

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


GUARDA
correiodaguarda@sapo.pt
posts recentes

Uso de medicamentos pelos...

Politécnico promove novos...

Projetos de investigação ...

Fórum sobre Toponímia

Jornadas sobre Toponímia

Fórum sobre Toponímia

IPG promove debate sobre ...

O Dever da Memória

V Fórum sobre Toponímia

Apresentação de livro

arquivos

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

links
tags

todas as tags

Visitantes
-
-
Referenciar citações
Protected by Copyscape Website Copyright Protection
Google +
Bem- Vindo
blogs SAPO
subscrever feeds