NOTÍCIAS DA GUARDA e REGIÃO | APONTAMENTOS | REGISTOS DIVERSOS

Quarta-feira, 17 de Setembro de 2014
Toponímia é tema de Fórum na Guarda

     Na Guarda vai decorrer, no próximo dia 30 de Outubro, o III Fórum sobre Toponímia, promovido pelo Instituto Politécnico desta cidade.

     A submissão de comunicações pode ser feita até ao próximo dia 20 de Setembro, no sítio do Fórum na internet, em http://www.ipg.pt/toponimia/, onde os interessados em participar devem fazer a sua inscrição (gratuita).

    Como é referido pela organização deste Fórum, “a toponímia assume-se como referência dos valores históricos, culturais de cada lugar e memória coletiva de factos, personalidades, tradições ou legados identitários”.

    Este fórum vai decorrer, a partir das 9h30, no auditório dos serviços centrais do IPG.



publicado por Helder Sequeira às 23:24
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 30 de Junho de 2014
Fórum sobre Toponímia

 

     O Instituto Politécnico da Guarda vai promover, a 30 de Outubro de 2014, o III Fórum sobre Toponímia.

    É objetivo do IPG incrementar o estudo/divulgação através de diversificadas e distintas perspetivas que propiciem a Guarda da memória e um melhor conhecimento da toponímia, no distrito.

    A submissão de comunicações deve ser feita (em http://www.ipg.pt/toponimia) até 12 de Setembro; os interessados em participar devem efetuar a sua inscrição até 10 de Outubro.

 



publicado por Helder Sequeira às 23:48
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 4 de Novembro de 2013
Toponímia da Guarda e construção da memória publica


     “A Toponímia da Cidade da Guarda e a Construção da Memória Pública no Século XX” é o título do livro, da autoria de Maria José Neto, que foi apresentado, recentemente, nesta cidade, no decorrer do II Fórum sobre Toponímia.

     “Enquanto registo de memórias da comunidade inscritas sobre uma placa toponímica, a toponímia merece uma atenção particular, para que as inscrições nas placas cumpram, efetivamente, a sua função social”. Sublinha, neste livro, Maria José Neto.

     A autora acrescenta, com esclarecido sentido de oportunidade, que “se às instituições públicas locais cabe a primeira responsabilidade de promover iniciativas de divulgação de património tangível e intangível, e de promover a sua preservação por todos os elementos da comunidade, a começar na infância, entendemos que o cidadão comum dever ter um papel interventivo, constante, na preservação e na educação informal das gerações mais jovens”.

     Tivemos já o ensejo de escrever, por mais de uma vez, que é notório o desconhecimento de uma larga maioria dos habitantes da Guarda relativamente a muitas das personalidades referenciadas nas suas avenidas, ruas, travessas, largos e lugares; daí que todo o trabalho, executado com idoneidade e rigor, orientado para o estudo e divulgação da toponímia, mereça ser incentivado e devidamente apoiado.

    Para além da atenção que deverá ser dada à toponímia, à estrutura e conteúdo dos suportes que sustentem as designações toponímicas – que as novas tecnologias podem apoiar em termos de acesso a informações complementares ou devidamente pormenorizadas – é importante que sejam incrementadas, nos estabelecimentos de ensino, iniciativas ou disciplinas incidentes sobre a história local. A toponímia assume-se – permitam-nos evidenciar esta ideia – como referência dos valores históricos, culturais de cada lugar e memória coletiva de factos, personalidades, tradições ou legados identitários.

     Maria José Neto lembra, e bem, que “aos professores, sobretudo da disciplina de História, cabe um papel importante na organização de atividades extra curriculares que levem os alunos ao encontro da comunidade mais próxima, nomeadamente através de clubes escolares. Pequenos percursos pedestres, exposições sobre a arte pública, construção de pequenas narrativas sobre os lugares e as figuras históricas da comunidade que, partindo da realidade próxima e conhecida, seja capaz de integrar e possua referências básicas para que os futuros cidadãos se possam identificar, e porque estimulam a memória representam formas de identificação e partilha com a comunidade a que pertencem, reforçam a auto estima dos mais jovens e atenuam o efeito desenraízador da globalização”.

     Se a toponímia tem uma importância inquestionável na delimitação de espaços, permite, por outro lado (e entre outros aspetos que nos dispensamos de enunciar aqui) apreender a matriz de uma localidade, a organização sócio geográfica, o desenho da malha urbana de épocas passadas, o conhecimento e investigação de sítios históricos ou arqueológicos, o papel dos habitantes na salvaguarda da atribuição de nomes que a tradição consolidou.

     Partindo do trabalho de uma dissertação de mestrado no âmbito de Estudos do Património, esta publicação – que enriquece a área dos estudos sobre a mais alta cidade de Portugal e contribui para o avanço científico na temática subjacente – incide no estudo da toponímia do espaço urbano da Guarda entre os anos de 1900 e 1980; um período que regista momentos marcantes na evolução citadina, quer do ponto de vista político, quer do ponto de vista social, económico e cultural, com todas as influências e alterações daí decorrentes.

    “As elites do poder local, em função da sua cultura e do contexto nacional e local, transpuseram para as vias urbanas os novos matizes da realidade histórica, social, política e cultural, no ensejo de que os seus contemporâneos se convertessem ao novo culto, ao novo calendário e aos novos heróis, tributo que inevitavelmente implicava a substituição da devoção antiga, ou o esquecimento imposto pela via oficial. Muitas das designações mais antigas, preservadas pela tradição, foram substituídas por antropónimos, deste modo reformando e reconstruindo as memórias da população porque as anteriores referências já nada representavam na ordem estabelecida e configuravam anacronismos para os habitantes locais (...)”. Elucida Maria José Neto nas páginas deste livro, e cuja leitura atenta se recomenda.

     Para além da sua importância como trabalho académico, este livro constitui um excelente contributo para os guardenses, e para todos os interessados, conhecerem melhor esta cidade; isto a par de ser um documento que os responsáveis autárquicos (em especial aqueles que tenham sob a sua responsabilidade a área da Toponímia) devem ter como elemento de suporte e consulta, para melhor clarividência nas suas decisões, na Guarda da toponímia. (HS)




publicado por Helder Sequeira às 21:37
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 29 de Outubro de 2013
Guarda debate toponímia

 

     Na Guarda vai realizar-se, amanhã, dia 30 de Outubro, um Fórum sobre Toponímia, organizado pelo Instituto Politécnico (IPG).

     Com esta iniciativa o IPG pretende contribuir para um melhor conhecimento das localidades do distrito, dos valores históricos, culturais, sociais, religiosos e políticos a ela associados através da toponímia.

     Para Gonçalo Fernandes, Vice-Presidente do IPG, “a memória coletiva das comunidades assenta no reconhecimento de momentos, lugares, pessoas e acontecimentos que marcam a história e o território e que permitem passa-los ao longo de gerações. Estes elementos constituem um acervo cultural, cuja dimensão e funcionalidades atribuídas permitem dotar os espaços de identidades e atratividades que se vêm valorizadas e potenciadas, promovendo valor cultural e económico pela atratividade gerada e divulgação estabelecida.”

     Os trabalhos vão decorrer no auditório dos serviços centrais do Instituto Politécnico da Guarda, onde, pelas 17 horas vão ser apresentados os livros “A Toponímia da cidade da Guarda e a construção da memória pública no século XX” (de Maria José Neto), com edição da Agência para a Promoção da Guarda, e “Toponímia da Guarda: comunicações do I Fórum de Toponímia”, editado pelo IPG.

     A sessão de encerramento terá lugar pelas 17h30.

     O programa pode ser consultado aqui. As inscrições são gratuitas (mas obrigatórias).

 



publicado por Helder Sequeira às 15:30
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 22 de Setembro de 2013
Fórum sobre Toponímia

 

     Na Guarda vai realizar-se, no próximo dia 30 de outubro, um Fórum sobre Toponímia, organizado pelo Instituto Politécnico.

     Com esta iniciativa o Instituto Politécnico da Guarda (IPG) pretende contribuir para um melhor conhecimento das localidades do distrito, dos valores históricos, culturais, sociais, religiosos e políticos a ela associados através da toponímia.

    Os interessados em participar devem efetuar a sua inscrição (gratuita mas obrigatória) até ao dia 14 de Outubro, em http://www.ipg.pt/toponimia/

    Os trabalhos vão decorrer no auditório dos serviços centrais do Instituto Politécnico da Guarda.

 



publicado por Helder Sequeira às 00:02
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 16 de Agosto de 2013
Toponímia

     

     Na Guarda vai realizar-se, no dia 30 de outubro, um Fórum sobre Toponímia, organizado pelo Instituto Politécnico (IPG).

     Com esta iniciativa o IPG pretende contribuir para um melhor conhecimento das localidades do distrito, dos valores históricos, culturais, sociais, religiosos e políticos a ela associados através da toponímia.

     Os interessados em participar devem efetuar a sua inscrição (gratuita mas obrigatória) até 4 de Outubro.

    Mais informações em http://www.ipg.pt/toponimia/

    Os trabalhos vão decorrer no auditório dos serviços centrais do Instituto Politécnico da Guarda.

 



publicado por Helder Sequeira às 17:07
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 1 de Maio de 2013
Toponímia em debate

 



publicado por Helder Sequeira às 20:56
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 26 de Outubro de 2012
Toponímia da Guarda

 

     Na Guarda vai realizar-se no próximo dia 30 de outubro um Fórum sobre Toponímia, organizado pelo Instituto Politécnico desta cidade.

     Com esta iniciativa o Instituto Politécnico da Guarda (IPG) pretende contribuir para um melhor conhecimento da cidade, dos valores históricos, culturais, sociais, religiosos e políticos a ela associados através da toponímia.

    “A toponímia da Guarda e a construção da memória pública no século XX”, “ Fontes para o Estudo da Toponímia da Guarda”, “"A mulher na toponímia da Guarda", “Escritores na Toponímia Guardense”, “Novas Tecnologias e Toponímia” são alguns dos temas a desenvolver neste Fórum.

    As inscrições (gratuitas mas obrigatórias) podem ser feitas aqui. Mais informações em http://www.ipg.pt/toponimia/

 

 



publicado por Helder Sequeira às 18:36
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 4 de Julho de 2012
Fórum sobre Toponímia da Guarda

 

 

     Organizado pelo Instituto Politécnico vai decorrer nesta cidade, no dia 30 de Outubro de 2012, o Fórum sobre Toponímia da Guarda.

    Com esta iniciativa o Instituto Politécnico da Guarda pretende contribuir para um melhor conhecimento da cidade; dos valores históricos, culturais, sociais, religiosos e políticos a ela associados.

     É intenção do IPG incrementar um estudo/divulgação através de diversificadas e distintas perspetivas que, globalmente, propiciem uma Guarda da memória.

     A organização refere que “a toponímia assume-se como referência dos valores históricos, culturais de cada lugar e memória coletiva de factos, personalidades, tradições ou legados identitários”.

     Como é salientado, “se a toponímia tem uma importância inquestionável na delimitação de espaços, permite, por outro lado, apreender a matriz de um povo, a organização sócio geográfica, o desenho da malha urbana de épocas passadas, o conhecimento e investigação de sítios históricos ou arqueológicos, o papel do povo na salvaguarda da atribuição de nomes que a tradição consolidou.”

    As inscrições para comunicações devem ser feitas até 21 de Setembro; os interessados em participar devem efetuar a sua inscrição até 8 de Outubro.

    Mais informações aqui .

 

 



publicado por Helder Sequeira às 00:15
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11


19
20
21
24
25

26
27
28
29
30


GUARDA
correiodaguarda@sapo.pt
posts recentes

Fórum sobre Toponímia

Envelhecer com Qualidade

Fórum sobre Toponímia

Toponímia

Fórum sobre Toponímia

V Fórum sobre Toponímia

Toponímia em debate na Gu...

Toponímia em debate na Gu...

Toponímia

Toponímia é tema de fórum

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

links
tags

todas as tags

Visitantes
-
-
Referenciar citações
Protected by Copyscape Website Copyright Protection
Google +
Bem- Vindo
blogs SAPO
subscrever feeds