NOTÍCIAS DA GUARDA e REGIÃO | APONTAMENTOS | REGISTOS DIVERSOS
Terça-feira, 23 de Agosto de 2016
Mateus Miragaia: A minha vida dava um livro

 

     Mateus Miragaia é o convidado para a conversa “A Minha Vida dava um livro” que terá lugar a 20 de Setembro, pelas 18, na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, na Guarda.

    Nascido em 25 de Outubro de 1941, em Donfins do Jarmelo, Mateus Filipe Miragaia é, atualmente, o único a fazer tesouras de tosquia no país, arte que começou a aprender com cerca de 15 anos.

    A entrada, para esta iniciativa promovida pela BMEL, é livre.

Mateus Miragaia.jpg

     Foto: Telma Miragaia

 

 



publicado por Helder Sequeira às 14:55
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 22 de Agosto de 2016
Na noite...

Luzes na Escuridão -HS.jpg

 



publicado por Helder Sequeira às 09:20
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 20 de Agosto de 2016
No fim do dia...

IMG_6995.JPG

 



publicado por Helder Sequeira às 12:06
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 19 de Agosto de 2016
Respeito e gratidão

 

     Ao longo das últimas décadas, e como consequência dos inúmeros fogos florestais, têm desaparecido, importantes parcelas de manchas verdes e outrossim de espécies autóctones.

     Na ausência ou a lenta resposta em termos de reflorestação – pelo menos de forma eficaz, sustentada e gradual – aumenta, anualmente, a extensão do território com um desolador panorama de áreas enegrecidas e agrestes, erguendo os gestos trágicos de uma floresta extinta.

Imagem de incêndio.jpg

      Os recentes incêndios ocorridos, por todo o país – alguns com dimensão assustadora que exigiram, uma vez mais, um esforço hercúleo por parte dos nossos bombeiros – sublinharam a tragédia, a par de levantarem múltiplas questões, sistemática e teimosamente reeditadas…

    As outrora anunciadas, e rapidamente esquecidas, medidas de reflorestação mostraram, na prática, a inconsistente persistência das intenções oficiais, relegando sempre para os períodos do martírio das florestas e haveres das populações a retórica circunstancial das boas e pragmáticas medidas; as palavras e o propalado empenho, fenecem logo após se apagarem as chamas e se afastarem as televisões do “teatro das operações”…terminologia que já aborrece, de tanta utilização e perante o ar teatral de alguns protagonistas…

    Fazer o confronto entre o património florestal de ontem e a realidade de hoje não é tarefa difícil, pois as evidências estão ao alcance dos nossos olhares, por mais restritos que sejam alguns horizontes.

    É trágica esta falta de intervenção, real e sistemática, neste sector, como se a floresta e o ambiente não fossem duas importantes e insubstituíveis riquezas do nosso País, onde parece haver, por parte de muitas entidades e departamentos oficiais um incrível alheamento pela preservação e aumento das zonas verdes, numa contínua cedência aos interesses económicos.

    Em contrapartida, aumenta a mancha de desertificação e perecem muitas das peculiaridades e belezas paisagísticas, resumidas à fotografia de arquivo ou às memórias individuais, impotentes perante a evolução dos tempos; não podemos ficar presos aos mais mediáticos (mas inconsequentes) projetos de reflorestação mas interessa ir mais além, desenvolver uma ação quotidiana, sistemática e global.

     Repensar o nosso património florestal e construir novos horizontes – onde o verde seja uma cor associada a montes e vales desta terra, em que alguns continuam a acreditar, mesmo com a apatia de muitos poderes – é uma tarefa urgente; caso contrário, estaremos a progredir para o fatal desaparecimento das nossas aldeias e vilas, perdendo, gradualmente, um dos poucos bens que alguns ainda nos reconhecem: a qualidade do ambiente... Neste, como noutros assuntos, importa reavivar as memórias.

   E por falarmos em memória, é importante que não se esqueçam as imagens do trabalho e esforço dos nossos bombeiros, a sua abnegação, o risco permanente em que colocam as suas vidas…

   Os nossos Bombeiros, pelo seu exemplo, pelo seu papel em prol da sociedade, pela sua coragem não devem apenas ser enaltecidos e apoiados apenas nestes períodos de horror e tragédia; devem ter sempre o nosso profundo respeito, apreço, apoio e gratidão!... (H.S.)

 

   In O Interior, 18|Agosto|2016

 



publicado por Helder Sequeira às 00:01
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 18 de Agosto de 2016
Muralhas com história

 

     Em Sortelha vai decorrer, de 23 a 25 de Setembro, o evento temático denominado “Muralhas com História”, promovido pela Câmara Municipal do Sabugal.

    A edição deste ano evocará o espírito trovadoresco do séc. XIII-XIV, proporcionando uma viagem ao quotidiano medieval, complementada com mercado de época, tabernas, ofícios ao vivo, teatralizações contínuas, música ao vivo e espetáculos.

Muralhas com história.jpg

 



publicado por Helder Sequeira às 15:22
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 16 de Agosto de 2016
Na varanda...

Cao na Varanda 3 HS.jpg

 



publicado por Helder Sequeira às 09:22
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 14 de Agosto de 2016
Recanto beirão...

Recanto 1 - HS.jpg

 



publicado por Helder Sequeira às 12:25
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 11 de Agosto de 2016
Folclore na Guarda

Festival.jpg

 Organizado pelo Centro Cultural da Guarda vai realizar-se, nesta cidade, no próximo dia 13 de Agosto, o  36º Festival de Folclore da Guarda.

    Esta iniciativa, integrada no programa do "Verão em Alta", decorrerá na Alameda de Santo André, a partir das 21h30.

 



publicado por Helder Sequeira às 15:31
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 10 de Agosto de 2016
Vencedores do Transversalidades 2016

 Imagem.jpg

      Foto: Artur Lópel Llana

 

     Arturo López Illana (Madrid/Espanha) é o autor do portefólio vencedor da quinta edição do Transversalidades – Fotografia sem Fronteiras, promovido pelo Centro de Estudos Ibéricos (CEI).

    Este concurso decorreu entre 11 de março e 31 de maio de 2016, e, segundo a organização “alcançou resultados quantitativos e qualitativos que atestam a maturidade e valia da iniciativa: foram submetidas cerca de 700 candidaturas (mais do dobro do ano passado) e a sua penetração aumentou ao atingir mais de 30 países representados.”

    No tema “Património natural, paisagens e biodiversidade” foi vencedor o portefólio apresentado por João Pedro Costa (Portimão), enquanto na categoria “Espaços rurais: povoamento, atividade, modos de vida” o vencedor foi Teo Liak Song (Johor Bahri / Malásia). No tema “Cidade e processos de urbanização” o portefólio vencedor é da autoria de Luz (Madrid/Espanha); na temática “Cultura e sociedade: diversidade cultural e social” o destaque foi para Arez Ghaderi (Sanandaj /Irão)

   Este foi um concurso predominantemente jovem (mais de 40% dos concorrentes tem menos de 30 anos), equilibrado em termos de género (mais de 40% dos concorrentes são do sexo feminino), com elevada participação de profissionais (fotógrafos, fotojornalistas, jornalistas, designers e ligados às artes, etc.).

   De acordo com a organização deste concurso, “é de sublinhar que, embora predominem concorrentes de Portugal (30%) e do Brasil (28%), é relevante a presença da América Latina (16%), sobretudo a Argentina com 7%, e dos Países de Língua Portuguesa (especialmente Moçambique)”.

 

 

 



publicado por Helder Sequeira às 16:20
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 8 de Agosto de 2016
Museu de Vilar Maior

 

     No Museu de Vilar Maior (Sabugal) vai ser inaugurada no próximo dia 10, pelas 18 horas, a exposição permanente daquela unidade museológica.

      "A criação do Museu de Vilar Maior surgiu da necessidade de expor condignamente o espólio recolhido ao longo dos anos pela professora Maria Delfina Marques, tendo sido inaugurado a 22 de agosto de 1998, sob a tutela da Associação Cultural, Desportiva e Social de Vilar Maior", de acordo com informação divulgada pela Câmara Municipal do Sabugal.

     A partir do espólio existente e do objetivo definido no Projeto Museológico criado, foram traçadas as linhas condutoras da nova exposição permanente tendo dois fulcros principais: o edifício e as peças.

     A história do edifício é contada através de algumas peças pertencentes ao conjunto, e o restante espólio (etnográfico, documental e religioso) foi dividido por vários núcleos, através da conjugação de objetos e grafismos, criados para o efeito, resultando em diversas áreas: a casa rural, o trabalho do campo, o ciclo do linho, os ofícios (barbeiro, alfaiate/costureira, carpinteiro), o rito litúrgico, a Misericórdia de Vilar Maior, enquadrados pela documentação gráfica e fotográfica (também pertencentes ao acervo) que revelam os traços da história da localidade.

 

    Fonte: CM Sabugal

 



publicado por Helder Sequeira às 18:51
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
12
13

15
17

21
24
25
26
27

28
29
30
31


Hora local
relojes web gratis
posts recentes

Mateus Miragaia: A minha ...

Na noite...

No fim do dia...

Respeito e gratidão

Muralhas com história

Na varanda...

Recanto beirão...

Folclore na Guarda

Vencedores do Transversal...

Museu de Vilar Maior

arquivos

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

links
tags

todas as tags

Visitantes
free html visitor counters
hit counter
Referenciar citações
Protected by Copyscape Website Copyright Protection
Google +
Bem- Vindo
blogs SAPO
subscrever feeds